28 nov

Tragédia no Itaquerão e fora dele

Birnadas

De Vitor Birner

De novo houve gente transformando tragédia em questão de rivalidade clubística.

Ao ler as mensagens nas redes sociais, fiquei com a impressão que algumas pessoas estavam felizes por causa da morte dos operários, um deles pai de três filhos, porque aconteceu no estádio do time adversário.

Também teve quem se preocupou, acima de qualquer coisa, em defender o Corinthians, que nem pode ser acusado ou absolvido sem informações realistas sobre a causa do acidente, como se a vida daquelas pessoas fosse descartável.

Outros mostraram maior interesse em definir o dia do reinício da construção do Itaquerão do que com a destruição de uma família.

Parte dos cartolas interessados rapidamente garantiu o fim da obra antes da Copa do Mundo.

Essas reações são muito tristes.

Toda vida é extremamente importante.

Elas têm o mesmo valor.

Qualquer sociedade que pretende ser construtiva precisa entender isso.

É muito contraditório o indivíduo achar a própria vida muito especial, importante, e vibrar com uma desgraça como a do desabamento na Arena de Itaquera.

124 respostas a Tragédia no Itaquerão e fora dele

  1. LC disse:

    A insensibilidade é sintoma do profundo egoismo e narcisismo de boa parte da sociedade.
    Nessa “doença” o outro nada vale.
    Começando pelos responsáveis pelas obras, que apressaram-se em tentar culpar as vítimas por sua própria desgraça.

  2. renato tricolor disse:

    Tragédia mesmo vai ser a conta que toda população vai pagar por esse engôdo chamado “Copa do Mundo”. Peão trabalhador morre todo dia no país (infelizmente), seja pela insalubridade e riscos da profisssão, seja pela falta de segurança (mas já melhorou muito). Enquanto isso, um monte de idiota fica comemorando essa porcaria de “Copa”, se esquecendo dos bilhões que estão sendo desviados com superfaturamento, sem contar as “promessas” de Lula/PT/Governos Eataduais (de TODOS os partidos) em melhorias de infraestrutura do país, puro conto do vigário. Se o estádio do SCCP fosse construído em outra época e só com dinheiro do clube, custaria a metade do valor e não correria o risco de virar outro “Engenhão”. Foi só por isso que não quiseram um Morumbi reformado e a futura Arena Palestra, pois não iriam ter como roubar via superfaturamento

  3. julio guimaraes disse:

    Oque aconteceu foi uma fatalidade que pode ocorrer em qualquer grande obra
    Para povão que precisa de saúde, moradia, educação transporte etc.etc., , encara estes acontecimentos com castigo, pois esse estádio esta sendo construído com o dinheiro do povo em detrimento de suas necessidades.
    Estes políticos tem que parar urgentemente com a falta de respeito ao povo, votando contra esse tipo de falcatrua que deixa um monte de vagabundos milionários.

  4. ricardo disse:

    Concordo com tudo… primeiro lugar a vida. Mas o pior mesmo vem das autoridades que não apenas não se preocupam com os que morreram como não se preocupam com os que estão lá, afinal lá tudo continua como sempre, aberto a visitas, gente trabalhando, mexendo nos escombros para fazer sabe-se la o que. Essas pessoas não tem respeito a vida e aqui clubístico ou não, incluo o CABRA SEM VERGONHA Andres Sanchez (como definido pelo irmaõ de uma das vítimas). Ainda nao acho homenagem nenhuma usar o nome dos mesmos nas camisas, acho oportunismo!

