17 set

São Paulo goleia o Ceará após primeiro tempo ruim. Torcida só pensa no clássico contra o Corinthians

Análise de jogos, Brasileirão

De Vitor Birner

São Paulo 4×0 Ceará

O São Paulo teve muita dificuldade na etapa inicial. Sofreu com os contra-ataques do Vovô.

Se Washington atuasse melhor ou Estevam colocasse Marcelo Nicácio no lugar dele, a missão são-paulina teria sido bem mais sofrida.

O time de Adilson, apesar da iniciativa ofensiva, só conseguiu se impor depois de fazer 1×0.

Soube aproveitar a fraca marcação defensiva cerarense nos cruzamentos, fator fundamental para a definição do vencedor.

João Filipe, Rhodolfo e Casemiro foram os destaques da partida.

Os zagueiros, na hora mais difícil para o São Paulo, fizeram intervenções providenciais.

E o volante-meia participou de 2 gols.

Escalações

São Paulo – Rogério Ceni;  Piris, João Felipe, Rhodolfo e Juan; Wellington, Carlinhos, Casemiro e Cícero; Lucas e Henrique

Ceará – Fernando Henrique; João Marcos, Thiago Matias, Fabrício  e Vicente; Michel, Heleno, Tudnei e Thiago Humberto. Osvaldo e Washington

 Ataque x contragolpe

Estevam Soares posicionou o Ceará de forma diferente da que Vagner Mancini gostava.

O Vovô, que antes iniciava a marcação no campo de ataque, ficou muito atrás.

Deixou o adversário ultrapassar a linha que divide o gramado sem dar combate.

Como se diz no futebolês, ‘chamou’ o São Paulo para tentar roubar a redonda e usar a velocidade de Osvaldo e Washington nos contragolpes.

O time de Adilson foi para cima e ameaçou tomar controlar o confronto.

Henrique, logo no início da partida, quase fez 1×0.

Fernando Henrique conseguiu tocar na gorduchinha, ela bateu na trave, passou lentamente por toda extensão do gol vazio e ninguém chegou em tempo de finalizar.

Ceará melhor

O Vovô precisou de cerca de 15 minutos para acertar a marcação.

Quando conseguiu, atuou melhor que o anfitrião.

Cícero e Casemiro, principais responsáveis pela criação no meio-campo, não produziam nada.

Lucas também não.

Os volantes Wellington e Carlinhos, além dos  laterais Pirís e Juan,  foram, em vão,  ajudar o sistema ofensivo.

A ofensividade são-paulina gerou bons contragolpes ao rival.

Havia espaço de sobra.

Thiago Humberto, pelo meio, Vicente, na esquerda, e Osvaldo, usando ambos os lados, cruzaram a bola algumas vezes, por baixo, com bastante perigo.

A má qualidade nas finalizações e as ótimas participações de João Filipe e Rhodolfo impediram o Ceará de sair na frente.

Mapa da mina

A dupla de volantes Wellington e Carlinhos, por causa da situação do jogo, passou a apoiar menos.

O primeiro evitou o gol de Washington, aos 39.

A intervenção foi providencial.

Aos 42 Juan cabeceou livre e colocou o São Paulo, que não estava bem, em vantagem.

Depois da bola na trave de Henrique no começo do duelo, a outra oportunidade havia sido de Casemiro, também de cabeça.

Pelo chão, a única boa chance são-paulina aconteceu aos 39, no arremate de Lucas de fora da área, que terminou com a bela defesa de Fernando Henriqjue.

O gol de Juan desestabilizou o Ceará.

Ainda atordoado, deu liberdade ao Casemiro, erro não cometido até então.

O volante-meia tocou para Piris, o lateral ganhou de Vicente na velocidade  e cara a cara com Fernando Henrique fez 2×0.

Em 2 minutos, o São Paulo transformou a complicada partida em simples.

A fragilidade da zaga cearense na bola aérea ajudou bastante o time da casa.

Ceará avança

Ambas as equipes voltaram com as mesmas escalações.

Mas o Ceará decidiu pressionar a saída de bola do adversário.

Rudnei, um dos 3 volantes nos 45 minutos iniciais, jogou mais avançado; dividiu o trabalho de criação com Thigo Humberto.

Washington foi mal

A postura mais ofensiva aumentou a posse de bola cearense. o espaço para o contragolpe são-paulino, mas não a quatidade de oportunidades de gols.

Cícero, no primeiro minuto, e Washington, no sexto, ambos de cabeça, desperdiçaram as chances.

A do centroavante do Ceará foi melhor.

Ele ficou livre por conta do erro de Juan e cabeceou livre, na pequena área, todavia para fora.

Mudanças

Aos, Estevam optou pelo lateral Boiadeiro no lugar do volante Heleno. Pretendia fortalecer a jogada ofensiva na direita com o reserva e João Marcos.

Aos 14 Henrique saiu e Rivaldo entrou.

Aos 22 Felipe Azevedo substituiu Thiago Humberto.

