12 fev

Tite foi bem e Leão mal. Superioridade coletiva garantiu a vitória corintiana contra o São Paulo

Análise de jogos, Paulistinha

De Vitor Birner

Corinthians 1×0 São Paulo

O Corinthians dominou com sobras o primeiro tempo e foi um pouco melhor no segundo.

O Alvinegro, mais entrosado e comandado pelo treinador melhor que o do adversário, levou grande vantagem na parte coletiva.

O pecado corintiano foi a quantidade de grandes chances de gols perdidas.

Quase levou aquele castigo do futebol, mas Jadson desperdiçou a penalidade antes do intervalo.

Leão errou ao iniciar com Paulo Miranda e não conseguiu posicionar as linhas de meio, defesa e ataque. Também fracassou na tentativa de proteger o lado direito da defesa.

O São Paulo mostrou garra.

Faltou ao time do Morumbi  o trabalho coletivo de qualidade e a boa malandragem  futebolística para não entrar nas provocações de Jorge Henrique.

O Corinthians mereceu ganhar.

Danilo se destacou no Majestoso.

Escalações

Corinthians – Julio Cesar; Alessandro, Chicão, Leandro Castan e Fabio Santos; Ralf e Paulinho; Willian, Danilo e Jorge Henrique; Elton

São Paulo – Denis; João Filipe, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Wellinton, Casemiro, Cícero e Jadson; Lucas e Willian

Tite, correto

A prioridade do Corinthans é a Libertadores. O treinador tem que avaliar os riscos de perder jogadores importantes nas partidas do torneio continental e evitar o problema.

Decidiu poupar Alex, Liedson e Emerson.

Entraram Elton, Jorge Henrique e Willian.

Danilo atuou centralizado na linha de 3, com Wiilian à direita e Jorge Henrique à esquerda.

Os demais atletas do Alvinegro executaram as mesmas funções de sempre.

Ralf ficou encarregado de proteger a defesa. Paulinho de ajudá-lo na missão, além de aparecer para criar e finalizar de média distância.

Os laterais avançaram de maneira coordenada, um de cada vez.

Falhou, Leão

O comandante errou na escalação do time.

De novo utilizou Paulo Miranda, que se apresentou mal diante do Comercial, apesar de o  Corinthians utilizar um centroavante de área no lugar de Liedson e da dificuldade de sua equipe, nas últimas partidas, em lances desse tipo.

Falhou, Leão II

Os volantes continuam distantes uns dos outros e dos zagueiros. O meio-campo também fica mais longe que o aceitável do ataque.

Qualquer criança capaz de observar o futebol sabe que João Filipe  e Paulo Miranda não formam lado direito defensivo confiável.

Era necessário protegê-los.

Leão tirou Maicon e entrou com Wellington, Casemiro e Cícero, os 3 volantes.

Não discordei da opção, mas sem posicioná-los da maneira correta, só aumentou as dificuldades de seus comandados.

Superioridade corintiana explica

O Corinthians foi bem superior na etapa incial.

Aproveitou os espaços deixados na meia e a fragilidade do sistema lado direito da defesa adversária.

O trio de volantes do São Paulo não se encontrou.

O sistema defensivo são-paulino foi malpensado.

Lucas, de acordo com a forma como o São Paulo atuou, tinha acompanhar os avanços de Fabio Santos. Ou era ele ou Leão não colocou ninguém.

O jovem também foi o responsável pelos contragolpes. Não podia recuar até a lateral para seguir o rival.

Quando Fábio Santos apoiou, o fez com a devida proteção de Ralf, o Corinthians teve mais jogadores atacando que o rival desarmando.

Danilo, experiente e inteligente, foi jogar do lado fraco do São Paulo. Jorge Henrique também.

Casemiro marcou lá e contou com o auxílio de Wellington. Eles deveriam pegar Danilo e Jorge Henrique.

Quem,então, podia marcar Fábio Santos? Além disso, Casemiro não encontrou seu posicionamento correto.

Wellington ficou sobrecarregado.

Teve que cuidar de Danilo, Jorge Henrique e Fábio Santos.

O Corinthians deitou e rolou ali, criou várias chances com tabelas precisas de Danilo e Fábio Santos diante de João Filipe, outro perdido.

Chances e merecido gol

Aos 11, Jorge Henrique tocou para Fabio Santos. Ele rolou para Danilo arrematar bem e Denis fazer um pequeno milagre ao evitar o gol.

Aos 21, após outra tentativas corintianas, sempre do lado esquerdo do ataque (direito da defesa), Jorge Henrique cobrou escanteio e Danilo, destaque do primeiro tempo, de cabeça deu a vantagem ao Corinthians.

Paulo Miranda deveria marcá-lo, mas reclamou com Casemiro.

O Alvinegro continuou dominando e perdeu outra bela oportunidade aos 36, claro, criada do mesmo lado. Denis evitou o gol de Fabio Santos.

Aos 39, Danilo cruzou, Elton não aproveitou, Alessandro chutou e levou perigo

Alessandro erra, Ralf salva e Jadson perde

Aos 43, Jadson cobrou a falta para a área, Alessandro perdeu a dividida por cima, Ralf salvou em cima da linha e Alessandro derrubou Cortez dentro da área.

O São Paulo havia levado perigo só uma vez (chute de Cortez de fora da área), contudo tinha a grande chance de encerrar a etapa incial com o empate, excelente resultado após a fraca apresentação e as chances desperdiçadas pelos anfitriões.

Jadson cobrou por cima.

Parecido

O Corinthians altera pouco a forma de atuar. Não havia necessidade de fazê-lo, pois estava melhor.

