22 jul

Copa Rio de 1951: Campeonato Mundial? – 22/07/1951

História

 De José Renato Sátiro Santiago Jr.

A Copa Rio de 1951 foi criada para reduzir a frustração da torcida brasileira pela perda, no ano anterior, da Copa do Mundo no Maracanã.

Nos últimos anos, aumentou a  polêmica sobre a validade desta competição como primeiro campeonato mundial de clubes. Naquela época não havia competições oficiais com equipes de vários países.

O primeiro campeonato europeu com as equipes campeãs nacionais aconteceu em 1956. O Real Madrid conquistou o título.

Na América do Sul, em 1960, começou a Taça Libertadores com alguns clubes campeões sul-americanos. O Peñarol foi campeão.

Diante disso, como poderíamos verificar se houve a participação das principais equipes do mundo?

Uma vez que naquela época as equipes mantinham em seus elencos jogadores locais, isto é, nascidos no país de origem de suas equipes, é razoável utilizarmos como base as edições da Copas do Mundo de 1950 e das Olímpiadas de 1952, que aconteceram próxima aquele ano de 1951.

Vamos lá:

Copa do Mundo de 1950

Campeão – Uruguai: havia um participante uruguaio, o Nacional de Montevidéu

Vice-Campeão – Brasil: havia dois participantes brasileiros, o Vasco e o Palmeiras

Terceiro Lugar – Suécia: nenhuma equipe suéca participou

Quarto Lugar – Espanha: nenhuma equipe espanhola participou

Olímpiadas de 1952

Medalha de Ouro – Hungria: nenhuma equipe húngara participou

Medalha de Prata – Iugoslávia: houve a participação de uma equipe, o Estrela Vermelha

Medalha de Bronze – Suécia: nenhuma equipe sueca participou

Quarto Lugar – Alemanha: nenhuma equipe alemã participou

Desta forma, seria razoável considerarmos que as melhores equipes do mundo seriam dos seguintes países: Uruguai, Brasil, Suécia, Espanha, Hungria, Iugoslávia e Alemanha?

Entre estes 7 países apenas 3 foram representados: Uruguai, Brasil e Iugoslávia

Uruguai

Nacional: atual campeão nacional do Uruguai de 1950;

Brasil

Vasco da Gama: não havia campeonato brasileiro, no entanto, a equipe carioca era campeã carioca de 1950, título conquistado em 28 de janeiro de 1951.

Palmeiras: não havia campeonato brasileiro, no entanto, a equipe paulista era campeã paulista de 1950, título conquistado em 28 de janeiro de 1951, e também era a campeã do torneio Rio São Paulo, título conquistado em 11 de abril de 1951.

Iugoslávia

Estrela Vermelha: campeão nacional da Iugoslávia de 1951.

Quais os outros países que foram representados?

Áustria

Áustria Viena: foi 3ª colocada no Campeonato Austríaco na temporada 1950/51, 11 pontos atrás do Rapid Viena, o campeão.

A Seleção Austríaca não participou da Copa do Mundo de 1950 e foi eliminada nas Quartas de Finais das Olímpiadas de 1952

França

Olympique Nice campeão nacional da França na temporada 1950/51

A Seleção Francesa não participou da Copa do Mundo de 1950 e foi eliminada na Fase Preliminar das Olímpiadas de 1952

Itália

Juventus: 3ª colocada no Campeonato Italiano na temporada 1950/51 que acabou em 10 de junho de 1951, cerca de 20 dias antes do começo da Copa Rio 1951.

A Seleção Italiana acabou na 7ª colocação da Copa do Mundo de 1950 e foi eliminada na Primeira Fase das Olímpiadas de 1952

Portugal

Sporting: campeão nacional de Portugal na temporada 1950/51

A Seleção Portuguesa não participou da Copa do Mundo de 1950 e das Olímpiadas de 1952

Quanto a competição, o título ficou com o Palmeiras, que se recuperou da goleada sofrida para a Juventus na Primeira Fase por 4 a 0, após uma vitória de 1 a 0 em São Paulo, e um empate por 2 gols no Maracanã.