  5. O país anda muito estranho. Vivemos um tempo de segregação política, social, insegurança onde você não sabe mais quem é o mocinho e quem é o bandidão, financeira, …. , e agora clubística. O simples fato de exercer o livre arbítrio o coloca em rota de colisão com “inimigos” que nem sabem de sua existência. Estranho isso não, um inimigo que não te conhece!!!!!! Pois é, agora até os acidentes passaram a ser qualificados: um acidente nas obras do estádio do Corinthians, é uma responsabilidade do Corinthians, não da empresa contratada para a execução da obra, ou de falhas de equipamentos, ou de falhas de operacionalização por pessoas, e, assim em diante …. . O que deveria ser um momento de descontração e lazer a ser compartilhado com os amigos nos estádios e depois em algum “buteco” para comemorar, se transformou em um exílio, voluntário, doméstico, em frente da TV, competindo com a cara feia da sogra que quer assistir variedades ou enchimento de linguiça. Caiu a ponte Rio-Niteroi e os demais estados não tripudiaram os cariocas nem o povo do rio. Seria porque naquela época eles,os cariocas, ainda, não poderiam ser inimigos de ninguém??? A CBF é uma entidade privada, …… atenção a isso !!!!! Outras siglas também estão se fortalecendo, exageradamente, e ninguém fala nada, …..

  6. João Sardinha disse:

    Isso é o retrato fiel pela qual passa a sociedade brasileira. Descalabro nos governos, corrupção atingindo níveis absurdos, leis burocratizadas, impunidade e a família corrompida pelas drogas, prostituição e valores morais no mínimo discutíveis, ou seja, estamos ferrados e não sabemos aonde vamos parar.

  7. marcos disse:

    ESSE TAL DE LUQUETI DEVE TER ALGUM PROBLEMA MUITO SÉRIO , É UM LIXO DE DE GENTE , SE É QUE ESSE INDIVÍDUO PODE SER CONSIDERADO (GENTE) A VIDA DESSE IDIOTA DEVE SER REFLEXO DO SEU COMENTÁRIO , UMA VERDADEIRA PRIVADAIMUNDA.

  8. CEZAR disse:

    INFELIZMENTE FOI EXATAMENTE O QUE HOUVE, MUITA RIVALIDADE E CORINTIANOS PREOCUPADOS COM A RECONSTRUÇÃO E ANTIS CRITICANDO ESTA OBRA, MAS VALE LEMBRAR QUE UMA VIDA PERDIDA NÃO TEM BANDEIRA, SOU PALMEIRENSE E FICO TRISTE COM AS PERDAS ESPERO QUE AMPAREM OS FAMILIARES NESTA HORA.

  9. Rocker disse:

    O nome disso é Carma.

    Tudo o que o corintiano ou o corintians sofre é apenas “retorno”.

    Se fosse no Morumbi, no palestra Itália (Allianz Arena) ou qualquer outro estádio, os “espiritos de porco” (ou será ‘de gaivota’?) da torcida dos “loucos” e inclusive seus “cartolas” e EX-CARTOLAS (Sanchez, Rosenberg) estariam fazendo piadas de mau gosto. Se não no dia/semana da ocorrência, tempos depois. E continuariam fazendo a vida toda.

    Então, pode se lamentar á vontade se quiser. A realidade é essa.

  10. Daniel C H disse:

    Birner, concordo com quase tudo. Quando voce escreveu “Parte dos cartolas interessados rapidamente garantiu o fim da obra antes da Copa do Mundo.”, nao sitou ninguem da imprensa. Muitas destas declaraçoes foram dadas diante de perguntas de jornalistas. O proprio portal no qual acesso o seu site, tem como manchete principal na pagina de esportes neste momento, noticia a respeito do prazo das obras, e as manchetes secundarias tratam da duvida do local da abertura da copa. A maioria da imprensa esportiva é sensacionalista e nao tem responsabilidade nenhuma.

  11. Daniel C H disse:

    * citou

  12. Victor Almeida disse:

    Bixarada, Porcada e Sardinhas secaram tanto o nosso estadio que até cai o guindaste. Mais não se animem não, em breve ele estará pronto para a abertura da copa e será o melhor esatdio da america do sul.
    Bixarad vcs com o Natelazão fiquem espertos com aqueles amortecedores calçando o elefante branco que qualquer hora pode ruir e ai adeus Natelzão!