A única diferença após o período de descanso foi a tentativa de trocar mais passes e manter a bola no meio-campo.

Tite queria apostar nos contragolpes e não permitir a abertura de brechas na defesa.

Leão não mudou o time. Pediu aos seus comandados marcação mais adiantada.

Falhou, Leão III

Aos 14, insatisfeito com a produção de seu time, Leão trocou 3 jogadores de uma só vez.

Jadson, Willian e Casemiro foram substituídos por Fernandinho, Oswaldo e Maicon.

Casemiro estava mal, todavia Cícero e Wellington haviam recebido cartões amarelos e o Alvinegro apostava no contra-ataque.

Não era a hora de queimar todas as trocas.

Merecido vermelho

A deplorável apresentação de João Filipe terminou logo após as mudanças. Fez falta dura, desnecessária, em Jorge Henrique e recebeu o merecido cartão vermelho.

Leão  deslocou Wellington para a lateral-direita e montou a dupla de volantes com Maicon e Cícero.

Corinthians prioriza marcação

Tite se preocupou em marcar Osvaldo, Fernandinho e Lucas. Segurou os laterais e Paulinho. Pediu para Willian acompanhar os vanços de Cortez.

O Corinthians perdeu força no contragolpe, porém ainda levou perigo.

Aos 15, Willian obrigou Denis a trabalhar.

O atacante cansou e Gilsinho, aos 23, entrou no lugar dele.

Aos 25, Alessandro rolou para Jorge Henrique, que furou.

Chance do São Paulo

Fernandinho, aos 30, teve a melhor chance do São Paulo no segundo tempo.

Julio Cesar defendeu.

Sai o melhor do jogo

Douglas ocupou a vaga de Danilo, aois 36 minutos.

Outra vez Danilo foi o destaque em partida importante.

Como lhe interessava

O Corinthians não sofreu mais com o ataque do rival.

Desistiu de aumentar a diferença de gols e impediu o São Paulo de ameaçar consegui-los.

Sem influência no resultado

A arbitragem de Rafael Claus não interferiu no resultado.

Cometeu erros, nenhum grave, e acertou na expulsão e sopração da penalidade.

461 respostas a Tite foi bem e Leão mal. Superioridade coletiva garantiu a vitória corintiana contra o São Paulo

  1. joão disse:

