2 abr

Derrota por causa do erro de Toloi; futebol ruim na conta de Muricy e das estrelas

Geral

De Vitor Birner

San Lorenzo 1×0 São Paulo

Ambos os times jogaram mal.

O empate por 0×0 explicaria melhor o que houve.

O erro de Toloi foi fundamental para os argentinos vencerem.

Nenhum hermano falhou assim.

Isso não impede ninguém de reparar que o sistema ofensivo do São Paulo de novo fracassou.

Muricy repetiu o esquema tático, que parou de funcionar após Kaká sair e os mais habilidosos mantiveram o padrão insuficiente dos confrontos mais difíceis.

O time tentará juntar os cacos para as partidas decisivas do grupo.

A melhor forma de fazer isso é arrumando o jeito de mostrar o futebol que pode.

Esfriou

O início deu a impressão que o jogo seria tenso e o San Lorenzo seria capaz de criar oportunidades de gol.

Hudson, improvisado na lateral, deu a solada na cintura do adversário, no lance para cartão vermelho dentro do Brasil, o árbitro marcou a falta de não mostrou nem o amarelo.

Em seguida, os argentinos, no lado direito do ataque, conseguiram o escanteio.

Tudo isso com apenas um minuto.

O desenrolar do confronto não confirmou a impressão inicial.

Apesar de Kalinski e Kardec se machucarem antes do intervalo, as disputas foram duras e leais de acordo com o padrão do futebol tradicional.

E a equipe de Edgardo Bauza obrigou Rogério Ceni a intervir apenas uma vez, em jogada tranquila para o goleiro,  no último lance antes do intervalo.

Apenas de um lado

A única tendência que se confirmou foi a de ela atacar muito mais pela direita.

Com o trio Romagnoli, Blanco e Mussis na meia, Mattos de centroavante, e Kalinski, se desdobrando no auxílio à criação e função de volante junto com Mercier, o mais forte nos desarmes e pior no trato de bola, o líder do campeonato hermano investiu no apoio do lateral Buffarini como principal opção ofensiva.

O sistema defensivo são-paulino foi inconsistente naquela região do campo.

Ganso tinha que proteger o Reinaldo.

Mas não possui velocidade, nem se houver o milagre de atuar com raça igual a do Lugano, para acompanhar o Buffarini.

O quarteto no meio contou com ele, Michel Bastos do outro lado e Denilson e Souza entre os dois.

Ganso em certos momentos não recuou.

Ficou à frente dos companheiros do meio de campo, no centro, atrás de Pato e Kardec, transformando a configuração coletiva para o 4-3-1-2, pior para quem pretendia impedir o San Lorenzo de achar lacunas para os cruzamentos.

Por isso o Souza foi fazer a parede em frente ao Reinaldo, mas aí as brechas no meio aumentaram e Ganso voltou a marcar na esquerda.

A fraca apresentação dos argentinos não permitiu que tirassem proveito.

O São Paulo conseguiu manter o rival longe da área, principalmente quando acertou os passes de lado, não em direção ao gol, no ataque.

Não criou absolutamente nada.

Tranquilidade e trocas

Quignón, que entrou na vaga de Kalinski, não alterou o desenrolar dos 45 minutos.

O primeiro chute do San Lorenzo na direção do gol foi nos acréscimos.

E nenhum esforço do goleiro Torrico foi exigido.

Antes de os jogadores descansarem, Centuríon ocupou o lugar de Kardec, com entorse no joelho de acordo com médico do clube. .

O São Paulo perdeu força na jogada aérea e ganhou velocidade porque o ex-Racing atuou como atacante.

Após o intervalo

Os argentinos precisavam ganhar e voltaram do intervalo jogando de maneira quase igual.

Bauza, por causa da inoperância ofensiva, trocou, aos 14, Mussis pelo atacante Villalba, pois queria outro jogador rápidos do lado.

E não demorou muito para mandar trocar o meia Romagnoli pelo centroavante Cauteruccio.

Como o time dele não entrava na área, teria que apelar para os cruzamentos e talvez um contra-ataque, pois o São Paulo queria trocar passes na frente em busca de lacunas para fazer o gol ou, no mínimo, impedir o adversário de ditar o ritmo do jogo.

Apesar de pobre de emoção, o confronto ficou menos fechado depois das mexidas.

A necessidade de o San Lorenzo ir para cima fez o campeão da Libertadores correr mais riscos.

Centurión ficou mano a mano com Mercier, na área, e perdeu do volante.

Tolói desequilibrou

O que Bauza planejou, na prática não aconteceu. A dinâmica do jogo continuou idêntica após as alterações.

Para sorte dele e da hinchada no Nuevo Gasometro, o futebol se resolve com acertos próprios e erros dos outros.