  13. Rodrigo josé disse:

    O PROBLEMA É A FORMA COMO ESSA OBRA FOI REALIZADA!!!!!!! SE O CURICA TIVESSE CONSTRUINDO SEU ESTÁDIO COM RECURSOS PRÓPRIOS OU COM AJUDA DE PARCEIROS NÃO GERARIA TANTA REVOLTA ASSIM!!!!!!!! POIS A POPULAÇÃO DE SP AINDA NÃO ENGOLIU ESSA PALHAÇADA COM DINHEIRO PÚBLICO!!!!!! FOI A MAIOR VERGONHA DESSE ESTADO/SP!!! ESSE ESTÁDIO FICARÁ MARCADO PARA SEMPRE DE UMA FORMA NEGATIVA!!!!! SEMPRE HAVERÁ PIADAS E COMENTÁRIOS NEGATIVOS CONTRA O ESTÁDIO!!!!!!!! ISSO OS CURICAS NÃO PODEM MUDAR!!!!! LAMENTÁVEL!!!!

  14. MARCOS disse:

    OS ANTIS NO FUNDO FICARAM COMEMORANDO A DESGRAÇA ALHEIA, JÁ QUE TITULOS VCS NÃO CONSEGUEM GANHAR O NEGOCIO É COMEMORAR A DESGRAÇA DO MAIOR RIVAL DE VCS. NO DIA QUE ESSES CLUBECOS FALIDOS DE SP VOLTAREM A GANHAR MUNDIAL DA FIFA, LIBERTADORES, RECOPA ETC AI COM CERTEZA NÃO TERÃO TEMPO PARA SE SATISFAZEREM COM TÃO POUCO.

  15. rafael disse:

    Caro Birner. Por que ninguem da midia coloca em cheque este “acidente”. Está claro que a entrega do Itaquerão não iria ocorrer em 31/12/13. Andres “causou” este acidente para justificar um possível atraso se tornando vitima e com a midia o tratando como coitado. Só não esperava que poderia ocorrer 2 vítimas fatais. Com o “acidente”, além de ganhar mais tempo, a midia vai colocar o itaquerão como evidencia, facilitando a liberação do dinheiro do BNDES. E os brasileiros sendo tratados como trouxas e os espertos se fazendo de coitados. Como sempre.

  16. mader disse:

    vou te contar uma novidade .
    quem mais vive as custas da tragédia humana.
    quem mais quer ver sangue derramado.
    mude de profissão se você é diferente

  17. Renato Jacober disse:

    De fato é muito triste tudo isso Birner,
    Mas não me surpreende. Já vi gente comentando dentro de uma igreja estar feliz porque o caixa deu troco a mais para ele.
    São essas situações entre outras que vemos diariamente no noticiário que mostra a nossa decadência como seres humanos e sociedade.
    Abs!

  18. kafepaulo disse:

    Birner,

    Lamentáveis todas as manifestações do contra ou a favor desse acidente terrivel, que pos o fim da vida de 2 trabalhadores, só que como vc disse, não só em redes sociais, más na própria midia, especialmente neste endereço daqui, que não poupa, NINGUÉM.

    Que tal, ilustrar esse seu comentário, a reportagem com o irmão do acidentado, que morava no nordeste, né não?
    http://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2013/11/29/irmao-de-operario-morto-critica-corinthians-e-andres-cabra-sem-vergonha.htm
    Agora o Andrés Sanches que é o culpado do motorista e montador de estarem em locais inapropriados, para descansarem…hipocrisia pura, essas coisas.
    Acidentes acontecem, e precisamos tomar cuidado, más colocar a fatalidade de ter gente no local, aonde poderiam acontecer isso, e chamar o Andrés de “cabra safado” pela declaração dele, de que não poderia estar ali, É DEMAIS DA CONTA, NÉ NÃO?

