9 abr

O impacto da escolha do técnico na gestão do São Paulo

Geral

De Vitor Birner

A contratação do novo treinador provocou uma espécie de queda de braço, ou de corrida pelo poder, dentro do clube.

Luxa e Mano são os prediletos de Carlos Miguel Aidar.

O flamenguista virou a prioridade do gestor porque os torcedores, entre eles os das organizadas, mostraram enorme rejeição ao que não tem emprego.

Em princípio, o desempregado foi descartado.

Não tenho total convicção que ficou fora definitivamente das opções porque Aidar altera decisões de um dia para o outro.

A única caneta que tem tinta para assinar contratos, se quiser impor força do cargo, é a dele.

Ataíde o convenceu a deixá-lo tentar trazer Alejandro Sabella e foi, às pressas, para a Argentina.  Abelão e Sampaoli completam a lista de prediletos do atual do vice de futebol.

O ‘hermano’, que curiosamente não recebeu nenhuma oferta convincente após chegar à decisão da Copa do Mundo e ganhar uma Libertadores e o campeonato nacional (o Apertura) pelo Estudiantes, virou o nome de consenso dos dirigentes caso Aidar, repito, mantenha o combinado entre eles .

Sampaoli tem compromisso com a seleção chilena. Demoraria para chegar e pode ser valorizado com mais propostas quando sair do atual emprego. Implementou ótimo padrão tático no selecionado e, antes, na Universidad de Chile.

O profissional brasileiro, avalizado por Muricy Ramalho, não agrada o primeiro mandatário do clube.

O sucesso ou fracasso de Ataíde pode pesar na gestão do futebol.

Luxa deve tratar de reforços para o elenco diretamente com quem o escolheu.

Isso diminuirá o poder de Ataíde .

O êxito na negociação com Sabella tende a mantê-lo como interlocutor direto do treinador para assuntos relacionados ao futebol, tal qual aconteceu enquanto Muricy foi funcionário.

O cenário provavelmente será igual se Abel Braga ocupar o cargo.

Aidar, desde quando se elegeu, evitou bater de frente com o vice.

Se o gringo recusar, terá que fazer isso pela primeira vez caso pretenda fazer valer a preferência .

E enfraquecerá o Ataíde.

Tirará parte considerável da autonomia dele.

Gustavo Vieira de Oliveira será mais um que verá o raio de ação diminuir.

Sabella, que não deve ter a menor ideia disso tudo, pediu prazo superior ao pretendido por Ataíde para dizer se topa a empreitada.

E o São Paulo precisa com urgência de um técnico.

315 respostas a O impacto da escolha do técnico na gestão do São Paulo

  1. antonio luiz disse:

    não entendi até hoje porque o são paulo não prepara o milton cruz para ser o tecnico do são paulo ja que ele tem bom relacionamento com jogadores e diretoria não seria o caso de fazer estagio na europa com tecnicos de renome intrernacional até o rogerio foi ao barcelona, real madri e outros porque não preparar o miltom,poderia inclusive fazer estagio com luxenburgo, tite e outros ou a ele não interessa e so quer mesmo o salario

    • Thiago disse:

      Milton Cruz é um bom funcionário, está a muito tempo no clube, e é um cara de muita confiança da comissão técnica e do futebol no clube, e o São Paulo não quer promovê-lo pois num possível fracasso o mesmo dificilmente aceitaria voltar a sua antiga função no clube, seria dispensado e buscaria treinar outra equipe; então essa decisão de não efetivar o MC é uma forma de preservar, zelar e garantir que o colaborador do clube se mantenha por lá por muito tempo !!!

    • henrique disse:

      Simples…Milton Cruz não quer ser técnico.

    • Oswaldo Sakane disse:

      É mauito fraco !. Ganhou fama há década atrás por descobrir bons jogadores ao SPFC. Na década em curso, qual foi o jogador indicado pelo Milton que deu certo ?. Só trouxe bonde !.

  2. Fernando disse:

    o Sabella esta em duvida entre o São Paulo e o Sunderland….kkkkkk……que fase heim……pra quem se acha o melhor do mundo disputar com um time minusculo da Inglaterra…..