Eis a ficha técnica da final:

Palmeiras 2 x 2 Juventus

Data: 22 de julho de 1951

Árbitro: Gaby Tordjman ( França )

Público: 100.933

Gols: Praest 18′ do Primeiro Tempo; Rodrigues aos 2′, Boniperti aos 18′ e Liminha aos 32′do Segundo Tempo.

Palmeiras: Fábio; Salvador, Juvenal; Túlio, Luís Villa, Dema; Lima, Ponce de León, depois Canhotinho, Liminha, Jair da Rosa Pinto e Rodrigues; Treinador: Ventura Cambon.

Juventus: Giovanni Viola; Bertucceli, Manente; Mari, Parola, Bizzoto; Miccinelli, Karl Hansen, Boniperti, Johan Hansen e Praest; Treinador: Carver.

126 respostas a Copa Rio de 1951: Campeonato Mundial? – 22/07/1951

  1. Thiago Amorim disse:

    Renato, sou palmeirense e acho que esse assunto é muito complexo por ser de longa data, mas vale ressaltar que especialistas dizem que o campeonato foi levado a sério, nos moldes do Mundial de clubes de hoje. Helena Jr. disse uma vez no programa do Juca Kfouri que a euforia foi muito grande entre o povo brasileiro quando o Palmeiras venceu o campeonato, e que na época os grandes times do mundo vieram para esse campeonato. O Fluminense está na zona de rebaixamento no Brasileirão e quase foi campeão da Libertadores, futebol é assim cheio de surpresas. Outro ponto a ser levantado seria sobre a legitimidade de alguns campeonatos, inclusive o Brasileirão e os Mundiais.
    O Atlético Mineiro foi o primeiro Campeão Brasileiro?Quer dizer que o Campeonato Brasileiro começou nos anos 70? Discordo dessa idéia. Temos sim que levar em consideração que o mundo jogava bola antes de existir CBF ou FIFA e eles não são donos da verdade.
    Assunto muito interessante, Parabéns.

    • ROCCO-SP- disse:

      Uma coisa é certa!
      Quando da CONQUISTA DO PALMEIRAS em 1951, uniu todas as torcidas, isso meus caros, nunca mais verão, quem viu , viu!
      Quem é a FIFA diante de um ACONTECIMENTO DESSE ??
      Os mais antigo, que me desmintam o que eu acabei de escrever agora, e não os EMERGENTES CONTEMPORÂNEOS, que só enxergam o próprio umbigo, inclusive jornalistas PATRULHEIROS DE PLANTÃO!

  2. Erick Medeiros disse:

    E ali começava a jornada do maior campeão do século XX!!!

    PALESTRA ITÁLIA!!! – CAMPEÃO MUNDIAL DE 1951 !!

  3. Roino Greeno disse:

    É esse aquele campeonato "mundial do fax" que os palmeirenses comemoraram ano passado? Ah ta. hahahahahahahahahahah
    Aliás, se não tiraram xerox do fax já deve tar apagado.

    • ROCCO-SP- disse:

      A TAÇA, não veio por FAX !
      Ela está lá antes do seu time se tornar grande,39 anos depois,quando ganhou o PRIMEIRO BRASILEIRÃO !
      TIME EMERGENTE ESTATAL !!

  4. Alessandro-Independi disse:

    Caro José Renato,
    Não vou entrar no mérito se valeu ou não um título mundial. Na verdade, a primeira observação que tenho que fazer é dar os parabéns. Está claro que você acha que o mundial de 51 não vale como mundial, mas acima da sua opinião pessoal, estão os fatos. Bem, só acho que essa de julgar um torneio pelas equipes participantes e o que elas fizeram para chegar lá, pode ser um tiro no pé: Toda vez que eu vejo uma análise por esse prisma, fico com vontade de perguntar aos comentaristas porque não a mesma análise do mundial de 2000. Pois bem, o Campeão da Libertadores 99 não participou (Participou 98). Quando leio o argumento de "Se não havia Libertadores, como pode ter campeão mundial?", lembro que o campeão de 2000 jamais sequer chegou a uma final de Libertadores. Então não acho certo falar que por não haver Libertadores e Champions League, não pode haver campeão mundial. Pois se esse é o parâmetro, todos os times campeões mundiais deveriam ter Libertadores e Champions League.