Aos 25, por não conseguir sair da defesa com toques, os argentinos apelaram ao famoso lançamento apelidado de ‘chutão’.

Ganharam a primeira bola, por cima, e ela ficou com o limitado e esforçado Cauteruccio.

Rafael Tolói, em vez de esperar para retomá-la, foi para cima e tomou o lençol.

O uruguaio pode, por isso, carregá-la até a área e chutar com força diante de Rogério Ceni.

O único erro do zagueiro bastou para o San Lorenzo vencer. Provavelmente abriria brechas atrás para fazer o gol se o placar ficasse zerado mais 5 minutos.

Irritado, precisando empatar e carregando a crise para o campo, o São Paulo não mostrou capacidade para reagir. Sofreu pela ausência de Kardec no pivô.

Muricy pôs Ewandro no lugar de Souza para formar o trio de ataque.

As referências, como tem acontecido nas horas mais difíceis, não apareceram.

Pato arriscou dribles, obteve sucesso em alguns, ameaçou brilhar, e não foi capaz de dar sequência nas jogadas individuais iniciadas por ele mesmo.

Chamá-lo de apático seria exagero, assim como dizer que foi guerreiro ou que sentiu o jogo tal qual se espera nos duelos mais difíceis e relevantes.

Ganso não achou a assistência que sempre tenta.

A distância entre os jogadores foi maior que a ideal.

No grupo

O São Paulo precisa ganhar do Danubio no Uruguai.

A derrota será a eliminação não matemática, mas quase irreversível.

O San Lorenzo receberá os desclassificados, na rodada final, em Buenos Aires.

Se a zebra não aparecer lá, conquistarão os três pontos.

Antes, jogarão contra o Corinthians.

Os são-paulinos precisarão torcer para o Alvinegro não perder a invencibilidade nesta edição do torneio continental.

Se isso ocorrer, terão que superar o Danubio e acabar com tabu do Majestoso no Morumbi.

E provavelmente contar o saldo de gols.

Caso vençam o próximo jogo e o maior rival derrote o San Lorenzo em Itaquera, jogarão pelo empate na rodada final.

A única certeza é que não haverá nenhuma espécie de conforto para chegarem ao mata-mata.

A respeito de Muricy

A melhor maneira de o treinador e cia lidarem com a difícil reta final da fase de grupos é jogando futebol à altura do elenco.

Do meio campo para frente tinham, por exemplo, superioridade técnica se comparados aos hermanos.

A derrota pode ser colocada, acima de tudo, na conta de Toloi.

O empate tornaria o São Paulo favorito a terminar na segunda colocação.

Isso não pode encobrir o principal ponto.

As estrelas não brilham e são elas que podem iluminar o sistema ofensivo.

Ainda mais quando continuam falhas ou nulas, dependendo de qual, na marcação.

Discordo da concepção de jogo que Muricy tem optado na maioria das vezes e por isso ele tem parte de responsabilidade pelos maus resultados.

Não é o único como muitos insistem, pois o São Paulo todo vive forte crise e ela reflete, sim, no CT da Barra Funda.

Jogadores mais inteligentes e habilidosos precisam questionar o técnico e desobedecê-lo, de acordo com as exigências dos 90 minutos, caso achem isso importante para alcançarem as metas.

Ficha do jogo

San Lorenzo – Torrico; Buffarini, Yepes, Caruzzo e Mas; Mercier; Romagnoli (Cauteruccio), Kalinski (Quignón), Mussis (Villalba) e Blanco; Mauro Matos
Técnico: Edgardo Bauza

São Paulo – Rogério Ceni; Hudson, Rafael Toloi, Lucão e Reinaldo; Denilson, Souza (Ewandro), Ganso e Michel Bastos; Alexandre Pato e Alan Kardec (Centurión)
Técnico: Muricy Ramalho

Árbitro: Enrique Osses (Chi) – Assistentes: Francisco Mondria e Carlos Astroza

 

370 respostas a Derrota por causa do erro de Toloi; futebol ruim na conta de Muricy e das estrelas

  1. TRICOLACO disse:

    Cereto critica Muricy: “Vai morrer abraçado com Ganso, Pato, Toloi…”

    Na visão do comentarista Carlos Cereto, chefe de reportagem do SporTV, o técnico Muricy Ramalho cometeu o erro de escalar jogadores que estão em fase ruim, como Rafael Toloi, Alexandre Pato e Paulo Henrique Ganso.

    PARABÉNS CERETO!!! VOCE TEM CORAGEM DE FALAR A VERDADE!!!