    • ari disse:

      é um babaca mesmo;nao se trata de grandeza e sim da proposta em relaçao a dinheiro.ou acha q teu timinho tem mas dinheiro q o manchester city?

    • Márcio disse:

      Fernando, se informe melhor.

      O pleito do Sabella é no Manchester City.

      Na verdade, a diferença para o hermano se refere a ser técnico na América Latina ou na Europa. O que vc acha que ele prefere para se firmar na carreira fora a grana?

    • Thiago disse:

      sunderland… ”ta serto”

    • Roberto Pedroso disse:

      Infelizmente o que está em questão não é somente o time a ser treinado mas o fator preponderante é o pais onde o time está localizado,qualquer técnico iria preferir um time europeu para coordenar por motivos óbvios que não seria necessário listar aqui,mas o que muito me surpreende é a atitude de alguns torcedores fanatizados que acreditam que seu técnico pernóstico ,que ficou um ano parado e não despertou o interesse de nenhuma agremiação europeia,que retorna ao seu ex clube ovacionado e enaltecido por falta de opção pois se o referido técnico fosse realmente um profissional acima da média teria conseguido se empregar na Europa facilmente no entanto nem mesmo um time de média expressão se interessou em contrata-lo.

    • Lucas Bezerra disse:

      Sunderland? Manchester City Meu Querido.. Vá Se Informar. Abraço

    • Eliandroq disse:

      Está mal informado. Está entre }São Paulo e \Manchester United. Que outro time provocaria tal dúvida?

  3. Daniela disse:

    Oi Vítor, boa tarde…

    Dentro da situação exposta dentro e fora do campo, parece, ao menos para mim, ser o momento mais difícil da história do clube.

    No cenário político/administrativo em que o clube se encontra, de nada adianta trocar de técnico sem a vontade de resolver os problemas internos do clube.

    Se com o Muricy que é cria do clube, ídolo, houve uma pressão terrível, imagina o que vem por aí.

    E se ele foi fritado, como deve ter sido, até chegar a dizer publicamente que não aguentava mais, o que será de um treinador teoricamente desavisado da situação turbulenta que vive não só o time, mas o clube como um todo?

    Será que vão dar respaldo necessário para o técnico que chegar, ou vão ficar só cobrando resultados?

    Muricy tem responsabilidade do time não estar rendendo, mas antes de ele chegar a situação do time era muito pior. Se não fosse ele assumir naquele momento o time, 2014 teria sido uma marca negativa para sempre, com o time tendo disputado a segundona.

    Lamentável a forma como ele teve que sair.

    Poderiam ter feito uma espécie de triunvirato, esperariam o Muricy se recuperar da saúde, já que querem esperar o Sabella, ou o Sanpaoli por ainda mais tempo, com o Tata, o Milton Cruz e incluindo o Rogério Ceni, que deixaria o gol e assumiria como auxiliar na comissão técnica ( se ele pensa em ser técnico, seria uma boa experiência ). O Rogério ajudaria diretamente o time e também a transição dos goleiros.

    Depois que o Muricy voltasse ( poderiam dar um prazo para ele até o meio do ano para ele se recuperar e descansar ), ficariam ele, o Tata – que sempre o acompanhou – e o Rogério.

    Não precisaria de toda essa celeuma com treinador. Do jeito que está, criou-se uma crise desnecessária, uma vez que o time saiu do quase rebaixamento de 2013 para o vice campeonato brasileiro em 2014.

    Parece que esse time do São Paulo vive de muletas. Em 2013 foi a muleta Muricy tirando o time do rebaixamento. Em 2014, foi a muleta Kaká, que foi quem impulsionou o elenco.

    Esse time parece que precisa ser empurrado por alguém “acima” deles, parece que precisa sempre vir alguém para empurrar, tal qual se empurra um carro que não quer funcionar.

    Time sem personalidade, sem vontade de andar com as próprias pernas.

    Vai chegar algum técnico que vai empurrar esse elenco sabe-se lá até quando, ou melhor, até quando o time estiver a fim de jogar bola de verdade.