Tiro pela culatra

As alterações no Ceará forma ótimas para o São Paulo.

Não otimizaram o sistema ofensivo, esburacaram o defensivo e as oportunidades de gols são-paulinos apareceram.

Casemiro, de fora da área, acertou belo arremate e ampliou a vantagem aos 21.

Cinco minutos depois, Rivaldo aproveitou o cruzamento de Juan, iniciada por Lucas, e marcou o quarto gol.

Lucas estava na esquerda. Ele inverteu de lado diversas vezes com Cícero ao longo do confronto.

Banho-Maria

Rodrigo Caiu entrou no lugar de Casemiro logo depois do 4×0.

Adilson aumentou a pegada do meio-campo e tirou o titular que estava pendurado com 2 cartões amarelos.

O São Paulo não correu mais riscos em busca de gols.

Aos 36, Marlos substituiu o apagado Lucas para tentar dar vida ao contragolpe.

Aos 44, Cícero perdeu a chance criada por ele.

Cabeça no clássico

Os mais 23 mil são-paulinos festejaram a vitória e entoaram cantados de provocação ao Corinthians, rival da próxima quarta-feira.

A torcida fala muito, faz semanas, deste confronto.

Trocará rapidamente a felicidade vivda na goleada de hoje pela ansiedade pré-Majestoso

241 respostas a São Paulo goleia o Ceará após primeiro tempo ruim. Torcida só pensa no clássico contra o Corinthians

  1. Neil Azevedo disse:

    Não entendo como Adilson arma um meio de campo com 4 volantes… por favor…

  2. joão paulo tricolor disse:

    Legal a vitoria di ontem, mas tem muitas problemas. Vamo se vingar da travecada agora, se Deus quiser. Vamo tricolor!!!!

  3. Raphael disse:

    Po Birner…
    Que orgulho!
    O Cicero perdeu a chance criada por Rivaldo, deixe bem claro isso!
    Foi uma pintura o toque e vc diz que a jogada foi criada pelo Marlos??
    O Marlos fez uma linda meia lua, tocou pro Rivaldo que por sua vez deu um passe genial…
    Ter opinião e personalidade é bom até isso virar orgulho…
    []‘s

    • Roberto Barreto disse:

      Concordo plenamente.

      Vim para os comentários só porque percebi exatamente esse ‘esquecimento’ do Birner na narração sobre a jogada perdida do Cícero, e foi quando li o comentário do Raphael.

      Já sabemos da aversão do Birner ao Rivaldo desde aquele episódio com o PCC, mas daí a enxugar a importância e participação do mesmo nas jogadas… complicado. O cara jogou mto hj qdo entrou, e pena que não joga mais tempo.

      Se é pra comentar o jogo, que pelo menos se faça de maneira imparcial.

      • Diogo disse:

        Foi interessante nessa jogada que o Marlos, o grande injustiçado da era Adilson, deu uma meia-lua fantástica, o Rivaldo deu toque de letra, e o Cícero chutou para fora do estádio. Aí você pergunta, quem é o titular? O que isolou a bola…

      • Leandro Rodrigues disse:

        Caracas eu tbm concordo com vcs!…eu tbm não acho o Rivaldo salvador da pátria, no entanto ele se sai mto bem ao que se propõe a fazer…

        Não acho que ele deve jogar sempre todos os jogos, mas acho q ele sempre tem q jogar no máximo 60 min. Acho que ele rende mto mais!

      • Airton disse:

        Francamente, se dar passes laterais ou para trás for jogar muito , no SPFC todos jogam muito .O Rivaldo não deveria armar o time ? Criar jogadas de gol ? Uma só já é o suficiente ? Que pena que a torcida não tenha a mesma condescendência com os outros jogadores que fazem o mesmo.

        • Fernando disse:

          Claro, claro todos lá sabem fazer gols de voleio, você tá certo sim senhor, “manja” muito você viu!?

  4. Claudio Barros disse:

    Saudações Birner!!
    Camarada, a um tempo atraz você falou que iria fazer uma moderação mais “caprixada”, isto aqui ainda está uma lástima.

  5. Adilson/Guaratingueta disse:

    Ô Gambazada…
    pode esperar…
    a sua hora…
    vai chegar…!!!
    Vamo tricolor, o melhor de todos!!!!!!!!!!!!

  6. bit disse:

    Esse jogo me fez pensar em “Imagine o Luís Fabiano nesse ataque”. Se ele estrear bem, sem dores, nao se contundir mais, pegar ritmo de jogo logo ai meus amigos, que venha 2012, pq 2011 ja tem dono.

  7. Rafael disse:

    Só quero saber da vitoria sobre a galinhada na quarta…..se perder pra elas, o time pode ser campeão brasileiro q eu estarei extremamente decepcionado, mas se vencer pode ate ficar de fora da libertadores que estarei CONTENTE……PRA CIMA DELAS TRICOLOR……MORUMBI LOTADO NA QUARTA e TORCIDA EMPURRANDO O TIME (espero q o nosso)!!!!!!