  2. BARBA disse:

    Cereto critica Muricy: “Vai morrer abraçado com Ganso, Pato, Toloi…”

    Na visão do comentarista Carlos Cereto, chefe de reportagem do SporTV, o técnico Muricy Ramalho cometeu o erro de escalar jogadores que estão em fase ruim, como Rafael Toloi, Alexandre Pato e Paulo Henrique Ganso.

    PARABÉNS CERETO!!! VOCE TEM CORAGEM DE FALAR A VERDADE!!!

    • BOM SENSO F.C. disse:

      Amigão o único defensor é o Tolói que é um lixo por sinal. Se o teimoso do Muricy não tivesse dispensado o Alvaro Pereira e não trouxesse essas duas múmias do fluminense, além de escalar as bestas do Denílson e Luis Pipoca, talvez nosso time poderia ter outra atitude em campo e uma situação melhor no campeonato.

  3. Ricardo Thomazine disse:

    caro Birner. Será que por trás da insistência do Muricy com certos jogadores inúteis como Ganso, Denilson, Tolói, Bruno, Pato; está simplesmente a teimosia que caracteriza nosso técnico ou tem algo menos republicanos do tipo ” empresários e comissões”?

    • Joaquim Paulino disse:

      O PH ganso é o melhor meia do Brasil, Rafael Tolói errou no lance mas é um bom zagueiro, até Tiago Silva e David Luiz falham, vide Alemanha 7 x Brasil 1, Denilson é um bom primeiro volante, Bruno é um lateral direito mediano como a maioria dos LDs do Brasil e Pato é um bom centro-avante, não vejo no Brasil nenhum melhor. O problema básico é que falta um esquema para esses jogadores , falta treinar esse esquema.

      • Velosão disse:

        Caro Joaquim Paulino, o seu otimismo desvairado deveria dar espaço a um pouco de bom senso e a um pingo de realismo, como já faz boa parte de tricolores neste blog. Torcer por um time e ter paixão por ele é uma coisa, deixar-se fanatizar é outra bem diferente. Exercer o senso crítico é salutar, dar murro em ponta de faca só para fazer contraponto aos torcedores de outras agremiações é atestado de falta de discernimento. A continuar a marcar posição frente as evidências dos fatos, faz com que você perca a credibilidade e seja motivo de chacota, como já está se tornando uma normalidade neste blog. Não se preste a esse papel, a permanecer em sua intransigente postura torna-se-á o bobo-da-corte deste blog(rs). Até a próxima!

  4. Daniela disse:

    Oi Vítor, tudo bem?

    Eu acredito que jogar no sistema 3-5-2 ou até no 3-6-1 nos jogos da Libertadores seria uma tentativa de arrumar a defesa.

    O “fator Kaká” não existe mais, e, assim, o time degringolou de novo. Com ele fora, o time desmantelou.

    Eu pensei que ele seria um divisor de águas para o time engrenar de vez em um espírito vencedor, mas foi só ele sair que a corda voltou a ficar solta, ou seja, o time não tem mais motivação, aquele estímulo extra para se esforçar mais.

    É muito cedo para ter uma crise desse tamanho e que parece só aumentar. Muricy precisa de ajuda. Demiti-lo seria uma loucura. Melhor desistir do Paulistinha, e definir o mais rápido possível um time e um esquema de jogo para a Libertadores, antes que seja tarde demais.

    Dá tempo. Uma vitória convincente no próximo jogo – da Libertadores – daria uma resposta positiva para o torcedor.

    O paulistinha deveria servir só para rodar o time, sempre com jogadores mesclados, tendo como base os jogadores mais jovens e os chamados titulares completando o time, revezando uma determinada quantidade de atletas para completar o time em cada jogo. Um time misto sempre. Manter-se na primeira divisão já seria o suficiente nesse paulistinha.

  5. Daniela disse:

    Para mim, o Corinthians é o favoritíssimo para vencer a Libertadores. Se tiver foco, vence com sobras.

    • Velosão disse:

      Cara Daniela, mesmo sendo Cruzeirense, reconheço que o Coringão está jogando o fino da bola. Caso mantenha o futebol equilibrado que vem apresentando dificilmente será vencido. Mas a imprevisibilidade deste esporte é que o torna diferenciado dos outros, porque nem sempre o melhor vence. favoritismo não entra em campo e nem ganha campeonatos, ainda tem muita água para passar debaixo da ponte. Acho de bom grado esperar o transcorrer do torneio, visto que existem outras grandes equipes na disputa e não devem ser menosprezadas. Dentre estas o meu Cruzeiro, que já é BI da Libertadores, o SPFC que é TRI(apesar de passar por um mau momento) e o Inter que também e bi dessa competição, além do papa-títulos Boca Juniors que vem fazendo uma campanha impecável como a do Corinthians. Cautela e caldo de galinha não faz mau a ninguém. Vamos aguardar! Abs.