    A imagem do clube vai sendo desgastada cada vez mais, jogadores chegam e logo vêem como é o script usual, e logo caem no mesmo baixo padrão.

    Acomodação Futebol Clube, Casa de Repouso.

    Desses nomes aí, fico com o Abel, pois ele poderia assumir o time mais rápido, o que já poderia ser no jogo de hoje e até o jogo da Libertadores, ele já estaria com o elenco.

    O meu favorito seria o Cuca, mas sei que é inviável. E a questão emocional, acho que ele não aguentaria muito tempo, pelo fato de a situação do clube ser muito turbulenta. Mas, tecnicamente falando, ele saberia montar um bom time.

    O Luxa, desconfio, vai só ficar na espera que, se caso até o final do carioca o São Paulo não tiver um técnico efetivado, ele assume. Jayme de Almeida seria o substituto dele no Flamengo.

    Luxa não me parece ser um bom nome.

    Eu acho que o Sabella, se aceitar o cargo, vai entrar em uma roubada. Logo vão dar um jeito de fritá-lo.

    Então, desses nomes aí, dado a necessidade de buscar a classificação na próxima fase da Libertadores, eu acho que deveria ser o Abel.

    Abs

    • SMILE disse:

      Daniela,

      Coerente como sempre… Vislumbra o futebol acima das paixões… rs… Olha, concordo em tudo com o que você expõe… Exceto quanto ao Abel Braga… Pelo fato de este ser um ‘Muricy de olhos esbugalhados’, ou seja, ‘mais do mesmo’… Sua ideia quanto a um descanso para o Muricy seria muito interessante… Com exceção de que o Ceni não toparia ser ‘auxiliar’ de dois ‘auxiliares’… Pelo seu perfil, pela sua liderança, e etc… Toparia, desde que, no ‘triunvirato’, a sua palavra fosse a final… E com grandes chances de o Muricy sequer retornar, mesmo… Pois ele (Ceni), tenho certeza, teria tudo para ‘iniciar com o pé direito’ (o bom…) a sua carreira de técnico, ainda que “empurrado” pelas circunstâncias…

      Abraço!

      SMILE

      • Daniela disse:

        Boa noite Smile,

        Na condição de torcedores, também precisamos nos esforçar para melhorar a cada dia.

        Foi bom que os quatro grandes terem ficado com as vagas na semifinal. Qualquer deles que vencer, vai estar na normalidade.

        Sempre que um time grande vence, causa menos preocupação em termos de violência.

        Então, time grande vencendo, podemos ficar mais tranquilos. Domingo eu torci pelo Palmeiras no jogo contra o Botafogo. Se o Palmeiras perdesse, qual seria a reação dos seus torcedores, mesmo o campeonato paulista sendo fraco e não tendo a importância em termos de título como era antigamente?

        Não seria nada bom uma derrota naquele momento, e principalmente pelo fato de – ao menos para mim – o time alviverde ser o que mais precisa de títulos dentre os quatro grandes paulista. Precisa mais até do que o São Paulo, no meu entender. Não que o São Paulo não esteja precisando ganhar um paulistinha, mas o Palmeiras precisa mais, pelo fato de ter disputado uma série B recentemente e por todo o contexto que o clube viveu nos últimos anos.

        Quanto ao São Paulo, acho que o Muricy não volta mais, mesmo que se recupere e esteja bem e penso que o Milton Cruz vai ficar mais tempo como interino

        Se o Rogério Ceni tivesse parado no final de 2012, hoje, talvez ele pudesse assumir o comando do time. Ele poderia ter feito o que o Tite fez o ano passado.

        Ele, se quer ser treinador, está “perdendo tempo” debaixo do gol. Nas ele preferiu apostar suas fichas em continuar jogando. Com dois anos, ele poderia já estar preparado para assumir o time. Pelo andar dos acontecimentos, ele pode não ter a mesma chance que teria se tivesse deixado os campos mais cedo.

        Ao meu ver, o Luxemburgo vai ser o técnico e o Jayme de Almeida vai ficar no lugar dele no Flamengo. Não acredito que o Sabella vá aceitar com o SP.