    • ROCCO-SP- disse:

      Mas a LIBERTADORS, foi criada em 1960!
      Aí sim ela foi atraleda ao MUNDIAL DE CLUBES!
      Então antes disso , não vale nada?
      Então o URUGUAI não é BI-MUNDIAL pois, naquela época não existia ELIMINATORIAS!!
      É assim que se apaga a HISTÓRIA?
      Puro e simplesmente assim??

  5. Vinícius Cons disse:

    …e ainda querem se intitular campeões mundiais! Somente via fax mesmo…

  6. Sidney disse:

    E ainda tem gente que manda fax pra fifa pedindo reconhecimento de titulo mundial sendo que nem vieram os melhores times do mundo (vide juvetos 3° lugar no campeonato italiano e nenhum representante espanhol).

  7. Sempreflu disse:

    É claro que esse torneio foi tão importante quanto as "copas Toyotas da vida". Sátiro continua cada vez mais sátiro na criação de textos ridículos. Na falta de assunto aparece cada "pérola" neste blog.

  8. RICARDO LOPES disse:

    Sátiro, metade humano, metade bode… Deus protetor dos pastores e rebanhos.

    Para você Rooling Stones – Sympathy for the Devil

    Por favor, permita-me me apresentar:
    Sou um homem de riqueza e bom gosto,
    Estive por aí durante um longo, longo ano,
    Roubei a alma e a fé de muitos homens.
    E eu estava por perto quando Jesus Cristo
    Teve seu momento de dúvida e aflição,
    Me certifiquei de que Pilatos
    Lavasse suas mãos e selasse seu destino.
    Prazer em conhecê-lo,
    Espero que você adivinhe meu nome.
    Mas o que está te confundindo
    É a natureza do meu jogo.
    Eu fiquei nas redondezas de São Petersburgo,
    Quando vi que era tempo para uma mudança.
    Matei o Czar e seus ministros,
    Anastasia gritou em vão.
    Eu andei num tanque,
    Ocupei um posto de General
    Enquanto a Blitzkrieg rugia
    E os corpos fediam.
    Prazer em conhecê-lo,
    Espero que você adivinhe meu nome, oh sim.
    O que está te confundindo
    É a natureza do meu jogo, oh sim.
    Eu observei com alegria
    Enquanto seus reis e rainhas
    Lutaram durante dez décadas
    Pelos Deuses que eles criaram.
    Eu gritei:
    "Quem matou os Kennedys?"
    Quando, no final das contas,
    Fomos você e eu.
    Permita-me me apresentar:
    Sou um homem de riqueza e bom gosto,
    E eu armei ciladas para trovadores
    Que foram mortos antes que alcançassem Bombaim.
    Prazer em conhecê-lo,
    Espero que você tenha adivinhado meu nome, oh sim.
    Mas o que está te confundindo
    É a natureza do meu jogo,
    Oh sim, relaxe, baby.
    Prazer em conhecê-lo,
    Espero que você tenha adivinhado meu nome, oh sim.
    Mas o que está te confundindo
    É apenas a natureza do meu jogo.
    Da mesma maneira como cada tira é um criminoso,
    E todos os pecadores [são] santos,
    Como caras são coroas,
    Apenas me chame de Lucifer,
    Pois estou precisando de um pouco de moderação.
    Portanto se você me encontrar
    Tenha alguma cortesia,
    Tenha alguma simpatia e um pouco de bom gosto.
    Use de toda sua bem-instruída polidez
    Ou eu destruirei sua alma, sim.
    Prazer em conhecê-lo,
    Espero que você tenha adivinhado meu nome, sim.
    Mas o que está te confundindo
    É a natureza do meu jogo, baby, relaxe.

    Não precisa dizer mais nada…Bolha

  9. PINK FLOYD WATERS disse:

    Doa a quem doer, Palmeiras minha vida é vc.

    1º Campeão Mundial!

  10. Querido amigo Zé Renato,

    começo de conversa: acho que o Campeonato de 51, assim como o “mundial” de 2000 não são Mundiais.

    E muitos argumentos são válidos.

    Mas esse de comparar as seleções bem colocadas em torneios próximos é falho.