  6. Daniel Capelari disse:

    É o pior time que já vi em toda a minha vida. Tecnicamente? Claro que não. Já vi bem piores. Mas é o único time do mundo NÃO MERECE GANHAR. Os jogadores sabem disso. Até o Muricy sabe que não merece ganhar. Perder é só a justiça sendo feita. Parabéns à diretoria por ter montando um elenco com determinação ZERO. Parabéns aos jogadores por serem mimados e chorões. Parabéns ao Rogério que conseguiu enfim acabar com o respeito que a gente tinha por ele. E parabéns ao Muricy por ser omisso e proteger seus queridinhos às custas da nossa paixão.

    NÃO QUERO VER ESSE TIME SER CAMPEÃO. FAÇA O FAVOR DE PERDER LOGO O PRÓXIMO JOGO E NOS DEIXEM EM PAZ.

    “Modinha” exclama o fedorendo torcedor. Modinha seu nariz. Eu acompanho esse time faz 30 anos. Provavelmente antes de você nascer. Já vi times horríveis do São Paulo. Esse é o único que merece perder.

    • Joaquim Paulino disse:

      Sugiro que abandone o futebol porque não é apenas na fase boa que o torcedor apóia e sim, principalmente na má fase. Para mim é modinha sim. E tenho dito

      • Daniel disse:

        Não entendeu nada do que eu disse. Não é possível apoiar um time de mimados vagabundos. Prefiro que desmonte esse time e daqui 3 anos dispute campeonatos. Isso eu apoio. Numa boa eu acompanho um time sem chance de ser campeão porém com as coisas nos devidos lugares e pensando no futuro. Esse cabide de empregos não tem futuro.

        Sugiro que coma suas sugestões com cobertura de coco.

    • BOM SENSO F.C. disse:

      time com Toloi, Carlinhos, Bruno, Denílson, Thiago e Johnatan Cafu, Edson Silva, Paulo Miranda, Ewandro e Boschilla não tem pinta de campeão né?

  7. Pig001 disse:

    Toloi nao falhou. Ele e’ tao pesado e lento que SEMPRE vai perder na corrida para o atacante, e o outro zagueiro tambem, entao a culpa e’ de quem coloca eles la’. Os atacantes, que precisam de gols, nao tem motivacao, pois na hora do file’ (penalty e melhores faltas) tem que deixar para o mimadinho do Rogerio Ceni, dono do time que esta’ mais preocupado com seus recordes pessoais, e ninguem tem coragem de barra-lo. Ou alguem vai me dizer que em 10 anos nunca apareceu um batedor melhor que ele?? (viram o gol do Jadson na quarta?) So’ o fabulosamente submisso Luis Fabiano consegue aguentar o cara…

  8. Francisco Duarte disse:

    Estão tentando tapar o sol com a peneira, houve a falha individual do Toloi, mas este não foi o motivo da derrota, o nome da derrota é RC, Denilson, Ganso, e Principalmente BURICCI, eita tecnico fraco, vai pescar larga o osso.

  9. Francisco Duarte disse:

    Estão tentando tapar o sol com a peneira, houve a falha individual do Toloi, mas este não foi o motivo da derrota, o nome da derrota é RC, Denilson, Ganso, e Principalmente BURICCI, eita tecnico fraco, vai pescar larga o osso.

  10. Roberto Pedroso disse:

    Imputar a derrota do tricolor paulista por conta de um erro individual de Toloi é simplismo e parcialidade, todos sabem que o tricolor jogava por um empate então porque o técnico não escalou o time com três zagueiros? com Hudson e Michel Bastos nas laterais sem a obrigação de retornar a todo momento para recompor a marcação e colocando Thiago Mendes ao lado de Denilson , Centurion e Bosquilia (ou Kardeck )no meio?com dois atacantes rápidos como Jonathan Cafu e Pato no velho esquema 3-5-2 simples assim!,mas é fato que o São Paulo em campo não tem um padrão de jogo,não possui jogadas de ataque ou jogadas ensaiadas e isso não é culpa do Toloi e sim de um técnico medíocre que não consegue instituir um padrão tático ao time que é escalado em duas linhas de quatro espaçadas abrindo um espaço vazio onde as equipes adversárias atuam com liberdade de contra ataque, agora o que Aidar presidente vai esperar para demitir o Muricy?já foram três eliminações vexatórias uma para a Ponte Preta outra para o Penapolense e outra para o Bragantino sob o comando técnico desse treinador medíocre e se avizinha a possibilidade de eliminação da Libertadores em casa pelo Corinthians em pleno Morumbi! é muita vergonha para o torcedor,fora Muricy deixe o tricolor pois os verdadeiros torcedores não o querem mais a frente da equipe.