        É um momento ruim para se trocar treinador,e , sendo assim, devido à necessidade de um resultado favorável nos dois próximos jogos, já deveria, nesta segunda-feira, ter um técnico escolhido e presente no CT da Barra Funda.

        Um treinador que vier depois da quarta-feira, vai pegar o time em dois jogos difíceis e, se perder, pode gerar desconfiança, descontentamento. Chegar já tendo que enfrentar Santos e Corinthians seguidamente não é uma boa, seja qual for o técnico, vai ficar pressionado. Melhor que já tivessem escolhido a semana passada e já chegado ao clube na segunda-feira. Os jogadores já chegariam na segunda com o técnico já estando à espera deles.

        O Abel me parece ter o perfil melhor para o momento que o São Paulo vive atualmente. Seria menos complicado. Abs

  4. joão disse:

    é, depois que palmeiras e corinthians não jogam mais no morumbi a grana diminuiu. Empresários falidos que sustentavam o clube acabou. Falando sério: a meu ver, a lei pelé, foi quem prejudicou o futebol brasileiro. Hoje, os times não são mais donos dos passes dos jogadores, pertencem aos empresários. Prá que um time de futebol vai investir em um atleta se ao negociá-lo o empresário é quem ganha. Guarani, Ponte Preta e outros.

  5. rogerio a figueiredo disse:

    se contratar o mano eu paro de torcer p o spfc poe qualquer um mas mano e o fim de tudo

  6. Wilton Novaes disse:

    Tá parecendo que a dirção tem participação nos autos salários dos treinadores!!!

  7. Charles disse:

    Caro Fernando…. Não vejo nenhum demérito do São Paulo nessa disputa por Sabella, você tem que entender que os times São como uma empresa e o técnico é um profissional como qualquer outro no mundo corporativo , que deve escolher entre uma “empresa grande ” num pais de terceiro mundo e de extrema violencia ou uma “empresa pequena” num páis de primeiro mundo onde há completa infra-estrutura e segurança, existem coisas que o salario não compra.
    E quanto a “se achar melhor do mundo ” não é isso que o São Paulo diz são os numeros de titulos nacionais e internacionais conquistados.

  8. o melhor técnico para o S.PAULO, e´ARGEL ,que esta em Sta. catarina treinando o FIGUEIRENSE.
    romulo.

  9. Simples, Contrata o Guto Ferreira da Ponte Preta – Único treinado que sabe como ganhar do Corinthians.

    • MARCELO disse:

      É melhor contratar o juiz, o verdadeiro camisa 12, 13, 14, 15… quando o time não resolve, o apito amigo entra em campo.

  10. antonio luiz disse:

    aidar cai na real não entra nessa de trinador argentino que voce vai se estrpar mais uma vez não dura tres meses e depois voce vai ter que pagar o alto salario dele tome como exemplo o palmeiras com careca, o CUrintias com o outro argentino usa a cabeça aidar

  11. Paulo Kawachi disse:

    Olá Birner,
    Assisto sempre ao Cartão Verde e gosto da sua imparcialidade quanto às questões clubísticas. Você não acha que está na hora de todos os formadores de opinião, tais como os comentaristas de futebol dos mais diversos meios de comunicação, protestarem contra a a rede globo, pela forma com que trata o SANTOS FC.?
    Hoje, domingo, o Brasil todo, com exceção do estado de S.Paulo, terá futebol do vivo, no horário tradicional das 16 horas. Você não acha que é antes de mais nada, um desrespeito com um clube do tamanho do Santos FC? Não só pela tradição do clube. O Santos é um dos clubes que mais forma craques para a Seleção.É um clube que tem muita torcida no estado e também é, entre os grandes do estado, o de menor rejeição.
    Um abraço.

    • Joaquim Paulino disse:

      A Globo é um lixo e desrespeita o SFC. Mas os cartolas do SFC, quando tiveram oportunidade de darem apoio ao clube dos 13 preferiram ir para o lado do vigarista Andres Sanches que queria implodir o C13 a pedido do R. Teixeira e da Globo. Um dia a conta ia chegar, espero que tenha servido de lição ao Santos. Nunca fique do lado da corrupção, isto é , do Corinthians.