    As coisas erradas continuam ocorrendo e o time continua não existindo. É frágil em sua estrutura básica. O Felipão com escasso elenco tem procurado fazer o certo no Palmeiras, aquilo que todos já sabemos desde priscas eras, primeiro acertar a base, ou seja, o sistema defensivo e aos poucos, com reforços escolhidos com critério, para as posições em aberto, está formando um time muito competitivo (embora continue com muito poucos jogadores de nível elevado). O Leão com a conversa mole de que Cerezzo, Falcão, etc. eram volantes (assim como o são Cícero, Maicon, Casemiro) mas que, na prática, não eram (não são) volantes deu a entender de que não precisa de volantes como Dunga, Batista, Ralf, etc. Ora, quem pode jogar com esse tipo de volantes que não são essencialmente bons marcadores e protetores da defesa, é o Barcelona ou a seleção brasileira quando só tinha craques. Os times aqui do Brasil (onde todos sempre têm alguns cabeças de bagre no sistema defensivo – zaga e meio campo), não podem se dar a esse luxo. Mas, devemos convir que, como a diretoria novamente contratou mal, (com excessão do Cortez) o Leão se encontra até em pior situação de elenco que o Felipão (embora mais numeroso não atende às necessidades específicas do time). O Wellington que é o único volante realmente pegador, é bom apenas para dar combate direto, mas é bem burrinho e não enxerga o jogo, não sabe marcar sem a bola, o adversário sempre o ilude na movimentação sem bola, não percebe os buracos onde o adversário vai entrar, não acompanha o deslocamento do inimigo que se livra dele com facilidade, não tem nenhuma visão de cobertura antecipada, ou seja, é um jogador (sob esses importantes aspectos) medíocre. Não temos lateral direito, esse Piris é uma piada. Desde que o vi jogar no SP já percebi que é bem fraquinho e ponderei que o Jean é muito melhor do que ele. O Jean ultimamente não estava bem, estava meio “down”, mas quem não estaria, diante do que fizeram com ele? Era juntamente com o Hernanes o melhor do time (sem contar André Dias e Miranda). Mas, a imprensa burra dizia que não tínhamos meia armador – o Hernani era volante – e nem lateral direito – o Jean era volante – e os dirigentes trouxas do SP acreditaram – só que o Hernanes continua fazendo ainda mais sucesso na Europa, como excelente meia armador que é – qq. time do Brasil gostaria de tê-lo nessa função – menos o time dos cronistas esportivos, lógico, para não dar o braço a torcer). Então trouxeram essa porcaria de Piris e o Jean, sem mais nem menos, foi tirado do time, apesar de vir sendo um dos melhores. Criticavam-no porque errava muito os chutes a gol, apenas se esqueciam de que ele além de estar sempre em cima do seu marcado (ia ao ataque mas voltava com extrema rapidez e com dedicação ímpar, sempre a tempo de ainda salvar contra ataques onde seus companheiros só ficavam olhando) chegava sempre à linha de fundo, errava o chute a gol sim, mas estava sempre bem colocado para receber o lançamento na cara do gol (enquanto Dago e outros só ficavam olhando mas não corriam e o Piris jamais chega nem perto do gol). Muitas vezes acertou bons chutes e fez gols e muitas vezes, com sua movimentação e condução de bola até a área do adversário, originou gols a nosso favor. Por outro lado, entre as funções principais do lateral direito, não está a de ser um grande finalizador. Além do mais Dago ficou 4 anos chutando errado no time, Marlos quase outro tanto e Fernandinho!!!!!!! (pelo amor de Deus, o que está fazendo esse cara no time do SP?). Pq então cruficiar o Jean por não um hábil finalizador, quando joga de lateral direito???? Aí o que fez a diretoria? Manteve o medíocre e ruim Piris (nem marca nem apoia) e vendeu Jean. Se ele jogar o que jogou no SP, no Fluminense, daqui a pouco é capaz de ser convocado para a seleção. Mas, o importante para nós agora é que ficamos sem lateral direito. Descontrole absurdo, total falta de planejamento adequado, e aí resolveram suprir a falha escalando o João Filipe. É brincadeira!!! A emenda ficou muito pior do que o sonete. Alguém se lembra que estamos fora da Libertadores porque o “artista” do João Filipe fez aquele monte de burradas, deu uma afinada e saiu de campo no jogo contra o Bahia, onde estávamos ganhando até a metade do 2o. tempo, por dois gols de diferença? Foi ali que perdemos nosa última oportunidade de classificação para a Libertadores. Pois é, o Leão ficou p da vida mas sem alternativa escalou, agora, novamente o “artista”. E não deu outra, além de continuar jogando pessimamente, ainda demonstrou toda sua burrice fazendo falta grave, sem bola, no adversário, depois de o Leão ter feito a última substituição de que dispunha. Isto é muito mais do que ser burro e não vou falar o que penso para não ofender. Mas, como disse, a diretoria continua contratando muito mal e o Leão não vai, da forma como está, conseguir montar um alicerce (sistema defensivo) sólido (como fazia antigamente e como tem feito o Corinthians desde que copiou o que dava certo no SP e este copiou tudo que dava errado no Cor – as posições se inverteram – o Andrés entrando humildemente fez tudo certo – e a diretoria do SP, cheia de empáfia esqueceu o que vinha fazendo corretamente, e passou a por os pés pelas mãos). Estamos cansados de saber que num time onde existe um sistema defensivo sólido, jogadores como Edu Bala e Terto viram craques e até goleadores ( o FElipão sabe disso e está montando aos poucos, dessa forma, o time do Palmeiras). Para começar não temos zagueiros. Fico admirado como dirigentes empregam fortunas para contratar ou tentar contratar atacantes como: Adriano, Gaúcho, Ronaldão, Nilmar (ex-jogadores que jogam pouco, geralmente estão no depto. médico, não têm mais fôlego, não precisam mais ganhar dinheiro e fazem o que entendem e não obedecem a ninguém) e não enxergam que com muito menos poderiam trazer elementos de nível elevado para compor um sistema defensivo muito sólido, que desse estabilidade e segurança ao time. Poderiam trazer o lateral direito Maicon, um ou dois dos bons zagueiros da seleção e ainda um volante de primeira linha (mas todos eles em atividade e jogando bem) que ficaria mais barato do que trazer o Nilmar (mas parece que trazer zagueiros e volantes caros não dá Ibope, mas…. dá campeonatos). E, como os campeões, geralmente, têm sido os times com melhor defesa (é o caso do prpr SP-tri, e agora do Cor), que não tomam gols e, normalmente, vencem de 1×0 (não são todos que têm o Neimar) é bem provável (muito mais provável do que trazendo Nilmar, Luiz Fabiano e Jadson por fortunas) que o time chegue aos campeonatos. Mas o que fez novamente o SP? Tinha um beque muito ruim, agora tem três e vamos continuar a tomar gols de cabeça (perdemos a maioria das bolas levantadas na nossa área), a ver o inimigo chutando livre de dentro da área e chegando a todo momento livre na cara do nosso goleiro. Penso que devemos agir dentro da lógica (como fez o Cor) montando o time de acordo com aquilo que a experiência tem mostrado que dá resultado. O objetivo é ganhar jogos e ser campeão. Então vamos deixar de “frescurites”(esqueçam a conversa para acalentar bovinos dos cronistas esportivos, o “besteirol” deles é infindável – outro dia na mesa redonda da Sky, após o Cortez ter sido o melhor jogador em campo, aquele comentarista mais novinho com cara de boboca, foi criticar justamente ao Cortez, parecendo que nem tinha assistido ao jogo, de tanta besteira que falou -) e vamos ser práticos e objetivos. Ex. O SP paga uma fortuna por avantes duvidosos (esse tal de Jadson se jogar o que tem jogado, se continuar a demonstrar a mesma postura, técnica, pegada e personalidade que tem demonstrado até agora, será outro furo n’água, outro trocadorzinho de bola de meio de campo como já temos um monte. Estamos precisando, muito mais de um meia ponta de lança, raçudo, com fome de gol, de boa movimentação e colocação, que chega na bola quando ela passa pela área, que entra no “vazio”na hora certa, que “percebe” onde a bola vai cair ou passar e vai lá com rapidez e disposição, que chuta com os dois pés e cabeceia, e não daquele avante que fica esperando a bola chegar a seus pés, escondido atrás dos zagueiros, que não entra na “brecha” por onde, claramente, a bola poderá passar, que fica reclamando de tudo e de todos, paradão e carrancudo como se fosse uma “prima dona”, o dono do time. Precisamos desse ponta de lança (tipo Edmundo e até esse Sheik que o Cor trouxe) que busca o gol incessantemente, que batalha o tempo todo e que inferniza a defesa adversária, com força, confiança, pegada, vontade. Mas este tipo de jogador o SP não traz, ou seja, contrata muito mal e sempre estamos com deficiência clamorosas na equipe (embora tenhamos um elenco numeroso mas ordinário). Iam pagar uma fortuna pelo “garotinho mimado de vidro” Nilmar e ainda com um procurador, sabidamente criador de caso e não se dispuseram a invertir no zagueiro Toloi do Goiás???? E ainda por cima trouxeram outro monte de zagueiros comuns, para uma zaga que já teve Oscar e Dario Pereira e mais recentemente os excelentes André Dias e Miranda? Sim, estes dois foram os melhores depois de Oscar e Dario. Pirulito e o Breno auxiliaram, mas nunca chegaram aos pés de André e Miranda, estes os verdadeiros pilares de nossa zaga, nos bons tempos. Pelo que tenho visto do time, salientando o Luiz Fabiano (agora é capitão e pensa que é o dono do time e que todos têm de jogar em função dele – se derem essa moral para ele – que é bem burrinho e meio pancadão – tem claramente momentos de depressão e aí só faz besteiras ou não faz nada – ao contrário do Ronaldão que é bem inteligente – ele somente vai prejudicar o time dando broncas imbecis nos seus companheiros) que fica parado na área, não se coloca, não se antecipa, não entra nos vazios e só reclama, acredito que vamos ter uma ano semelhante ao de 2011, ou seja, muito ruim. O espírito de luta, com a saída do Dago e do Marlos melhorou, mas o time ainda não demonstra personalidade, força moral, não temos aqueles jogadores que jogam com a faca nos dentes, sem cometer os desatinos do João Felipe, que deve ser burro ao extremo. Assim, se não houverem grandes alterações de forma de jogar e de elenco, vamos ficar, novamente, pelo meio da tabela.