    Vejamos em comparação ao Mundial do ano passado

    Olimpíadas de 2004: Argentina (Boca), Paraguai (ninguém), Itália (Milan) e Iraque (ninguém). Copa de 2006: Itália (Milan), França (ninguém), Alemanha (ninguém), Portugal (ninguém).

    Será que o campeão do Iraque, da França, de Portugal ou do Paraguai são melhores que outros times de grande importância cujas seleções foram mal na Copa ou nas Olimpíadas?

    E os times do Mundial: Etoile du Sahel, Urawa Red Diamonds, Sepahan, Waitakere United e Pachuca. Times de países de participações mundiais pífias.

    E em 1951 nem existiam Libertadores, UEFA CL, Copa da Concacaf, CAF CL nem Oceania Champions Club Cup.

  11. Claudio disse:

    Sátiro,

    Deve-se levar em consideração o contexto histórico: para o Brasil sedento de auto-afirmação e extremamente humilhado pelo Maracanazo. Para os europeus, um campeonato fora de hora, depois de uma guerra que destruiu o continente, num pais distante (onde havia a necessidade de viajar de navio uma semana para ir e uma semana para voltar). Vieram aqueles que imaginaram obter algum lucro pela participação (férias, propaganda, renda…).
    Se não me engano, para a composição da tabela houve necessidade de se fazer três listas de convidados pois nas duas primeiras a maioria recusou o convite!
    Portanto, se os palestrinos se contentam com esse título via fax, ok. Bordem uma estrelinha no peito. No fundo eles também sabem que isso não passa de um Tereza Herrera, um Ramón de Carranza, um Mundial Fifa 2000…

    Abraços

  12. Thiago disse:

    Chegou o fax??? Hahahahahahahahahahahahaha…

    • ROCCO-SP- disse:

      Chegou,é para o ANDRÉS!! O BNDES aprovou a prorrogação de 36 meses para começar a pagar aquele MAGAZINE LUIZA !
      Agora seu time poderá a voltar a contratar novamente, e depois, esperar outro FAX, para prorrogar mais um pouquinho, até se tornar INADIMPLENTE!
      hihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihihi!!

  13. Guilherme disse:

    Análise rasteira.

    A Espanha tem um histórico de clubes fantástico e, no entanto, sabemos que como seleção ainda deixa a desejar. Isso tira a importância do Barça ou do Real? A França, por outro lado, tem uma seleção com muito mais glórias, mas já há muitos anos que nenhum clube de lá se destaca no continente.

    Além disso, eu nunca ouvi ninguém questionar o título mundial de 30 do Uruguai. Só que só havia lá 4 seleções européias. Foi praticamente uma Copa América com convidados.

    Outra: o Corinthians entrou no mundial de 2000 sem nunca ter sido campeão do continente, como convidado campeão nacional de 2 anos antes (!!!???) e nenhum jornalista fala disso.

    O que eu acho triste é ver que há torcedores de times rivais que acham que o próprio tima só pode crescer se os outros forem diminuídos. Quando é justamente o oposto: quanto maior a importância mundial do Corinthians, do Santos, do SPFC, etc., melhor é pro Palmeiras quando derrotamos eles, mais valem os nossos títulos.
    Chamar nosso título mundial de "campeonato do fax" não glorifica os adversários; pelo contrário, mostra a irracionalidade de quem acha que é pisando nos outros que se cresce.

  14. Glen Oliveira disse:

    Coitados dos porcos,ainda vem dizer que são campeões do séculoxx!!
    Sem Libertadores e Mundial?
    Só por fax mesmo.E fiquei sabendo que o Curintia quer que a Pequena Taça do mundo seja reconhecida.
    Se for assim o Tricolor é penta mundial!!!
    Tricolor Tri Mundial,Tri Libertadores e Penta Brasileiro!!!!!!

    • ROCCO-SP disse:

      Sem LIBERTADORES ?
      Em 1999 ele foi campeão do que?
      TORNEIO SÃO PAULO-COLÔMBIA ??
      Vai te catar !!
      Nem discutir sobriamente voce sabe??

  15. AUGUSTO CESAR FERREI disse:

    Não era mundial.Não havia critério para escalar os participantes.