  12. edison disse:

    Birner, gostei de ver o SP nos últimos dois jogos pelo campeonato paulista com o Milton Cruz, pelo entrosamento com o treinador e principalmente com disposição de ganhar. Na minha opinião deveria continuar como tal e inclusive para o jogo importante, na minha opinião, que será contra o Coríntias. O São Paulo neste jogo vai ter dois adversários duríssimos o fator emocional e a arbitragem, caso passe pelos mesmos voltará a ser um time vencedor.
    Abraço e saúde a todos.

  13. Garcia disse:

    O São Paulo, v oltou a ,ostrarmais uma vez que é um clube dirigidos por moleques, pois , não tem palavra e não assume o que faz. deixou o Abel Braga na mão, depois de ter feito o pedido e agora você Birner, fala em Luxemburgo ou Mano , se isso acontecer será o retrocesso, e o São Paulo , pode fechar a porta. Pois, essa diretoria, está con seguindo ser pior do a do Juvenal.

  14. ze sergio disse:

    Birner, o Michel Bastos flutuando pelas laterias com liberdade, o Ganso de 10, o Wesley dando cobertura, a volta do Rodrigo Caio. E ainda falta a volta do Fabuloso que põe fogo no jogo. É a história do Soberano. Está no nosso DNA ser superior. Na hora que o campeonato começa a valer a pena, começa a ser decisivo, nesta hora a máquina tricolor aparece. Na hora que é para decidir, o campeão voltou!!!

    • lfc disse:

      Kkkkk… Só rindo

    • Vitor Birner disse:

      Se jogar como no 1° tempo diante do Red Bull, dificilmente será campeão de qualquer torneio importante. Se o time for humilde e coeso, briga pelos títulos.

    • Joaquim Paulino disse:

      O time do SPFC tem muito potencial, quando estiver bem treinado ( Sabella, Luxa, San paoli) vai detonar o Small com facilidade, pois os jogadores do SPFC são bem melhores do que os do Small. E tenho dito

    • Eric disse:

      Foi essa arrogância que acabou com vocês…Essa tal “Superioridade” que fez com que JJ começasse uma briga com Andrés Sanches, perdesse a renda dos jogos que o Corinthians, Palmeiras e Santos mandavam no Morumbi e afundou vocês nessa dívida, até então as finanças do SPFC eram em dia, agora…Essa História de ser “Soberano” é legal pra vender camisa…

  15. Cuco disse:

    Luxa ou Mano, tanto faz, ambos irão mandar o SPFC para à Série B do Brasileirão!

  16. Gilson Pereira disse:

    Se os mandatários do SPFC cair na besteira de contratar treinador argentino, irá se lascar igual ao Corinthians e Palmeiras. Melhor contratar um treinador daqui mesmo. Se o clube quiser sair do buraco, é só sacar os seguintes jogadores: Rogério Ceni (ex-goleiro em atividade e que nos últimos 03 anos só se preocupa em bater recordes pessoais), Rafael Tolói, Denilson e Luis Fabiano. A receita está dada, agora é só seguir.

  17. Só Vale Gol de Chapéu disse:

    São Paulo 3×0. Birner, você acha que o São Paulo é um dos melhores times do Brasil?

  18. J. Rodrigues disse:

    Prezado Birner,

    Concordo com o leitor que disse que o presidente do SP deve ganhar parte do salário do treinador. Para que novo técnico se o Milton Cruz pode ficar de interino por uns 4 anos. Ele tem todos os pre-requisitos que o treinador precisa ter e o mais importante é o bom relacionamento e o conhecimento que ele tem do grupo.