    • MuTRilo disse:

      Eu sou um pouco menos pessimista do que vc.

      Acho que quando o Fabrício entrar e os outros jogadores estiverem em forma, o time vai melhorar bastante. Dá pra ganhar a Copa do Brasil (que só tem time ruim) e já garantir a vaga na Libertadores do ano que vem.

      Mas no fim do ano, vamos precisar de um zagueiro e um lateral direito. O Piris é realmente muito fraco.

      Assim como o Felipão, a primeira coisa que o Muricy faz quando chega num time é arrumar o sistema defensivo. Convenhamos que isso é muito básico. Vamos ver se o Leão consegue.

      Vi o Osvaldo jogar no ano passado e, apesar de muita gente ter criticado sua contratação, acho que ele tem potencial p/ ajudar com sua habilidade e velocidade. O Jadson eu não conheço e pra mim é uma incógnita. Mas acredito que ele seja melhor do que Maicon e Cícero.

      Na minha opinião, o Lucas está jogando na posição errada, muito adiantado. Assim fica fácil p/ a marcação.

      Outra coisa que ninguém fala, é que os atacantes do curintia marcam a saída de bola e quando perdem, correm atrás. Bem diferente do que acontece com o São Paulo. Lucas, Luis Fabiano e cia, perdem a bola e ficam só olhando.

      • Metal disse:

        Ganhar Copa do Brasil??? Com o histórico recente que temos em mata-mata??? Unh, sinceramente, espero um ano de novas decepções. Este time continua bem meia boca. O Juvenal só que saber de jogadores de empresários “checados”, ou em final de contrato, ou que já chegam contundidos (vide o caso do tal Doglas). Perdemos o Danilo porque não quiseram cobrir a oferta do Corinthians. Perdemos o Nilmar por uma diferença de R$ 80. É a política do clube? Pode ser, mas esta política tem nos levado a cada vez mais sermos um time mediano. Perderam o respeito por nós. Triste.

    • Paulo disse:

      Concordo que temos uma defesa fraquíssima, e não temos lateral direito, mas do meio pra frente acho que o time melhorou bastante em relação ao ano passado. Mais movimentação e toque de bola, chegando mais perto do gol adversário com frequencia. O que falta: finalização e mais qualidade no passe. Precisa arriscar mais e finalizar direito. E pra mim isso é treino. Com o tempo dá pra melhorar, mas não sei se o Leão é do tipo que faz jogador treinar fundamentos, como o Tele.
      Pra levar a Copa do Brasil, acho que esse elenco briga, mas pau a pau com o resto, e vai ter que suar sangue…
      Agora, Brasileirão, sem chance!! Ou arruma essa defesa e lateral direita (e precisa de um reserva pro cortes também), ou vamos ficar do 7o ou 8o pra baixo…
      Falando um pouco de diretoria e montagem de elenco: o SPFC vive se gabando que tem receita muito alta com estadio, eventos, etc…sempre fecha no azul, mas será que esse teto salarial (dizem que é 300.000) não está limitando o nosso elenco a ser sempre um pouco inferior aos que tem investido pesado? (ex: Fluminense e Corinthians). Tudo bem que o SPFC investe na base, mas falando de camisa 10: o Juvenal penou vários meses pra trazer o Jadson, e o Corinthians se dá ao luxo de ter Alex, Danilo e Douglas…e ainda fala em Montillo. Será que o Juvenal não ve que o tempo passou? Que se não botar a mão no bolso não dá mais??

  2. Mauricio Tavares disse:

    vale lembrar que o Adilson Batista comparou o João Filipe ao Beckenbauer! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk eu não me canso de ganhar do 5PFW….

  3. Marcelo disse:

    Eu nunca vou entender como um time que fez campanhas desastrosas no ano passado pode contratar o Leão! Pergunta: É pra afundar de vez?

