29 mai

Guerrero precisa de Cristóvão Borges para brilhar

Geral

De Vitor Birner

Guerrero não é craque e joga no ataque.

O maior problema do Flamengo é a qualidade do passe no meio de campo, fundamental para qualquer centroavante com as características do peruano ter oportunidades de gol.

Os volantes e ‘meias’ não conseguem ditar o ritmo de jogo. Com Vanderlei Luxemburgo, provavelmente orientados pelo técnico (concordo com o ex-comandante), nem tentaram.

Cristóvão Borges pode minimizar essa dificuldade preparando o time para iniciar a marcação na frente, tal qual o antecessor deveria ter feito e preferiu menosprezar.

Retomar a bola naquela região do gramado aumenta a possibilidade de fazer gols.

Por isso, o dedo do treinador será fundamental. O torcedor realista não deve equiparar o tamanho da expectativa ao valor pago pelo clube para contratar o peruano.

O Rubro-Negro conta, de agora em diante, com o jogador melhor que Alecsandro e com maior experiência que Marcelo Cirino para ser titular naquela posição.

Mas na parte técnica, Ricardo Oliveira e Fred são mais capazes.

Não digo que são melhores porque a condição física de Guerrero é superior e isso pesa muito.

Se o futebol vivesse apenas da habilidade, o genial Zico até hote seria titular.

Cristóvão Borges pode adotar o 4-2-3-1, com Marcelo Cirino e Everton ( seriam titulares em princípio para mim) pelos lados do trio e Gabriel ou Paulinho ou Lucas Mugni entre eles, com Guerrero adiantado.

Ou, se quiser ousar, o 4-1-4-1 com apenas um volante de marcação e o quarteto na meia.

Precisa testar nos treinos e concluir.

As únicas convicções são que o elenco pode render mais e Guerrero sozinho não é a solução para o sistema ofensivo flamenguista.

11 respostas a Guerrero precisa de Cristóvão Borges para brilhar

  1. Oliver disse:

    Este guererinho é um grosso com sorte! um legitimo beck de fazenda daqueles que jogam futebol de botina! so botina e bomba pra onde o nariz aponta! deve sorte no timao… porem nao fez nada sozinho e ganho muito pra isto. e pra finalizar nao tem palavra, pois prometeu que so jogaria no timao no brasil.

  2. Fausto Feres disse:

    Permita-me discordar, mas Guerrero é muito melhor, além de mais técnico que os 2 citados. Para comprovar sua técnica, basta ver seu domínio e controle de bola. Um exemplo é o confronto contra o São Paulo na Arena no Brasileirão-14, quando fez o lateral tricolor dançar “La Bamba”. Além dos gols é claro.

  3. JC disse:

    Disse tudo no primeiro parágrafo.
    Meu filho, flamenguista, disse que era melhor quando festejava a chegada do Romário ou do Edmundo.
    Guerrero é bom sem dúvida. Mas longe de ser o craque tão apregoado. Demorou a se firmar no Corinthians. Média pouco acima de 0.4 gol por jogo. Vive do gol marcado na final do Mundial. Mas o Gabiru fez o mesmo, e num gol mais trabalhado, e nem é lembrado. Tão ou mais importantes foram Sheik, Romarinho, Cássio (o melhor na final), Paulinho, Danilo e todo um sistema defensivo muito forte.
    Sempre fui favorável à não renovação do contrato. Desde o início era claro que não iria renovar. Só atentar para os detalhes das tratativas. Acho que o Andrés até demorou a por fim na pantomima.
    Vida que segue. Foram avantes do Corinthians Edmar, Luizão, Tevez, Nilmar, Geraldão, Flávio, Casagrande (que Deus o ajude), todos saíram e o clube continuou grande.
    Não sou favorável a clube ficar refém de jogador, por melhor que seja ou a história que possua.

  4. Eduardo disse:

    Até que enfim uma matéria sobre o assunto condizente com a realidade. Cada um procura o que é melhor para sua carreira, e o Guerrero fez o mesmo. Afinal, futebol é movido por dinheiro. Como corinthiano só posso agradecer e dizer meu boa sorte. Mas vamos lembrar que o Guerrero é pago para fazer gol, esse é o seu trabalho. Ele não é craque, é apenas um bom centroavante. Mas na realidade do nosso futebol virou um jogador extraordinário. Para concluir, boa sorte à todos. Saudades de ver um futebol com dribles, chapéus, arrancadas. Denner, Romário, Ronaldo.. e por aí vai… abraços

  5. Rodrigo disse:

    Agora q saiu do Corinthians até o Obina é melhor q ele !!! Paulista é invejoso demais !!!

  6. Filipe Rodrigues disse:

    Boa sorte ao Guerrero, obrigado por tudo, jogou muito.

    Agora só quero mesmo o meio campo do Corinthians volte a ser o que era no inicio do ano, Elias, R.Augsto e Jadson jogando bem. Se voltarem a jogar o que sabem, até Love e Romero viram artilheiro. VAI CORINTHIANS!

  7. Renato Bianchi disse:

    Caro Birner, existe alguma razão lógica para você não ser comentarista da ESPN ou da CBN, rádio onde os comentaristas são limitadíssimos?

  8. Fabiano Pinto disse:

    Birner, Ricardo Oliveira ser melhor tecnicamente que Guerrero concordo plenamente, e fisicamente do jeito que está hoje é até melhor, não tendo contusões é melhor que Guerrero com certeza. Agora o Fred hj melhor tecnicamente que Guerrero não dá, não dá, não dá… Fred “hoje” está um degrau abaixo de Guerrero tecnicamente, fisicamente 2 degraus.

    Voltemos a dizer que o futebol brasileiro está tão ruim que Fred ainda consegue ser considerado um centroavante de time de ponta no campeonato, mas a Copa tratou de mostrar quem é o que no futebol brasileiro.

  9. Ivan Moisés disse:

    A torcida do Corinthians naquela invasão tentou esganar o Guerrero.Pois é, o troco veio com uma banana para o clube.Aliás,sem Sheik ( as codornas brilham demais ,mas gosto de inhambu e urutau também, uia rapais ! ) e Guerrero,babau poder de fogo do time queridinho da mídia !

  10. valmir disse:

    esse meio campo do flamengo não dá liga, mas o clube vai contratar jogador para a posição. o guerreiro era pra ser contratado apenas ano que vem, mas com risco de rebaixamento. a o fato do jogador estar sem vínculo com outro clube. resolveram gastar a partir de agora. o flamengo já tem um bom ataque, a defesa é regular, se acertar o meio campo já dá pra fazer um bom campeonato e ano que vem montar um time pra ser campeão.

  11. Agostinho Júnior disse:

    O Ricardo Oliveira ser mais capaz que o Guerreiro, concordo.

    Já o Fred, não.

    Nos quesitos domínio, passe, cabeceio, finalização, arremate de média e longa distância, o Fred ganha na finalização, mas o Guerreiro dribla melhor, é mais rápido com a bola nos pés e conduz a mesma um pouco melhor. Essas virtudes compensam a finalização inferior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>