  19. julio guima disse:

    APOS A SAIDA DO MURICI, AGORA É SÓ MOTIVAR O TIME, COLOCAR TRES ZAQUEIROS(RODRIGO CAIO NA CABEÇA DE AREA) E COBRAR MAIS PARTICIPAÇÃO DO GANSO, NÃO TENHO DUVIDA QUE VAMOS SER CAMPEÕES PAULISTA E LIBERTADORES.
    CORINTHIANS PRECISOU ROUBAR PRA GANHAR DE 1XO DA PONTE.
    PALMEIRAS 1XO COM A CALÇAS NA MÃO DO BOTINHA DE RIBEIRÃO, CO GOL LEGÍTIMO DO BOTAFOGO ANULADO.
    SANTOS GANHOU BEM DO XV QUE É O PIOR TIME DAS QUARTAS DE FINAIS.
    VAMOS SÃO PAULO,VAMOS SER CAMPEÃO.

  20. antonio luiz disse:

    incrivel como a midia proteje o CUrintias aquele gol rolbado da ponte poderia fazer toda a diferença no campeonato mas e o CUrintia jogando com doze e a midia errar e humano, e o prejuizo da ponte quem vai pagar, salarios biçhos,concentração, transporte, uniformes etc; e segundo a midia errar e humano mas houve tambem o palmeiras é por isso que o Brasil tomou de sete e depois errar e huamano isso e a midia brasileira sempre arrumando desculpas quando o CUrintias esta envolvido. (para mim desculpas e a arma dos incopetentes).

  21. Rodrigo disse:

    Desculpa Vitor Birner, sei que você é um cara do bem mas convenhamos que de futebol você não manja nada.
    Este papo de discutir esquema tático e blá blá blá é muito chato e algo que não leva a lugar algum.

  22. Cassius disse:

    Pergunto: Já existiu algum técnico estrangeiro que foi bem sucedido na história do futebol brasileiro?

  23. Marcos disse:

    Sou favorável à contratação de Argel, do fiqueirense. Custo baixo, bons trabalhos por onde passou e vem com fome de vitórias e reconhecimento nacional.

    Pode ser considerado aposta, mas é melhor do que estes nomes que estão sendo ventilados. Precisamos de sangue novo.

  24. ernie disse:

    Bela Guttmann técnico húngaro…campeão em 1957 pelo SPFC…pediu o Zizinho que veio e “arrebentou”…ficou até 1958…

  25. Müller disse:

    Infelizmente o SPFC entrou nessa onda de contratar técnico “pra resolver problema” e não pra fazer parte de um planejamento estrutural.

    Perdeu 2 jogos e empatou 1? Passou de 3 meses, já tem pressão da trocida, da imprensa e da cartolagem.

    Da torcida e imprensa eu até entendo; todos nós fomos acostumados a ver troca de técnico como um problema a ser resolvido, coisa comum. Se houvesse de fato uma estrutura, a própria torcida iria entender e esperar. Já vi isso acontecer antes.

    O problema é a cartolagem, esses inúmeros conselheiros que estão acostumados com o imediatismo. Investir hoje pra resolver até o fim do semestre. E no ano que vem? Ah, agora não dá; temos que correr pra salvar a Libertadores. Dane-se a estrutura, o REFFIS, o Turibio, Rosan, etc. Temos que correr. É essa a mentalidade deles. E acaba sendo a nossa também.

    Pior: acaba sendo a dos técnicos. Olhando o mercado, os clubes atuais, será que um técnico que pensa em estrutura, em projeto de 2 ou 3 anos, tem vez por aqui? Claro que não. Então pra que estudar? Pra que reciclar? O negócio é aprender a tirar time da zona de rebaixamento, a trabalhar em ambiente caótico, a fazer política com jogadores e cartolas; convites irão pipocar no e-mail. Podem discordar de mim, mas praticamente todos os técnicos hoje aqui no Brasil são assim. Ok, exceção ao Tite.

    Até o Ricardo Gomes assumir ainda poderíamos nos vangloriar de sermos diferentes; mas a verdade é que essa é a atual realidade do SPFC e do futebol brasileiro como um todo. Só o Corinthians que está agindo diferente (mesmo assim, pagando um preço muito, muito caro e que me parece que ainda será cobrado), com o próprio Tite agindo diferente, e o resultado é: mesmo com um elenco considerado inferior, tá jogando mais.

    Enfim – o imediatismo, o plantar hoje pra colher amanhã tá matando o futebol brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>