  16. nilton disse:

    Por ser muito velho e palmeirense, acompanhei a Copa Rio. Inclusive estava no Pacaembu quando o Palmeiras perdeu para o Juventus, em infeliz atuação de Oberdan.
    O jornalista está certo. A Copa Rio foi importantissima e provocou muitas emoções.Basta ver que o Maracanã, em peso, 100 mil pessoas apoiou o Palmeiras. É um marco na história do clube.Mas, infelizmente, nada tem a ver com Campeonato Mundial.Mesmo na época não se falava em Mundial. Foi um torneio, importante, mas sem qualquer reconhecimento como um campeonato mundial. Nada tira o mérito de ter sido uma dos grandes conquistas do clube – na época das 5 coroas.Mas nunca um campeonato mundial.

  17. nilton disse:

    Também gostaria de acrescentar que não considero o INtercontinetal um campeonato do mundo – pois sem o aval da FiFA. Aliás os times europeus se intitulam, orgulhosamente, campeos do Intercontinental – mas não campeoes do mundo

    • ROCCO-SP disse:

      E você acredita na FIFA ?
      É a mesma coisa eu te perguntar, você acredita no PRESIDENTE DO BRASIL??
      É a autoridade máxima, mas, isso lhe dá CREDIBILIDADE????

  18. Fábio disse:

    Estes times da Ásia, da Austrália etc. que entram para participar do atual torneio podem ser contados entre os "melhores do mundo"? Em 2007 aprendi que existiam alguns times chamados Waitakere United, Sepahan, Etoile du Sahel…

    O mesmo argumento que José Renato usa para desqualificar o Torneio de 51, pode ser empregado para desqualificar o de 2000, o de 2007, qualquer um…

    Aliás, eu poderia a título de "séria pesquisa" desqualificar os títulos de Santos, Flamengo, Grêmio, São Paulo (Telê) etc., isto terem conquistado "campeonatos mundiais" de um só jogo…

    Não sei por que tanta sanha da imprensa em desqualificar o torneio de 51… Há algo de estranho e parcial no ar…

    Viva o Palmeiras, Campeão Mundial de 51!! Viva também o Corinthians, o Inter, o São Paulo, o Flamengo, o Grêmio…

  19. Carlos Henrique disse:

    Nunca encontrei explicação tão clara, precisa e coerente sobre a Copa Rio até chegar nesse texto.

    Obrigado, Zé Renato, por esclarecer, mas não tripudiar em cima dos fatos, a minha curiosidade.

    Abração
    o/

  20. monstrobol disse:

    de novo esse papo do mundial do fax, facam o favor. naquela epoca, simplesmente nao havia campeonato mundial, conformem-se com isso porcos loosers. Vcs disputaram um e perderam. simples isso. o TRI do mundo tem duas da tal da Pequena Taca do Mundo na Venezuela e nunca cogitamos trata-la como mundial. Honrem seus antepassados e conquistem um mundial de verdade, ai todos reconheceremos e acabou. valew

  21. João Medeiros disse:

    Sou palmeirense e esse título da Copa Rio não passou disso, um torneio de verão.

    Ficar querendo reconhecer como mundial é um desperdício de tempo e recursos.

    Pra mim, o título mais importante que um clube do Brasil pode conquistar é a Libertadores e esse título o meu verdão já tem.

    O São Paulo e o Inter ganharam o mundial da FIFA e isso mudou alguma coisa? Alguém acha que aqueles times eram melhores do que Liverpool ou Barcelona? Um mísero jogo, e quem ganha pode ser considerado o melhor do mundo?

  22. Serginho Laurindo disse:

    Sou são-paulino e na minha opinião é preciso dar a esses campeonatos disputados antigamente o valor que lhes era atribuído à época! Assim, se a torcida, a imprensa, os jogadores considerassem, enfim, se fosse consenso geral que aquele torneio valia como um "campeonato mundial", que se considere o seu vencedor o campeão do mundo naquele ano! Assim penso tb sobre as Taças-Brasil, Robertões e outros torneios que eram disputados antes do Brasileirão oficial (instituído em 1971). Se o torneio foi criado para decidir quem era o melhor do mundo, das Américas, do País, deve valer para esse exato fim! Isso corrigiria algumas injustiças, como a idéia de que Pelé, por exemplo, nunca foi campeão brasileiro!