    • Claudio Fiel disse:

      O Corinthians já tem mais tres pontos na tabela garantidos, na quarta é só confirmar. Pra cima delas timao!!!

    • Fernando Ulloa disse:

      Pelo amor de Deus hein? Torço pelo São Paulo contra o Corinthians, mas priorizar desempenho em clássico sobre título ou Libertadores é coisa de time pequeno…
      Sou sãopaulino e afirmo:
      Se continuarmos nesse ritmo eternamente, eles ganhando os confrontos diretos conosco, mas nós levantando os canecos importantes de verdade, eu ficarei EXTREMAMENTE feliz.
      Em suma: enquanto eles tiverem os Majestosos, e nós as Libertadores, Mundiais e Brasileiros, eu estarei satisfeito.
      Vai Tricolor!!!!!!

  8. jose americo disse:

    esta chegando a hora, vamos catar a maloquerada da zona leste e arrebentar,
    vamos tricolor.

  9. jose americo disse:

    ontem o santos pisou na cabeca e deixou a gambazada sobre aparelhos e agora o tricolor vai mandar para a UTI.

  10. Joaquim Paulino Leite Neto disse:

    Birner, o time do São Paulo é o único dos times favoritos ao título que ainda pode evoluir. Veja: Luis Fabuloso, um dos maiores atacantes do mundo, ainda não estreou. o Denilson, segundo volante de primeira qualidade( deve entrar no lugar do Cícero ou Carlinhos) praticamente ainda não jogou e o bom meia argentino marcelo Cañete também não. São 3 jogadores de nível de seleção que vão acrescentar muito ao time. Mas quem deixará o time para a entrada deles? Eu gostaria que vc postasse alguma coisa sobre isso. Na minha opinião, Sai carlinhos e cicero e entram Denilson e Fabuloso. Quanto ao Cañete ele ficaria como opção ao Dagolberto, no momento, insubstituível. Um time com Reigério Mito Ceni, Piris, João Felipe, Rodolfo, Juan, Wellington, Casemiro, Denilson, Lucas, Luis Fabiano e Dagolberto. Esse time permitiria muitas variações táticas como nenhuma outra equipe do Brasil ( a não ser a do Santos) . Veja, para tornar a equipe mais ofensiva poder-se-ia sacar o Wellington,recuando Denilson para a posição e com Casemiro formando a dupla de volantes. Aí entraria Rivaldo ou Marcelo Cañete para compor o meio e acionar Dagol e Luis Fabiano. Francamente tem tudo para ser um timaço, vc não acha? É claro que precisamos que o Adilson não atrapalhe, acho que vc me entendeu, não?
    Quanto ao Confronto com o Small Club o São Paulo desta vez é o favorito pois o Small está despencando como todo bom cavalo paraguaio, há, há, há!

  11. marcos (spfc) disse:

    Dedico essa vitoria aos amantes do Dagoberto.
    Diretoria, jogadores e boa parte da torcida viraram reféns desse traira que só pensa em dinheiro. Acham q o SPFC sem ele acabou.
    Parabens ao SPFC sem o Dagoberto e com somente 1 atacante (boa parte do jogo) , pq o Henrique não dá pra considerar, que colocou o Ceará no seu devido lugar !
    Com humildade e raça contra as frangas, vamos vencer !
    Já to indo pro Morumba ! rs

    • Airton disse:

      E quem foi o atacante após a saída do Henrique ????Rivaldo ????????????

    • Airton disse:

      Ah, e os gols foram feitos por quem a torcida também detesta : Juan num cruzamento do Carlinhos .
      Píris num lançamento do Casemiro .
      E um gol do Casemiro .
      Todos os 4 detestados pela torcida .

    • adao luiz disse:

      se vc for assistir da arquibancada superior e o dagol fizer dois belos gols no fim do jogo, vc vai ser o primeiro a pular lá de cima em direção aos braços do craque dagoberto.

  12. Diogo disse:

    É um escândalo esse jogo SPFC x Corinthians ser na quarta às 22h!!! No primeiro turno foi domingo às 16h agora que o mando é do SPFC o jogo é de madrugada!!!

    Depois dizem que não é perseguição ao SPFC. Peguem a tabela e contem quantos jogos o Corinthians mandou domingo às 16h: 6 jogos. O SPFC mandou apenas dois jogos no domingo às 16h (Vasco e Palmeiras).

    Se contarmos o jogo do dia 7 de setembro às 16h são três jogos, metade do time da marginal. É ridículo e descarado como favorecem o Corinthians. Único time grande sem jogador na sub-20, durante muito tempo não tinha jogador na seleção principal, único time dos de cima da tabela que não disputa nenhum outro torneio, manda quase todos os jogos no domingo às 16h e ainda assim está em terceiro!!! É muita incompetência mesmo.

  13. alexandre montoli disse:

    ainda tenho esperança de que o fabuloso possa estreiar contra a galinhada e se estreiar vai ficar facil para o tricolor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>