  4. Marcelo disse:

    OI

  5. ceska disse:

    Caro Birner,
    Segundo informa a cúpula tricolor, o SPFC ainda está em “formação”. Entra ano e sai ano, e o time sempre em “formação”…Entra técnico e sai técnico e o time sempre em “formação”. Entram “vaselinas” e saem “vaselinas”, e o time sempre em “formação”. Acho que entendi. “Em formação”, no dialeto dos dinossauros que dirigem o SPFC, quer dizer na “mesma m*”. Que tal parar a “formação”, que cheira a “enrolação”, e mudar o comando inteiro do Parque Jurássico para algo um pouco mais contemporâneo?

  6. Marcelo disse:

    Caros Amigos Tricolores… Vamos ser sinceros.Não mudou nada.Ontem,juro poe Deus,pela 1ªvez na vida tive vergonha de ser são-paulino.É desanimador ver esses jogadores mediocres com o manto sagrado tricolor.João Felipe (deveria ser mandado embora por justa causa),Rodolfo (Aonde esse rapaz joga bola??que foi o louco que disse isso a ele),Lucas (Gambazento e pipoqueiro.não jogou e não serve para jogar nem no amador mais odiado da minha cidade),Jadson (Esse que é o “grande camisa 10″??? oras bolas,Raí ou Pitta seria o que então).Essa diretoria imcopetente não aprende,até quando vamos ficar passando humilhação.Como gostaria que o Bin-Laden estivesse vivo e na hora que todos tivessem concentrados (Jogadores,Diretoria,Filhos de Diretor e a familia inteira) colocassem um avião em rta de colisão seria uma maravilha pois só assim para podermos resgatar o nosso ORGULHO TRICOLOR!!!

    • Joaquim Paulino Leite Neto disse:

      Então mude de time. Ora, nem o Barça, nem o Real Madrid, nem o Manchester, times da mesma grandeza do São paulo ganham sempre, ganham tudo. Existem fases de reformulação, fases onde dirigentes ruins assumem ( é o que acontece no momento tricolor, onde um um jurássico como o Juvenal acha que entende mais que todo mundo de futebol), mas isso não acontece apenas no mais Querido. è preciso um pouco de paciência, o Juvenal termina seu mandato em 2014, mesmo que não ganhemos nada até lá, continuaremos sendo o maior vencedor do futebol brasileiro . Tenho certeza absoluta que o Small não ganhará nenhuma Libertadores até lá, o Santos de Muricy também não ganhará mais nada pois o Boca está de volta, O Inter do Dagol e do Oscar é time de amarelões , nunca mais ganharão nada depois do episódio mazembe. E vc deve estar louco ao criticar o excelente Lucas, nossa maior jóia depois do mito. Também Jadson é o que existe de possível, não existem mais Raís e Pitas. O elenco é de bom nível, falta dar liga. isso compete ao leão. Se ele não for capaz, troca-se. Paulo Autuori seria a minha recomendação.

    • Metal disse:

      Apoiado Marcelo, assino em baixo. Nada mudou: a postura de inferioridade em relação ao Corinthians ficou mais uma vez evidente. Time como o SPFC tem que se impor, ser respeitado, temido. Quem hoje nos teme??? Talvez a Catanduvense, talvez nem ela mais…

  7. Zé Aurélio disse:

    Perder a cabeça para o pigmeu carioca marrentinho…..só podia ser coisa do descabeçado do João Felipe mesmo. Sabe quando você sente que o cara vai fazer “m” e depois constata profeticamente?
    Aliás, dois pleonasmos a serem corrigidos:
    carioca=marrento
    João Felipe=descabeçado

  8. Adriano SPFC disse:

    São paulino é um torcedor a ser estudado! Só reclama e reclama, não ver que a derrota de ontem foi normal e merecido. O Florinthians ta mais entrosado que o SPFC, teve desfalques mais nada que atrapalhe uma equipe que já ta montada a muito tempo, o SPFC tava sem lateral e sem seu xerife, ta sendo montado e precisa do apoio da sua torcida, agora é hora de apoiar tamos muitos anos sem ganhar titulos e quero ver meu SOBERANO na velha e boa LIBERTADORES de volta é nosso campeonato a paixão dos são paulinos, acredite nesse time torcedor!

  9. coitada a galinhada pensa q é superoir q nda sao ficaram 14 jogos sem ganhar do triclor.
    dao sorte mta sorte o juiz cmo sempre se da um penalti, logico q havera uma expulsao. e no morumbi as galinhas sem teto tem q fica perto do fosso nao lá em cima
    pq se dao ingressos p nos, iriamos lotar aquele pacamemlixo!! proximo jogo do paulistinha c a galinhda tem q seu em baruerí lá eles viram oq é bom
    e viva o tolima!!!!

    • Osvaldo São Jorge disse:

      TÁ CERTO…. FREGUES SEMPRE TEM RAZÃO, HE HE HE HE HE …

    • Quinta Feira Eu Vou no Morumbi
      Só Para VAIAR o Jadson………seu filha da #$%@

    • Mario Alves disse:

      Eu concordo com as torcedoras do small club. É muito vergonhoso perder para um timeco caseiro sem tradição internacional. Pra quem já venceu Barcelona, Milan e Liverpool, é o fim.

      Mas é assim mesmo. O Curintia é o Tolima do SPFC! Que vexame perder pra esse timeco!

  10. Neme do Prainha disse:

    Birner, vou discordar de seu comentario.
    O Timão jogou mal !
    Teve varias oportunidades de marcar e demonstrou incapacidade tecnica de ampliar o marcador.
    Mostrou fragilidade na defesa, principalmente o goleiro.
    Quando fez um 1 x 0 voltou a tocar a bola sem objtividade.
    Os Bambis quase impataram com “homem” a menos!
    Assim vai ser sofrimento até o final do ano.