  23. José Renato disse:

    Bindi…

    O que dizer sobre receber uma mensagem sua logo hoje…horas depois desta sua mensagem você nos deixaria…estou muito triste…e sem palavras…Vá com Deus meu amigo!!!!

  24. Daniel disse:

    Serginho Laurindo, sou palmeirense e o parabenizo pelo lúcido comentário… À época, a Copa Rio foi criada para ser o campeonato mundial, em um tempo que não existiam Libertadores e Copa dos Campeões… Gazeta Esportiva, 23/7/51: “PALMEIRAS, CAMPEÃO DO MUNDO!”, faixa da Rádio Jovem Pan: “A RÁDIO PANAMERICANA SAÚDA OS CAMPEÕES DO MUNDO”…

    Lembro que o Palmeiras “lavou a alma” da torcida brasileira após o desastre de 1950… O público da final e a presença maciça dos cariocas já mostra que a Copa Rio era considerado um campeonato mundial… E foi um campeonato ganho por um timaço, não com futebol de resultados e apito, como um outro clube, cujos dois primeiros títulos foram ganhos com derrotas fora e vitórias aos tropeções em casa, e, na final intercontinental, com jogo na defesa contra o Milan, em 93; em 2005, assim como em 2006, meteram a mão no Palmeiras nas oitavas – pênalti inexistente no Correa e não dado para o Verdão – e pegaram só galinha morta depois (Tigres, Atlético)… Na final do mundial, roubo e jogo na defesa contra o Liverpool…

    AVE, PALESTRA!
    AVANTE, ACADEMIA!
    CAMPEÃO DO SÉCULO, AQUI É PALMEIRAS!

  25. Vinícius Cons disse:

    Interessante é o fato de o Palmeiras reinvindicar o tal título "mundial" somente depois de ver o SPFC ser TRI-MUNDIAL… Antes, eles nem se lembravam desse torneio…

  26. José Renato disse:

    Caro Thiago, concordo com vc…a minha única restrição é que muitos querem recontar a história de uma forma diferente de acordo com sua conveniência e/ou torcida…um abraço

  27. José Renato disse:

    O Palestra passou a ser Palmeiras em 42…um abraço

  28. José Renato disse:

    vc foi cruel…um abraço

  29. José Renato disse:

    caro Alessandro, só fiz este paralelo, justamente por não existir na época competições entre os clubes, o que seria o mais correto…um abraço

  30. José Renato disse:

    foi apenas um torneio…um abraço

  31. José Renato disse:

    este pleito é algo novo…se o Palmeiras já tivesse sido campeão…já teria deixado esta busca de 51 de lado…um abraço

  32. José Renato disse:

    não há dúvidas que vc continua mal informado…um abraço

  33. José Renato disse:

    vc é muito engraçado…um abraço

  34. José Renato disse:

    se isto te agrada…é o que importa…para vc…um abraço

  35. José Renato disse:

    Cláudio, particularmente eu tiraria o Mundial da Fifa 2000 desta lista…um abraço

  36. José Renato disse:

    maldade…só maldade

  37. José Renato disse:

    Caro Guilherme, só fiz um paralelo com as seleções devido a não existência de campeonatos entre os clube…agora triste mesmo é nunca ter conquistado o título mundial no campo……um abraço

  38. José Renato disse:

    Pequena Taça do Mundo já é demais da conta…se bem que Copa RIo também é……um abraço

  39. José Renato disse:

    foram apenas alguns convites…um abraço

  40. José Renato disse:

    Sem dúvida, concordo com vc…um abraço

  41. José Renato disse:

    não é fato…quando venceram..eles também se consideravam campeões mundiais……um abraço

  42. José Renato disse:

    Não desqualifiquei nada…apenas apresentei fatos…vc considera o que vc acha que deve…de qualquer forma não coloque no mesmo balaio esta conquista com a de equipes como o Grêmio, Flamengo, Santos e São Paulo…um abraço