    • joão disse:

      Comentário bem colocado, na mosca. Esquema furado, com defesa aberta, linhas espaçadas abrindo enormes vazios, jogadores escalados que não têm condições (ainda que queiram, de compactar o time – como é o caso do Ganso), filosofia “vesga” da tática de jogo onde todos os jogadores que escala (exceto os zagueiros) têm, segundo ele diz sempre, de “saber atacar”. Assim, contrata volantes para atacar, meias que só sabem atacar e laterais para atacar – estes péssimos, horríveis para marcar (o grande Oswaldo Brandão sempre dizia – jogador de defesa primeiro precisa saber defender, depois, se der, atacar), os do meio de campo tb não marcam (o Denilson até que é dedicado e esforçado mas além de não ser um grande jogador, sozinho não resolve), os demais vão e não voltam junto com o meio de campo adversário quando o SP é atacado, pq não têm capacidade física e mental para isto. Então o Muricy monta um time onde todos têm de saber atacar, prender a bola e passá-la de primeira (nada de lances individuais nem de arrancada até a linha de fundo e cruzamento para a área). Então com essa tática “vesga” de montar o “time para atacar” acaba não tendo o alicerce (defesa) e nem o ataque (sem o alicerce o prédio não se sustenta – sem a defesa sólida o ataque não funciona). Simples assim e há séculos o Muricy vem agindo do mm. modo, parecendo cego e surdo ao que vem acontecendo. Finalmente, depois do jogo com o Palmeiras parece que a ficha caiu. Abandonou aquela postura de “único conhecedor do futebol” e caiu na realidade. Escalou então nas laterais dois jogadores com mais capacidade de marcação (infelizmente manteve o Ganso no meio). Com isto o time ganhou mais estabilidade e se portou melhor em campo. SERÁ QUE ESTAVA TÃO DIFICIL DE PERCEBER ISTO SR. MURIGY. Evidentemente temos outros jogadores que nada rendem para o time como GAnso e Luiz Fabiano e que pela mm teimosia já demonstrada pelo treinador, continuam impedindo o SP de ter um time, pelo menos COMPETITIVO.

  11. sabioni disse:

    Birner, acho que o Muricy é bom e apenas tem passado a mão na cabeça de alguns que não merecem estar no SAMPA. Ha tempos que Ganso, Toloi, Luiz Fabiano não justificam os seus salários. Os jovens que chegaram ao profissional, ainda que esforçados, não podem suportar a pressão. Muricy deveria sim rever conceitos. Deveria perguntar a si mesmo por que o Jadson não serviu para o SAMPA e agora faz a diferença no Corinthians. O que não entendo é ele ter paciência infinita com jogadores medíocres, “parceiros”, e não suportar o Jadson em sobrepeso na volta das férias????? Não faltou tato, conversa?????

  12. jansen disse:

    Com esses jogadores eu vejo apenas uma saida, mudar o esquema para o 352.
    RC
    Rodrigo Caio, Lucão (Toloi), Doria.
    Souza, Hudson (Wesley), Thiago Mendes ( Ganso), Boschilia, Michel Bastos.
    Kardec (Luiz Fabiano) Pato (Centurion).

    Bruno e Carlinhos sem chance.

    • BOM SENSO F.C. disse:

      Interessante sua teoria: eu usaria Hudson e Souza e na frente Centurion e Pato

    • LUIS disse:

      Jansen, concordo com você faz tempo.

      Só acho que na ala direita devia jogar o Auro, que é bom de bola e merece uma chance.

      Não entendo uma coisa: o Auro serve pra seleção de base mas pra jogar no SP não serve?

      E outro que iria pro banco é o tal de Pato… O cara é um descompromissado, não se mexe, não corre, anda em campo, é da turma do Ganso, jogadores de pebolim, que só se movimentam pros lados…

      Minha escalação seria com RC, Tolói, Rodrigo Caio e Dória, Auro, Hudson, Souza, Boschilha e Michel Bastos, Centurion e Kardec (Cafu).

      Pato, Ganso e LF: banco de reservas pra quem não está afim.

