3 set

Comissão enrola e não soluciona

Birnadas

De Vitor Birner

Não adianta colocar árbitro na geladeira ou tirar os bandeirinhas das rodadas do Brasileirão para fazerem treinamentos depois de eles alterarem, por incompetência, os resultados dos jogos.

A comissão que trata disso na CBF precisa se antecipar aos equívocos deles e impedi-los de acontecerem.

Depois que somaram ou tiraram pontos de algum clube, a medida se torna quase inócua.

O prejuízo na história e contas da agremiação que investiu para ser campeã, na carreira do atleta que se esforçou muito durante anos para acertar aquele lance e teve seus méritos anulados por erros de quem não joga futebol, e no humor do torcedor, principalmente o frequentador dos estádios que tira grana do bolso para empurrar o clube que ama e se sente enrolado ao fazê-lo, continua idêntico.

Hoje, quando observei a tabela do torneio, esses afastamentos não aumentaram ou diminuíram a quantidade de pontos estabelecida após a rodada.

E se fosse um deles

Me coloco no lugar dos árbitros.

Eles não podem reclamar com ninguém porque serão afastados.

Tirante algum caso de má fé, do qual não tenho conhecimento, eles ficam impotentes como os clubes que são prejudicados por seus erros.

Não é fácil a atividade que exercem.

O mundo os avalia pelas lentes que enxergam muito mais que a retina humana os lances no gramado.

Estragam o futebol

Cito o jogo de ontem como exemplo.

O gol de Cícero não foi um lance tão complicado de ser apreciado e poderia alterar o destino dos 3 pontos.

O Corinthians ganhava por 1×0 e talvez  alterasse a forma de atuar indo mais à frente, aumentando brechas para o contra-ataque, que foi sua principal opção ofensiva, caso a igualdade fosse confirmada.

Quando aconteceu o empate invalidado, o Fluminense jogava um pouco melhor.

Antes, o Alvinegro mandou, Marciel dono de atuação convincente fez o gol, Malcom perdeu outros dois, Danilo quase marcou o dele e o time de Enderson Moreira havia desperdiçado uma oportunidade com Gerson depois do erro de Cássio ao tentar interceptar o cruzamento.

O andamento da partida não foi linear.

Mostrou que havia possibilidade de o Fluminense reverter o resultado,  manter a igualdade e de o Corinthians ganhar.

Hoje, infelizmente, aquilo que os atletas realizaram em Itaquera, o futebol competitivo mostrado por eles, a maneira como Marciel substituiu Elias, as mexidas de Enderson Moreira para seu time crescer após o intervalo, foram suprimidas pelo gol invalidado de Cícero.

Todos que realmente amam o futebol perdem com isso.

Ideia para minimizar os erros

A primeira medida, urgente, seria a CBF, que agarra o poder com mais ímpeto que o faminto defende a própria comida e por isso faz questão de continuar definindo quem cuida das regras durante os jogos, desvincular de suas funções quaisquer questões ligadas à preparação e escala de árbitros.

Faculdades sérias de educação física têm mais capacidade que a entidade para formar especialistas e avaliar seus desempenhos.

Falo de profissionalização.

Elas deveriam negociar os serviços de quem é o mais qualificado, em cada momento, para a função.

Longe da política de bastidores e mais preocupadas com questões técnicas, poderiam elevar o nível e diminuir as chatas discussões sobre favorecimento de x ou de y.

Isso não solucionaria tudo, mas minimizaria as distorções de resultados.

Cartolas

A eletrônica, adotada nas transmissões, seria outro enorme benefício para auxiliar quem tenta conduzir o jogo e não ser lembrado.

Tenho convicção que os árbitros adorariam ter acesso a ela.

Mas o discurso dos cartolas, em regra contrário de maneira de maneira leve ou enfática, não permite que externem isso.

Eles passam a impressão que se preocupam mais com a manutenção do poder que com a melhora do futebol.

O cerne de quase todos os problemas do esporte, inclusive na Fifa, é o ultra-conservadorismo naftalínico de quem não faz o óbvio para a evolução daquilo que se propôs a administrar

112 respostas a Comissão enrola e não soluciona

  1. luiz disse:

    PREMEDITAÇÃO ! Isto é o que esta acontecendo na arbitragem brasileira!

  2. Antes do culpar os árbitros os comentaristas de futebol deveriam estudar as regras, usando o manual e instruções do site da CBF. Havia sim um jogador do Flu impedido e que participou do lance, embora não tivesse tocado na bola (isso não é necessário para estar impedido e anular o lance).

  3. Oswaldo Sakane disse:

    A atitude da CBF em ralação às suspensões de árbitros e bandeiras, não vai alterar em nada a situação dos clubes na tabela de classificação. A continuar assim, talvez, tenhamos um clube campeão beneficiado por esses erros, propositais ou não, ninguém pode afirmar. Acredito seja, o momento vivido pela arbitragem no Brasil, a pior de todos os tempos. Juízes prepotentes se valendo da lei do cala a boca em campo, bandeiras com erros grotescos e medíocres e atuações de principiantes.