    • FAbio disse:

      concordo com vc! sou São Paulino, mas vc tem razão, as vitorias escondem muitos erros

      • kellao45 disse:

        Não e a Vitoria, E a Emprensa eles viram outro jogo, que manipula o Torcedor,que passa a acreditar que seu time e bom.

      • angelo disse:

        De ontem para hoje ouvi e li comentários de jornalistas tidos como formadores de opinião falarem e escreverem que o Corinthians foi muito superior ao São Paulo, que o Corinthians está pronto e o São Paulo ainda precisa muito para melhorar. Eu estranho muito esses comentaristas (será jabá?) pois ou eu não entendo nada de futebol (o que é bem possivel) ou os conceitos já não são os mesmos. Falar que o Corinthians foi ontem muito superior que o São Paulo é o mesmo que falar que o Comercial de Ribeirão Preto foi muito superior que o são Paulo, pois os dois jogos foram iguais ou no minimo muito parecidos, o Corinthians nada mais foi do que um time retranqueiro, jogou o tempo todo atrás a espera de um contra-ataque (tarefa facilitada pela fragilidade do lateral direito do sp) é certo então falar que na sua proposta de jogar (em casa) na retranca o Corinthians foi muito eficiente. Mas, esperar que um time como o Corinthians tido com “pronto” seja considerado superior jogando assim…. é muito preocupante para quem quer ganhar uma Libertadores. Portanto, eu acredito muito mais no crescimento do São Paulo ao longo desta temporada do que neste time “pronto” do Corinthias. E atenção, comentaristas do coração, comentem com mais razão voces podem cair em ridiculo.

  11. Denilson disse:

    Teria Milton Cruz, virado empresário de jogador? Não é possível que tenha indicado João Felipe, Paulo Miranda, Osvaldo, entre tantas outras porcarias,
    coitado do Luiz Fabiano, aonde ele foi amarrar o jegue dele…..que time ridículo.
    Willian José é pior que o André Lima, e o nosso saudoso e glorioso Chicão deve estar sacudindo o túmulo vendo o Casemiro e o Denilson jogando…..o JJ vai acabar como o Dualib, os títulos serão esquecidos, tamanha a incompetência dos últimos anos.

  12. CAI O PAULO disse:

    Tem razão Birner ! Porém o novo status do tricolor é “Hospital São Paulo” (quantos atletas bichados, inclusive antes de serem contratados, afffffff)

  13. Cleyton disse:

    Apesar da televisão do Birner ter passado outro jogo, o Corinthians foi melhor, está melhor e é melhor que o São Paulo, o Leão sabe disso e tentou um choque, surtiu efeito, o São Paulo se tornou melhor e não ficou tão exposto mesmo com o cabeça de bagre, quer dizer Blackembauer do Morumbi fazendo a asneira que fez. O Corinthians é mais time e mais elenco que o SPFC, não esquecendo que o melhor em campo foi o Júlio Cesar com pelo menos dois milagres, e tendo o SP perdido ainda um penalti… Como diria um blogueiro conhecido, até uma criança sabe o post é mais um desabafo do que um comentário sobre futebol.

  14. Osvaldo São Jorge disse:

    INCRIVEL, MAS INCRÍVEL MESMO, O QUE JORGE HENRIQUE FEZ COM JOÃO FELIPE. HÁ TEMPOS NÃO VIA CENAS QUE BEIRAVAM A PURA COMICIDADE. ACHO QUE SÓ GARRINCHA CONTRA O BECÃO RUSSO EM 62.

  15. Elias disse:

    CPF na nota ????

    • Paulo disse:

      Não, obrigado. Na quarta-feira começa a nova temporada do Chaves, só que na Globo…a piada é sempre a mesma, mas mesmo assim vc sempre dá risada. É a mesma coisa do Corinthians na Libertadores…time sem passaporte, medíocre, sem história…

  16. RICS67_SP disse:

    Pelo histórico recente desse confronto, o Tricolor já entra em campo derrotado.

    Nossos jogadores, que deveriam entrar em campo com gana, determinação, atitude positiva e vontade de vencer, entraram nervosos, inseguros e inferiorizados psicologicamente…

    Por isso, o Jorge Henrique, que é esperto, soube tirar proveito de sua catimba e eliminou de campo o inexpressivo e fraquissimo João Felipe. O coitado não serve nem pra ser zagueiro, que é sua “posição” de origem, imagine para ser lateral?????

    Faltou equilibrio emocional e personalidade a maioria dos nossos atletas.

    Inacreditável que um time como o SPFC não tenha um substituto para o fraquissimo Piris.

    Pra finalziar, o Leão não está conseguindo montar um time competitivo, isso ficou provado ontem, diante de um time bem montado e postado em campo, que se tivesse se esforçado um pouco mais, teria goleado nos novamente.

    Leão também mexeu mal tirando o único homem de área que tinhamos. Fernandinho não serve para ser atleta do tricolor, parece um boi bravo indo pro abate.

    Ganhar de Botafogo de Ribeirão Preto e outros do mesmo nível foi fácil, quero ver os clássicos…

  17. Antonio Lima - DF disse:

    Caro Birner, é um exagero você dizer que Tite se houve bem e Leão mal. Se o meia sãopaulino tivesse transformado a cobrança de pênalte em gol, com certeza você não estaria dizendo que Leão teve má atuação. Você não acha que grande parte de vocês, da imprensa, supervaloriza a importância dos técnicos? Honestamente, eu fico revoltado com o oportunismo de vocês, da mídia. É vergonhoso.