  19. Guilherme disse:

    Politicamente corretos de plantão mode on…. quando caiu o Palestra ano passado todo mundo fez piada e zuou o Palmeiras e ninguém veio com mimimi politicamente correto…. acidentes assim são normais em obras de grande porte como essa… em geral não sai na mídia quando um pedreiro morre em uma obra de um prédio comercial em SP mas como se trata do Itaquerão, estádio dado pelo governo federal via meios “estranhos” e burlando todos os processos legais para construção, para um clube particular apenas para gerar votos em eleição agora em 2014 claro que vai gerar piadas e indignação de muita gente…. não vi piada nenhuma com a morte do operário e sim com o Corinthians e suas atitudes absurdas perante ao acidente, da incompetência por estarem lá segurando a viga por mais tempo do que o necessário para ser colocada na hora do almoço e aparecer ao vivo no Globo Esporte, agredir jornalista no local e apagar as fotos captadas do acidente, falar que o operário estava dormindo no lugar errado, etc… O Governo e o Corinthians podem fazer piada com a cara de milhões de brasileiros que morrem nas filas dos hospitais sem investimentos pois a prioridade é o estádio deles e agora o brasileiro não pode fazer piada com o o Corinthians pelo atraso nas obras?OU não podemos falar para levar os acidentados para a casa do Ronaldo que disse que Copa não se faz com Hospitais ?? As piadas são a resposta irônica da população ao descaso das autoridades com o pais… Azar do Corinthians que ficara marcado para sempre como o clube que ganhou um estádio de maneira irregular…. pq os políticos serão esquecidos mas o clube e o estádio não… O resto é mimimi do politicamente correto…

  20. Fernando disse:

    Você tem razão, a preocupação não deveria ser quando irão recomeçar as obras no galinheiro, mas sim o amparo as famílias dos envolvidos e apurar as responsabilidades.

  21. Hermógenes disse:

    Uma vez, acho que no ano passado ou retrasado, o Juca Kfouri, lamentando mais uma tragédia envolvendo torcidas do futebol paulista, lembrou que bons eram os tempos em que os torcedores de São Paulo torciam menos por seus clubes e mais pelo sucesso do seu estado. Veja que ele não defendia o bairrismo, e nem eu, mas, realmente, está ficando impossível o ódio que tem aflorado cada vez mais entre os torcedores. Lembro de em 1976, sendo são-paulino, torcer para o Corinthians contra o Fluminense, no Rio, e depois contra o Internacional, no Beira-Rio. Torci pelo Palmeiras, em 1979, quando goleou o Flamengo e foi para a final. Enfim, era uma época em que eu torcia pelo e por São Paulo. Hoje as coisas mudaram bastante e o que vemos é uma juventude expressar seu ódio e frustração através do futebol. Depois dizem que a humanidade evolui. Fico a me perguntar para onde.

  22. Joao tri mundial disse:

    Birner pena que nao tava lotado la num jogo de serie B que eles conhecem bem kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  23. carlos disse:

    Além dos que poem as rivalidades clubísticas em primeiro lugar devemos citar também os que usam a situação e a família para instigar essa rivalidade e obter espaço e evidência na mídia. Inclua o sr Jones Rossi com sua reportagem se aproveitando da humildade da família de uma das vitimas.

  24. Alisson disse:

    Birner, tudo correto o que você comentou. Não podemos no esquecer, no entanto, que acidentes acontecem. Pessoas morrem. Todos os dias, no mundo todo em milhares de obras e empreendimentos acontece esse tipo de coisa. Não deveria acontecer, mas acontece. Por mais que se use toda a proteção, que se siga todas as normas conhecidas de segurança. O ser humano não é infalível. Há que se lamentar, lógico, e prestar o atendimento e respeito às vítimas e seus familiares. Por outro lado, o mundo não pode parar por causa disso. Tenho a impressão que o manual do “politicamente correto” que se segue hoje em dia, proíbe as empresas, as pessoas de seguirem suas vidas, quando uma tragédia como essa acontece. Você por acaso está fazendo luto, vigília ou sei lá o que por causa das vítimas das Filipinas? Creio que não. A Copa do mundo vai acontecer e não há o que mudar isso. A vida continua. Esse negócio de tirar sarro porque morreram dois no estádio do Corinthians é puro humor negro, talvez inapropriado, mas perdoável. Deve ser tratado como tal e pronto. Ninguém que faz esse tipo de piada está realmente desejando a morte de outra pessoa. Deixe um pouco de lado o manual do “politicamente correto”. O Brasil e o mundo eram mais legais quando as coisas eram mais soltas e as regras menos rígidas. Nós éramos menos robôs, trabalhávamos menos e convivíamos mais com a nossa família. Não tínhamos celulares e nem telefone em casa. Muito menos computadores, tablets e toda essa parafernália. Os filhos viajavam soltos no banco de trás, sacudindo pra lá e pra cá. Sobrevivemos e temos histórias para contar. Será que nossos filhos terão?