  13. luis carlos pereira disse:

    trabalho a sete anos na mesmo serviço, é uma fabrica onde comecei como ajudante e estou graças a DEUS como líder de produção.apos estes sete anos não procurei estudar, não procurei me atualizar, no meu conceito pelo meu conhecimento dentro da fabrica eu domino as situações.quando você fica muito tempo no mesmo serviço é natural com o tempo se sentir acomodado. esses dias meu supervisor me chamou de lado e falou: luisao você esta estudando? tem se atualizado?. respondi para ele que não que o meu conhecimento já bastava para tocar o processo ele me respondeu? você é um ótimo profissional , dedicado, abraça a camisa da empresa mais infelizmente o mundo atual necessita de profissionais atualizados, profissionais identificados com as novas tendencias do mercado. ah e tem outra hoje estes profissionais muitas vezes tem para a empresa um custo menor que os chamados tubarões.
    murici admiro seu trabalho, sua responsabilidade, só que marra nao leva alugar nenhum, vamos dar um tempo e nos atualizar… valeuu

    Ah torcida tricolor, falta pouco para termos este time em campo,falta condição física e um pouco de conversa com os novatos:

    Renan Ribeiro, Auro, Breno, Rodrigo Caio,Michel Bastos, Souza,Wesley, Boschila, centurion,luis fabiano e Evandro.

  14. Samuel disse:

    Muricy: teima em aplicar um sistema tático ineficiente; teima em escalar jogadores que parecem que vão morrer de desnutrição em campo (Ganso e Pato, e quando o L. Fabiano voltar, comporá esse grupo de mortos-vivos); insiste em escalar jogadores que estão muito mal tecnicamente (Toloi e Bruno, p. ex.); está tão apático que isso é transmitido para dentro de campo, para ser generoso com essa cambada de jogador mimado, que ganha uma fortuna por mês e não divide uma bola sequer; fica em choque em momentos decisivos, ou não se recordam do comportamento dele nos jogos contra o Corinthians e em outros de “tudo ou nada”?.

    Elenco: não dá para dizer que o elenco é ruim, mas como tenho ouvido na crônica esportiva (de forma generalizada), falta vontade, falta raça. Lembram dos times vencedores, principalmente da libertadores? São Paulo, o Atlético, o arquirrival do Parque São Jorge? Os caras deixam tudo dentro de campo, colocam a cabeça no pé do adversário para bloquear um chute, etc. Não vemos isso no São Paulo há anos.

    Onde está o SPFC vencedor e raçudo de antigamente?
    Deixaram o Alvaro Pereyra sair para ficar com Reinaldo e Carlinhos? O primeiro não saber dar um toque de dois metros!

    Acorda SPFC!

  15. USSUSCCHHSSS disse:

    O time de 2013 é tão quanto o atual sem o Muricy, e beiramos a segundona, privilégio dos coirmãos paulistanos. Havia os Toloi, A Carlos, P Miranda, E Silva, reforçados ainda por Rhodolfo, Douglas, o “craque” Jadson, negociados, e todos os outros que conhecemos bem. A análise deve ser sobre isso; com essa galera, mais os dois refugos do Flu, que chegaram agora, não é possível mais, o time está no limite do possível. Com uvas de qualidade vc pode produzir um mau vinho, já com uvas de má cepa é impossível obter vinho bom, nada importando o enólogo; todo mundo sabe disso. O (argh) small, quem viu seu jogo contra o time do Santo Padre sabe, só não foi goleado porque as velas vermelhas acesas na fazendinha e no itaquerão anularam as preces feitas a São Lourenço.

  16. USSUSCCHHSSS disse:

    Birner, o profissional deveria treinar em Cotia, junto a base, a exemplo do que ocorre com todos os grandes times da Europa, espanhóis, ingleses, e usar a Barra Funda para a peneira, e não o contrário, como ocorre hoje. O garoto paulistano, dentre os 12 milhões de pessoas que vivem aqui, bom de bola, não vai a Cotia participar de seleção. Noutro aspecto, os técnicos da base e do profissional se relacionariam efetivamente, visando o desenvolvimento da base e as promoções dos seus integrantes. Além, por causa da distância, não ocasionaria a presença nefasta “do diretô”. Nunca o vi falando sobre isso, o que vc acha?

  17. JOSM disse:

    Vamos ser claros Muricy Ramalho entende muito de futebol. Na minha opinião não deveria ter jogado Hudson e Reinaldo e sim Bruno e Carlinhos que são melhores em todos os quesitos, inclusive marcação, que os dois que jogaram. Mas quem está no dia a dia é o tecnico e sabe de todos os aspectos. SPFC jogou bem, deu azar com a contusão de Kardec e teve uma falha individual (nâo é a primeira) de Tolói. A esperança para essa zaga é o Breno, mas vai demorar um pouco ainda e precisa ser testado. outra solução no momento é Rodrigo Caioo e Dória serem testados, esperamos que logo e que dê resultados, depois tudo se acerta.