    • Vitor Birner disse:

      vergonhoso é vc dizer que eu faria algo que não faço no meu trabalho. basta ler os posts antigos de jogos. Eu teria escrito que o Corinthians foi muito superior e creditaria o empate a um lance de ataque do São Paulo com todos os defeitos que citei aí.
      basta ver os textos antigos.
      Não sou analista de resultados.

  18. fabio disse:

    ah culpa de tudo isso q ta acontecendo com o sao paulo
    é culpa do nosso querido presidente juvenal fala de mais
    pelo jeito vamos passar mais um ano sem ganhar nada. é o fim!!!

  19. Sandro Veiga Moreira disse:

    Birner não está na hora de colocar o Luis Eduardo para jogar com o Rhodolfo, Paulo Miranda e Jõao Felipe não dá e na minha opinião era jogo pro Denilson e o Wellington jogar junto com o Jadson e o Maicon, o unico que se salvou ontem foi o Cortez e o denis o resto foi sofrivel.

  20. CAIO FC disse:

    BIRNER na verdade dura e cruel hoje o sao paulo e um time de varzea. sera que e dificil enxergar isso. TIME SOFRIVEL.

    • Vitor Birner disse:

      Caio tem possibilidade de formar uma boa equipe dentro dos padrões atuais do futebol. Claro que não será um grande time. Ninguém no Brasil é este grande time.

      abraço!

  21. CAIO FC disse:

    TENHO SERIAS DUVIDAS SE ESSE TAL DE LEAO SABE ALGUMA COISA DE FUTEBOL.

  22. FAbio disse:

    Se o jadson tivesse feito o Gol de penalty, nao mudariam em nada o fato do SPFC ter jogado tão mal! teremos que ter paciencia.

  23. chororô disse:

    vc’s têm toda razao!!

  24. Felipe disse:

    Já achei o Rica Perrone um mala de um corneteiro (além de pagapau do Flamengo)…
    Dou a mão a palmatória, ele tinha a razão. O São Paulo, há muito tempo, não é tudo isso que a diretoria fala, boa parte da imprensa repete e a torcida acredita.
    Acho que a postagem dele (http://www.ricaperrone.com.br/2012/02/so-motiva-nao-desmonta/) complementa bem o que disse o Birner sobre o jogo.
    A verdade é uma só: o São Paulo está ficando para trás, e não se vê indício de que as coisas vão melhorar.

  25. Carlos disse:

    Caro Birner!

    Vc ñ gostar do Leão é uma coisa, agora isso é ridiculo, é muita análise passional da sua parte.

    É evidente que o SCCP levou grande vantagem na parte coletiva, fruto, como vc mesmo disse, do entrosamento. Afinal esse time tá junto já há um bom tempo.

    Dizer que o SCCP dominou com sobras o 1º tempo é brincadeira…

  26. Paschoal disse:

    Time do improviso.

    Birner, já não é hora de voltar a ter planejamento e deixar de ser o time do improviso ? João Felipe já é fraco na zaga, como improvisa-lo na lateral ? Não adianta contratar atacante, meias e volantes e esquecer de contratar para as posições corretas…Do jeito que ta anos que vem manda um monte de meia embora e contrata 200 zagueiros e cinquenta laterais, e voltamos a ficar sem atacantes… Planejamento é a formula correta, sem desespero, mas precisa contratar os jogadores antes de iniciar a temporada, contratar em agosto não adinata muito né ?

    Chega de Improvisar….

  27. Wellington disse:

    Se tiver calma e foco, o SPFC vai aprender com a derrota e crescer. Não se deve fazer tempestade em copo d’água.
    Mas muito chato pro coronel JJJ que o Danilo tenha deitado e rolado mais uma vez num jogo contra o SPFC. Relembro que o coronel Juvenal desprezou o meia quando este foi negociado com o Kashima Antlers dizendo que o rapaz não se adaptaria fora do país. Depois de três temporadas recheadas de títulos no futebol japonês, o Danilo voltou ao Brasil para jogar num rival do SPFC. Por que o SPFC não repatriou Danilo? E o rapaz sempre joga um bolão contra o Tricolor.

  28. Leonardo Borelli disse:

    Acredito que o São Paulo contratou bem. Talvez devesse ter ficado com o Jean como opção para a lateral direita.
    No jogo de Domingo, entendo que o Leão errou de maneira infantil e inaceitável para um cara com a ‘rodagem’ que ele possui. Não poderia deixar o time com o lado direito tão vulnerável, principalmente na volta do intervalo. E ainda fez 3 substituições sem sacar nenhum atleta que já estava amarelado.
    Lembro que o Carpegiani foi mandado embora (eu o teria mantido) após errar (também) de maneira infantil, contra o Corinthians, no ano passado, após a goleada de 5 x 0. Nem vou entrar no mérito de comparar o time que entrou em campo neste Domingo com aquele…
    Entendo perder para um time que está em um momento bem melhor (o São Paulo ainda está em formação). Duro é perder da maneira como foi…

  29. Ronaldo disse:

    Birner, Tudo bom?
    Eu gostaria de perguntar o porquê de muitos treinadores preferirem escalar Zagueiros como laterais ao invés de volantes?
    Pela minha lógica de playstation eu prefiro escalar um volante (bom marcador //quase meia) como lateral do que um zagueiro…
    Para você qual é a lógica ideal para a posição de lateral caso vc não possua a peça da posição?
    Obrigado!!!