  25. Verdade na minha página no facebook comentei sobre isso tmb, sou palmeirense e lamento muito as mortes dos operários, tenho certeza que rivalidade nenhuma vale mais q uma vida.
    Abaixo o texto do meu face!!

    Como pode existir tanta gente burra, ignorante, fanática e sem coração, já estou vendo nas redes sociais um monte de desocupado feliz da vida como se fosse um gol do próprio time, o acidente no estádio do Corinthians, e dizendo besteiras do tipo 2 corintianos a menos… Vamos aos fatos, 1° quem disse q eram corintianos os mortos? E mesmo q fossem, eram trabalhadores, pais de família, q tinham mães, esposas, filhos q dependiam do trabalho deles e q esperavam o retorno dos mesmos no fim do dia e que não vão voltar. 2° Rivalidade nenhuma no mundo pode ser maior que o valor de uma vida, sou palmeirense não gosto do “clube” corinthians, mas jamais poderia ficar feliz com a morte de um trabalhador, sendo ele corintiano, são paulino, flamenguista ou qualquer clube que fosse… Tenha dó, essas pessoas pobres de espírito poderiam guardar a idiotice delas e não tentar contaminar o mundo, só acho!!!

  26. Antonio Fernandes disse:

    Birner. O que tem de cabeça de bagre e cabeça ruim se metendo a escrever. Escrever, aliás, é força de expressão. O que eles fazem é agredir a nossa língua portuguesa. Dá medo, topar com uns caras desses frente a frente. Faltam-lhe sensibilidade, humanidade, solidariedade, compreensão e por aí afora. Seu artigo é muito oportuno. Parabéns!

  27. Valdemir disse:

    Está errado esse nome “itaquerão” que foi dado pelo UOL e Folha assim que o estádio foi anunciado como da abertura da copa, ou seja, foi “criado” pelo UOL e Folha e popularizado por seus leitores. Veículos de comunicação sérios como Rede Globo, Grupo bandeirantes, Grupo Lance e outros falam corretamente: ARENA CORINTHIANS, pois sabe que esse apelido pode influenciar na venda do naming rights. Não tem nada a ver com preconceitos contra a população de Itaquera, muito pelo contrário, Itaquera é onde têm mais corintianos, mas sim visa atender uma solicitação do clube e de respeito com o desenvolvimento do esporte, pois atrai investimentos até estrangeiros para o esporte. UOL não enxerga que prejudicando o Corinthians por clubismo de seus redatores está prejudicando também o fomento do esporte, do qual eles também se beneficiam. Lamentável a postura deste veículo.

  28. FRED AMMERMANN disse:

    Estava na cara que algo lamentavel aconteceria no estadio do Corintians. Os anti corintianos, invejosos e ciumentos, jogaram tanta praga que só poderia acontecer o que aconteceu. Tristeza a morte dos funcionarios. Que Deus os tenha em bom lugar.
    Agora vamos parar de inventar coisas. O acidente foi uma fatalidade e não afetou basicamente a estrutura do estadio. A entrega do estadio só vai atrazar
    um ou dois meses o que é absolutamente normal dentro das circustancias.
    Os anti não acreditavam no estadio e agora torcem para que a Copa não se realize ali. Banana para voces todos, principalmente aos Bambis.