  18. paulo de godoy disse:

    O que será preciso para o SP deslanchar ? Teremos que esperar Murici , Ceni e Luiz Fabiano pedirem para sair ? Até lá estaremos fora de tudo com um baita elenco ! Adeus Libertadores , Paulistinha e Brasileirão , além da gozação e troça
    total de corintianos que não perdem nunca ,já que eles sim têm um tecnicoatualizado…

  19. Guilherme disse:

    O meu tricolor virou refém de seus ídolos, a começar pelo goleiro,
    Rogério deveria ter parado em 2012, de lá pra cá só colecionou falhas
    e piadas dos adversários . Luis fabiano toda vez que o time precisa some em campo, Denílsom fraquíssimo, Ganso parece um zumbi em campo, e Muricy perdeu a mão do time e faz tempo…

  20. Andre Victorino disse:

    Diretoria, a Torcida que o time com padrão de jogo e um Tecnico de Vdd e não um Treineiro. diretoria faz o simples mande o Muricy e R.ceni descansa.Contrate Cuca,Carlinhos Neves,Dr.Rosan.Dr.Turibio. Marco Aurélio cunha.e mande embora tbm Milton cruz,Tata,Toloi pipoca.Denílson calça Jeans Molhada,E.silva Fejuca.P.desastrado Miranda,Lf9 Refiis,Gansono, Ruinaldo Tiririca.
    Pra mim o muricy e uns dos maiores culpado dessa fase lixo do sp junto com a diretoria,o cara ta que nem o Felipão ta vendo que tudo ta errado e continuar insistindo no erro.muricy pedir pra sair.

  21. armando disse:

    O negocio é que o time não funciona- defesa insegura, meio de campo inexistente, ataque inofensivo-mas grave mesmo temos dois problemas-são os dois medios que não são criativos e não aparecem no jogo ofensivo- a esperança é o Wesley-mas quando ele vai pro campo de jogo? e o ataque-Kardec, Centurion, Luis Fabiano e Pato-não comparecem, simplesmente não jogam. Não adianta falar de uma jogadinha ou outra-a questão é regularidade-é resolutividade- Eu entraria com tres zagueiros-colocaria o Michel na ala esquerda e o Boschila de segundo medio:
    Rogerio
    Toloi-(Doria)
    Lucão-(Breno)
    Rodrigo Caio
    Hudson-ala direito
    Michel Bastos-ala esquerdo
    Denilson
    Boschila- 2° médio
    Ganso
    Pato
    Kardec-
    Com esse time, da pra pensar em alterar o sistema durante o jogo: Lucão(Doria)vai pra lateral esquerda- libera Michel- Rodrigo Caio vai pro meio de campo e avança o Boschila- não dá é pra ver a vaca indo pro brejo com corda e tudo e não fazer nada-

  22. Todo mundo que se preza nessa área,sabe que aqui é assombrado pelo São Paulo á anos !

  23. BOM SENSO F.C. disse:

    Presitente=lixo
    vice presidente=lixo
    Milton cruz=lixo
    Departamento de marketing=lixo
    Toloi = lixo
    Bruno= lixo
    Edson Silva=lixo
    Carlinhos=lixo
    Reinaldo=lixo
    Denílson=lixo
    Thiago Mendes=lixo
    Boschilla=lixo
    Ewandro=lixo
    Luis Fabiano=lixo
    Johnatan Cafu= lixo
    Paulo Miranda=lixo
    Muricy= não tem mais pique e saude

  24. Orlando disse:

    Srs.
    O Toloi errou sim, porém a derrota não podemos jogar a culpa sobre ele. O time inteiro jogou mal, até o Rogério no lance do gol, poderia ter defendido. O Murici escalou mal o time, com o Reinaldo, não sei onde ele defende bem e o Ganso que se acha o melhor, mais não jogou nada até o momento. Não podemos crussificar a zaga, se o meio de campo e ataque não tem sustentação.

  25. SERGIO ROBERTO MAZURCHI disse:

    BIRNER: LEMBRA DO SÃO PAULO QUANDO TINHA NA ZAGA JEAN, EMERSON E JULIO SANTOS. NÃO GANHAVA NEM DO DERAC DE ITAPETININGA. LEMBRA DO PALMEIRAS NOS 2 REBAIXAMENTOS: EM 2002 COM ALEXANDRE E CESAR E EM 2012 COM ROMAN, THIAGO HELENO E MAURÍCIO RAMOS. PARA QUEM VIU JOGAR ROBERTO DIAS, JURANDIR, BELLINI, MIRANDA, LUGANO, FABÃO, ANDRÉ DIAS, ANTONIO CARLOS, RONALDÃO, VALBER E PIRULITO É UM DESRESPEITO AO TORCEDOR O SÃO PAULO DOS DIAS ATUAIS ATUAR COM ZAGUEIROS TÃO MEDÍOCRES. FELIZ PÁSCOA A VOCÊ.