  43. José Renato disse:

    foi difícil, mas creio que tenha ficado bem fundamentado…um abraço

  44. José Renato disse:

    por favor…Pequena Taça do Mundo não rs rs rs …um abraço

  45. José Renato disse:

    É verdade o maior título do Palmeiras é a Taça Libertadores…quando ao Inter e São Paulo lamento que esteja equívocado…um abraço

  46. José Renato disse:

    Concordo parcialmente com sua análise…uma vez que na época que estes campeonatos foram organizados e disputados, não eram campeonatos mundias nem brasileiros…este história de reescrever a história de uma forma diferente, na minha opinião, cheira a oportunismo…um abraço

  47. José Renato disse:

    engraçado que o seu discurso, sem argumento, continua o mesmo, qualquer que seja o assunto apresentado…de qualquer forma, parabéns pelo título da Copa Rio 51…um abraço (relaxa, só estou te provocando, no entanto tenha a certeza quando o Palmeiras ganhar o título mundial o reconhecimento será imediatamente conquistado e não forçado como é o caso desta competição em questão)

  48. José Renato disse:

    creio que esta ânsia seja anterior ao título…se tivessem conquistado em 99…esta história teria se encerrado…um abraço

    • ROCCO-SP disse:

      Mas a FIFA também não reconheceria, pois, foi só um jogo!
      Agora com a chancela da FIFA, precisam ser dois jogos, mesmo disputando 5 continentes e mais o PAIS SEDE!
      TORNEIO ME ENGANA QUE EU GOSTO!

  49. José,

    Interessante levantamento, que não tira de modo algum a legitimidade do campeonato como título mundial. A FIFA considera Intercontinental porque só tinha europa e américa. Existia futebol de nível em outro continente, afinal?

    Alguns dos primeiros colocados do mundo e olímpico não participaram da copa, sim. Mas de fato não podemos usar isso como argumento para invalidar a competição.

    Caberia uma investigação a fundo para saber se realmente eles não foram convidados ou se eles não aceitaram vir. Certo? Se algum time não vai para o mundial de 2005, por decisão própria movida por qualquer motivo, o Inter é menos campeão por causa disso?

    A copa de 51 juntou os maiores campeões da época, talvez faltasse o time de Puskas, e algum outro. Mas então o Inter não é campeão de 2005 porque faltava o Chelsea e o Manchester, campeão e vice ingles de 2005.

    São argumentos, mas quem vivem à época sabe: Foi tratado como mundial, tanto que representates da FIFA assistiram à final.

    E essa história da CBF não reconhecer títulos nacionais da CBD é um tremendo de um conflito de interesses. Pois se o fizessem Palmeiras e santos seriam os maiores campeões nacionais, respectivamente. E o Flamenguinho e o São Paulinho Ficariam no limbo. E o corinthians, então, o que dizer? "Rebaixar" em ordem de títulos a 1ª,2ª e 4ª maiores torcidas do Brasil, respectivamente, não é bom para a CBF.

    Abraços

    • ROCCO-SP disse:

      Mas os atuais campeoes mundiais, disputaram com todos os continentes??
      NÃO !
      Então não mudou muita coisa!
      Já repararam que tem time que para chegar a final teve que disputar 4 partidas, enquanto, europeus e sulamericanos, só chegam depois do inicio do torneio, e disputam apenas duas!
      SEMI-FINAL E FINAL?
      Ninguem notou isso nao??
      Qual a diferença do antigo?
      Uma partida a mais, o resto é só coadjuvante para dar votos para o BLATTER???
      PURA ENGANAÇÃO !!

  50. José Renato disse:

    Caro Rodolfo, o critério utilizado não é válido para os anos que tiveram liga do campeões e Libertadores obviamente…foi apenas um paralelo para tentar identificar o que normalmente se fala…as melhores equipes do mundo participaram???mesmo se isto fosse verdade, ainda assim não é possível afirmar que era um mundial…esta coisa de reescrever a história de forma diferente é algo apenas "conveniente"… por exemplo a CBF ou CBD não podem reconhecer títulos de campeonatos brasileiros se a competição não era isto…e sim uma continuidade do Rio SP…assim como o título de 87 do Flamengo não pode deixar de ser reconhecido apenas por uma questão política da CBF…um abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>