  30. Renan disse:

    Escalar o Casemiro como titular nas últimas partidas foi o principal erro de Emerson Leão.

    Ele deveria ter saído desse clube há muito tempo, jogador limitadíssimo.

  31. SPFC disse:

    A ATITUDE “SOBERANA” E SUAS CONSEQUÊNCIAS…:

    JUVENAL JUVÊNCIO NÃO OCUPA A PRESIDÊNCIA DO SÃO PAULO DE FORMA LEGÍTIMA – CORRE NA JUSTIÇA UMA AÇÃO PARA IMPUGNAR AS ÚLTIMAS ELEIÇÕES DO CLUBE, QUE FORAM ILEGÍTIMAS POIS JJ E SUA TURMA ALTERARAM O ESTATUTO.

    NOA ANOS 80 JUVENAL JUVENCIO JÁ HAVIA TENTADO DAR UM “GOLPE DE ESTADO” SEMELHANTE, NAQUELA ÉPOCA, O SPFC AINDA POSSUIA UMA DIRETORIA DE FIBRA E HONESTA, O GRUPO DE JJ FOI LIQUIDADO POR ANTONIO LEME NUNES GALVAO QUE ELEGEU O DR JOSE EDUARDO MESQUITA PIMENTA – O MAIS VITORIOSO PRESIDENTE DA HISTÓRIA DO TRICOLOR.

    CURIOSAMENTE, JUVENAL JUVENCIO É O PRIMEIRO PRESIDENTE DO SPFC QUE SE ENVOLVE PESSOALMENTE EM TODAS AS CONTRATAÇÕES DO CLUBE.

    CURIOSAMENTE, O EX DELEGADO DE POLICIA E EX- ADVOGADO DE PORTA DE CADEIA ENRIQUECEU DE FORMA PROGRESSIVA NOS ANOS EM QUE ESTA À FREENTE DESTAS DECISÕES, HOJE É FAZENDEIRO, CRIADOR DE CAVALOS DE RAÇA E MUITO AMIGO DE EMPRESÁRIOS DE FUTEBOL COM JUAN FIGGER E OUTROS, BOM PARA JJ – MAS SERÁ QUE FOI BOM PARA O SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE ?

    MUITOS AQUI – QUE NÃO SÃO ASSOCIADOS DO CLUBE E NÃO CONHECEM SEUS BASTIDORES – ACHAM QUE JUVENAL JUVÊNCIO É UMA ESPÉCIE DE CRUZADO CONTRA O IMPÉRIO DO MAL DA CBF E FPF – NÃO É BEM ASSIM.

    SE JUVENAL JUVÊNCIO FOSSE DIFERENTE NÃO TERIA SUA FILHA TRABALHANDO EM UM ALTO CARGO NO HABIBS POR VÁRIOS ANOS, COM POUCO HÁ FAZER E ALTÍSSIMA REMUNERAÇÃO – JJ ESTÁ MAIS PARA “SARNEY DO FUTEBOL” DO QUE MUITOS OUTROS DIRIGENTES.

    NÃO ESTOU AQUI DEFENDENDO RICARDO TEIXEIRA, MARCO POLO DEL NERO, FÁBIO KOFF, CLUBE DOS TREZE, OU SEJA, TODOS – SEM EXCEÇÃO – ESTÃO USURPANDO NÓS TORCEDORES E LESANDO SUAS ENTIDADES OU CLUBES, EM PROL, EXCLUSIVAMENTE, DE SEUS INTERESSES PESSOAIS.

    JUVENAL JUVÊNCIO NÃO É DIFERENTE DOS DEMAIS – TALVEZ SEJA ATÉ O MAIS HABILIDOSO ENTRE TODOS OS ACIMA CITADOS, POIS ELE CONSEGUIU ELIMINAR A OPOSIÇÃO NO SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE – CRIOU UMA ESTRUTURA DE PODER QUE LEMBRA O ANTIGO CORINTHIANS, O PALMEIRAS, ENFIM – ACABOU COM NOSSO DIFERENCIAL.

    E INVENTOU ESTA BALELA DO “SOBERANO” – ESTE MARKETING ANTIPÁTICO QUE ISOLOU O SPFC DOS DEMAIS.

    AFASTOU OS DEMAIS CLUBES GRANDES DE SÃO PAULO DE FORMA PRÁTICAMENTE IRREVERSÍVEL.

    EU SOU SÃO PAULINO E, NA MINHA OPINIÃO, JUVENAL JUVÊNCIO ESTÁ PREJUDICANDO NOSSO CLUBE FAZ TEMPO – E, QUANDO ALGUÉM CONSEGUIR TER ACESSO A “CAIXA PRETA” DO CLUBE O DANO JÁ TERÁ SIDO IRREPARÁVEL.

    CONTRATAÇÕES ESTRANHAS E POLÍTICA EQUIVOCADA.

    ESPERO QUE DAQUI HÁ ALGUNS ANOS, OS ASSOCIADOS E TORCEDORES SE LEMBREM DOS POUQUÍSSIMOS CONSELHEIROS QUE VOTARAM EM LAPOLLA PARA PRESIDENTE CONTRA JJ – ELES SIM, FORAM GRANDES SÃO PAULINOS.

  32. Roberto disse:

    Para mudaram pouco o tom dos comentários. Como me irrita ver alguns (muitos) “sãopaulinos” criticando o:
    Lucas pipoka
    Luís Fabiano
    Até o Rogério….
    Essa parcela podre da torcida que só vai no jogo quando o time esta ganhando ou em finais é o maior problema. Muito pior q a turma do amendoim lá do porco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>