  26. Sergio disse:

    Se fosse um brasileiro a marcar esse golaço, qual seria sua fala? golaço do jogador ou falha do zagueiro argentimo?….fala sério Birner, estamos com mania de grandeza ainda, parece que os 1×7 nada mudou, continuamos a denegrir os estrangeiros, principalmente os latinos, por pura inveja e por achar, erroneamente que somos superiores a eles.Assisti vários programas de esporte na 5ª feira e, também li vários blogs e não vi um só elogio ao atacante argentino, somente críticas ao zagueiro brasileiro……..”os entendidos” de futebol achaaram uma falha grotesca do brasileiro…….na minha opinião foi um golaço com extrema habilidade do atacante o San Lorenzo e todo mérito deve ser dado a ele……….imaginem o Pato, Neymar, CR7, Messi fazendo um gol desse, era digno de falação por pelo menos uma semana……..

  27. fernando disse:

    Uê como é engraçado a imprensa inteira falou que o SP foi quem melhor contratou, tanto é que colocaram o SP como favorito a titullos.
    Agora todos estão dizendo que contratou mal. Tanto a imprensa como a diretoria estavam enganados contratações ruins o time é uma vergonha como essa diretoria é uma vergonha, o Murici fica refém de certos jogadores como ,RC, Pato,
    Ganso, Denilsom, LF, e se não colocar a chacrinha está formada.
    Contratou jogadores estourados, como é de costume, o depto fisico é uma lastima
    pois é o time mais lento do Brasil, time frio, sem amor pela camisa, sem vontade, time sem referencia.

  28. CBarros disse:

    “Ganso não deu proteção ao Reynaldo” Essa frase mostra a que ponto chegou o nosso futebol. Isso nos velhos tempos soaria como uma heresia ou uma infeliz frase do comentarista num momento de distração. Mais hoje o futebol está tão nivelado por baixo, tão fraco tecnicamente que soa como uma coisa normalíssima. Pedir que Ganso um jogador lento, sem cacoetes de marcador, e cuja maior virtude está no passe curto e na troca de bolas perto da área faça o papel de lateral esquerdo de um jogador pra lá de medíocre, desculpem ai já é demais.

  29. SarneySafado disse:

    Gostaria de perguntai ai Sr. Aidar quem esta se apequenando????? Hilário Kardec, kkkkk to rindo até agora, time sem ética, ALICIADORES FC!!!!

  30. EDU - MOGI GUAÇU-SP disse:

    Em primeiro lugar onde está nosso zagueiro Antonio Carlos que sabe tempo de bola e ainda marca gol, segundo lugar nossa torcida não é burra vamos perder a Libertadores de novo para mudarmos “não peçam para irmos ao estádio que não vamos, resolvam seus problemas primeiro”, o SPFC sempre foi exemplo de gestão, agora fica este problema interno que atrapalha a todos inclusive nós que apaixonados por nosso time ficamos reféns, Muricy gostamos de você mas se não dá Por Favor, este o meu recado que acorda 05:45am e ficou até a meia-noite assistindo ao jogo.

  31. rodrigo adriano da silveira disse:

    birner escreve aí o aidair é um verdadeiro fanfarrão pois sabe que o muricy hoje é um técnico preguiçoso,burro,pirraçento e veja o cara está doente e não quer largar o osso da coisa e ele não tem coragem de mandá-lo embora e outra coisa digo no ano passado quando o kaká estava no tricolor ele deveria treinar o boschilla junto com o mesmo pois digo isto ele não vê e não tem coragem de fazer pois ele perdeu esta oportunidade de mostrar que têm o elenco na mão e não tem pois chega de muricy,rogerio ceni,tóloi,carlinhos,bruno,denílson,ganso,luís fabiano,pato e outros jogadores da reserva que não resolvem nada no time pois digo chega de um grupo indolente pois hoje o tricolor virou a casa da mãe joanna.

  32. LUIS disse:

    Murici, 3-5-2 já!

    Minha escalação seria:

    RC

    Tolói
    Rodrigo Caio
    Dória

    Auro (ala direito)
    Hudson
    Souza
    Boschilha
    Michel Bastos (ala esquerdo)

    Centurion
    Kardec (Ewandro)

    Aos jogadores de pebolim, que não se movimentam nunca e quando se movimentam é só pro lado, como Pato, Ganso e LF, restou o banco de reservas.

    Eles não gostam de se movimentar mesmo.

    No banco, podem ficar paradões à vontade…

  33. William Borges disse:

    A única pergunta que se faz é: Por que o Muricy ainda insiste com Tolói e Ganso, mesmo vendo que os dois não têm a mínima condição? Não servem nem no Tabajara. Atualmente são os piores jogadores da atualidade. Sorte do Pato. Enquanto continuar com essas drogas, o rendimento sempre será previsível. Sem condições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>