  29. Ivan disse:

    Colocando, ponto os i´s.

    Primeiro não é ITAQUERÃO !
    Segundo, houve uma Acidente !
    Terceiro, Uso de Dinheiro Público, Esse pelo menos sabemos para onde foi!
    Quarto, Hoje Morreu um Operário da construção civil, Cadê a mesma indignação!

    Vamos parar de hipocrisia.

    Tudo esse alvoroço por que é noticias que gera polemicas.

    Chega!!!!!!!!!
    fui

  30. Boa tarde mestre, lamentável, de fato, a exacerbada rivalidade clubística, porém, nada que nos surpreenda né, haja vista os habituais assassinatos oriundos do fanatismo clubístico….é triste a violência hoje em dia, o ódio ao próximo, a intolerância cotidiana, em toda e qualquer esfera da vida….o futebol retrata essa violência social e urbana, no plano esportivo…..triste demais!

    Abraço – Ricardo Elias

  31. Fernando disse:

    Birner,
    Será que você, assim como eu, também leu na ocasião do acidente no Allianz Parque que o Palmeiras era “assassino de trabalhadores”? Para essas pessoas, a “justiça” era prender o Prass, O Valdívia e o Henrique.
    Pois bem, fui buscar o histórico daquele acidente, e olha alguns comentários de corintianos:

    http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2013/04/15/operario-que-viu-acidente-relata-drama-e-cobra-fiscalizacao-em-arena-pasletra.htm

    “É um tabalhador que morre devido a ganância, do Parmera e irresponsabilidade da prefeitura”

    “GENTE E LAMENTÁVEL!!!!! O PUXADINHO JÁ COMEÇOU A FAZER EFEITO TEM INVESTIGAR ESSA CONSTRUÇÃO????? IMAGINA COM ESTADIO LOTADO!!!!”

    “ahhh tá, agora é fatalidade, isso foi incompetência da construtora. Toda a estrutura da obra foi afetada, um rigoroso relatório de técnicos terceirizados precisa ser feito para a obra ser reiniciada. Toda a estrutura da obra foi afetada, há um risco muito grande de ter outra tragédia.”

    “Faz tempo que o Ministério Público solicita o embargo dessa obra, agora morre um trabalhador inocente, sera que o dirigentes do Palmeiras e da construtora serão responsabilizados criminalmente por isso?”

    E tem mais aqui:

    http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2013/04/15/obras-na-arena-palestra-ficarao-paradas-ate-quarta-em-sinal-de-luto.htm#comentarios

    “É… A culpa é de todo mundo, menos dos incompetentes do palmeras… Cade o engenheiro responsavel???”

    “O Palmeiras tem que jogar a próxima partida com portões fechados, ficar 18 meses sem torcida quando for visitante, pagar uma multa de R$ 500 milhões e deveriam prender 12 integrantes da Mancha Verde como reféns até o responsável pela obra se identificar.”

    “NÃO TENHO DUVIDA NENHUMA, FOI ASSASSINATO, OBRA SEM SEGURANÇA.”

    Claro, tem os erros de português, afinal são corintianos! Outros confundem o acidente na arena do Palmeiras com o assassinato do Boliviano em Oruro. Aliás, Pelo menos 4 daqueles “inocentes” voltaram a aprontar no Brasil. E agora eles dizem que a tragédia é diferente. Corintianos: O papel de vítima cai mal em vocês.

  32. Osmar disse:

    Birner
    Tenho uma grande dúvida. Primeiro que concordo plenamente com suas palavras neste post. Mas a dúvida é: considerando o grande potencial de alienação que tem o futebol, as gigantescas oportunidades de manipulação e ganho de dinheiro por vias escusas e a violência associada (tanto física quanto verbal), traria esse esporte mais benefício ou malefício à sociedade?
    Acompanho futebol desde pequeno, por influência do meu pai, e mesmo quando me decpciono (e são muitas vezes) ainda continuo acompanhando. Mas sempre tendo em vista que ele não pode ser a parte mais importante da minha vida. No entanto, para um número considerável de pessoas, me parece que o futebol traz mais prejuízos.
    Será que no saldo final essa conta compensa para a sociedade?

  33. Tony Duarte disse:

    A bem da verdade, é que esta lamentável tragédia ocorrida na Arena Corinthians, é apenas mais um fatídico capítulo da falta de seriedade com que as autoridades e a sociedade brasileira tratam a questão de Segurança no Trabalho. Neste episódio duas preciosas vidas de trabalhadores foram ceifadas, contudo, essa notícia ganhou as páginas dos jornais, manchetes na TV e destaque nas Home Pages dos sites mais concorridos, porquê o sinistro se deu numa das obras mais esperadas, festejadas e aclamadas deste país, que é o novo estádio do Sport Clube Corinthians Paulista, em especial pela razão desta praça futebolística servir de abrigo à Copa do Mundo do próximo ano. Não fosse essa razão, e a vultosa quantidade de interesses midiáticos e financeiros, este trágico acidente passaria incólume e não despertaria maiores atenções, ou nenhuma; visto que na construção civil em São Paulo, bem como em todo o Brasil, dezenas de operários morrem todos os meses, sem que a grande maioria da população tome qualquer ciência; e vou além fora deste setor, em outros como o metalúrgico a coisa não é diferente. Penso que não é a hora de se preocupar, se nosso Estado(SP), irá ou não receber a cerimônia de abertura da copa, muito pelo contrário, este é um sinal cabal e notório de que a política de prevenção de acidentes no trabalho neste país precisa ser substancialmente modificada, pois que a Vida humana não tem preço.

  34. Cláudio M A Prado disse:

    Birner,

    Vou tecer meus comentários sem paixões.
    Acidentes em obras não deveriam ser mas são muito comuns. Lamentavelmente neste acidente ocorreram mortes e isso faz com que a obra seja paralisada para o estabelecimento da causa do acidente. É uma questão de se preservar a “cena do crime” até o estabelecimento das responsabilidades. Ninguem sério está falando em dolo, mas culpa há, seja por negligência, seja por omissão, senão isso não teria ocorrido.
    Após o estabelecimento das causas, a análise das conseqüências e dos projetos de mitigação do oorrido, as obras de recuperação das estruturas afetadas e de finalização do estádio poderão prosseguir.
    Li que até já foi encomendado ao fornecedor da estrutura metálica uma nova peça para substituir a que caiu. Resta saber o prejuízo causado pela queda nas estruturas abaixo, possivelemente apenas um dos módulos de arquibancada foi afetado, como são peças pré-moldadas, e possivelmente as formas ainda existem, basta concretar e instalar o que precisar ser substituído. Isso vale também para parte da cobertura existente que também foi afetada pela queda. Os acabamentos como o revestimento da fachada talvez gerem um pouco mais de trabalho.
    A perícia vai ter muito trabalho neste final de ano, só nesta semana foram o acidente com o trem em S. José do Rio Preto, o Itaquerão e o Memorial da América Latina, pelo jeito por lá ninguem vai ter Natal…
    Em tempo, a cobertura do novo Wembley também desabou, mas como a construção estava bastante antecipada em relação às Olimpíadas, o evento não chegou a ser afetado.

    Abraço,

    Cláudio Prado

  35. jadergn disse:

    Quem diz que não riu dos mortos, mente. Tanto no caso da Arena Corinthians quanto no da Allianz Parque. Digo isso porque em nenhum dos casos a obra, a construtora ou o clube foram prejudicados. Todo mundo sabe que obras desse porte têm seguro, portanto rir da obra é ridículo uma vez que não houve prejuízo algum aos interessados, somente às vítimas e suas famílias que ficaram órfãs.
    Assim, repito, quem riu, riu dos mortos e suas famílias. Deveriam se envergonhar. Pena que não têm nem vergonha.

  36. Marcelo disse:

    Dois corintianos a menos no mundo….desculpe, mas eu gostei rss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>