  4. Luís César Bortoleto disse:

    É simples: É só fazer uma lava jato também no meio dos árbitros e bandeiras e algumas delações premiadas e aparecerá tudo como é no verde e no limpo. Por isto deixei de gostar de Futebol e da maioria dos esportes que tem dado muito dinheiro ” para muitas pessoas”. Como não há punição séria, como ocorreu no caso do Marin, então, apenas se afasta o sujeito por algum tempo das quatro linhas e depois de muito tempo, quando todos já nem se lembram mais do que ocorreu, então, ele volta a bandeirar ou apitar e os trouxas continuam acreditando que tudo pode ser diferente e que nada mais acontecerá como antes no quartel de abrantes. Infelizmente, discordo do bloguista neste aspecto e acho que o buraco é mais embaixo. O certo era o torcedor fazer greve e não ir mais aos estádios, enquanto não houver credibilidade e a volta da nostalgia que encantava as quatro linhas nos tempos de Garrincha, Pelé, Didi, Ademir da Guia e tantos outros. Do jeito que está aí, mesmo que o time de coração venha a ficar campeão, prefiro outros divertimentos e opções de vida que não tragam tanta incredulidade assim como o Futebol atualmente.

  5. tales battaglia disse:

    Bom, segundo o levantamento de erros que eu acabei de ver, os clubes mais favorecidos foram Corinthians e Avaí, com 4 para um, sobrando 17 erros prejudicando vários times, inclusive o Corinthians. Então o “complô” também ajuda o Avaí? Seria mais um plano dos Iluminatti para fazer o campeão brasileiro? Jogo de interesses da máfia russa, do Cartel de Cali, EI, bolivarianos, direita golpista? Façam-me o favor e computem os erros de TODOS os campeonatos e vamos começar a tecer algum tipo de análise minimamente séria. O resto é conversa de botequim, com cerveja quente…

  6. ANGELO ROJO LOPES disse:

    Meu caro, Birner.

    Não é justo o que os formadores de opinião, fazem com os árbitros.

    Técnicos, diretores e em especial os jornalistas.

    É claro que o futebol jogado no Brasil ou em qualquer outro canto, envolve clubes profissionais e amadores.

    A regra tem que ser igual a todos. Logo, é inconcebível o uso da tecnologia, pois, competições menores não teriam como usufruir dessa maravilha tão bem utilizada pela televisão.

    Daí que, temos que entender que, os árbitros são seres humanos. Propensos a erros e acertos. Tal qual o atacante que erra um gol ou o goleiro que deixa passar uma bola defensável.

    De sorte que, não é justo que se diga, que, o campeonato está “comprometido com o favorecimento desta ou daquela equipe”.

    Aí, deve entrar o bom senso dos formadores de opinião. Estou me referindo aos homens da imprensa, que, invariavelmente ocultam os seus times de coração.

    Pois bem. Num determinado jogo, o narrador diz que o gol foi mal anulado,
    vez que, o zagueiro x, dava condições de jogo. Entra então os seus asseclas, especializados em comentar o jogo e a arbitragem. Um diz que o gol foi bem anulado e o outro acompanha o narrador. Discussão formada, repete-se a imagem a exaustão. Inexiste conclusão formada. O lance é duvidoso. Nesse exato momento é apresentado o tira teima. Tira teima este que vai isentar ou condenar o auxiliar de arbitragem.

    Não é justo, pois contra o olho humano, utiliza-se o que existe de mais moderno em tecnologia.

    Forma-se em torno desse lance, mesas redondas, quadradas ou quiçá da távola redonda, para discutir-se o erro de arbitragem que comprometeu o grande campeonato.

    Vamos então os fatos.

    No jogo Corinthians e Fluminense, o time que tinha o mando do jogo, perdeu um grande número de gols. O adversário quase não atacou. As vezes em que atacou, a equipe da casa fazia “linha de impedimento” e o auxiliar de arbitragem marcava o impedimento. Esse fato ocorreu por cinco ou seis vezes, com acerto a arbitragem. No gol do Fluminense e que foi anulado, os defensores do Corinthians deixaram a área, tal qual das vezes anteriores, somente, que, nesse lance um dos zagueiros deixou a área com atraso, e o atacante do Fluminense e seus companheiros, como das outras vezes, invadiram a área. Perfeito, a arbitragem errou. Só que, das vezes anteriores a arbitragem tinha acertado. Claro está que, um erro não justifica o outro. Todavia, não podemos dizer que a arbitragem agiu em favorecimento a esta ou aquela equipe, até mesmo porque, no jogo Ponte Preta e Cruzeiro, a arbitragem também errou. E esse erro não significou em favorecimento ou prejuízo as equipes que ocupam as primeiras posições.
    Logo, erros de arbitragem são comuns, visto que, são erros cometidos por seres humanos.

    O que não é humano, é dizer que o campeonato está comprometido por este ou aquele erro de arbitragem.

    Donde se deduz que, os homens formadores de opinião, têm por obrigação moral e de ofício, serem cometidos em suas “opiniões”.

    E tenho dito.

    Atenciosament.

    Angelo.

  7. pausear disse:

    Se a ideia é FAVORECER UM TIME SEM CHAMAR A ATENÇãO, então é preciso cometer alguns outros erros pontuais para disfarçar, e outros precisos como aqueles que colocam o segundo lugar ainda mais distante. E PRINCIPALMENTE NÃO COMETER NENHUM ERRO QUE PREJUDIQUE O PRIMEIRO NA TABELA.

    Eu disse se…..

  8. ROCCO-SP- disse:

    Independente para quem quer que seja o BENEFICIADO, uma coisa prá mim fica clara!
    Este meu PAÍS de ALICE, conseguiu estragar até o ESPORTE mais POPULAR DO MUNDO !
    Pode até o meu PALMEIRAS, vir a ser o CAMPEÃO, prá mim o CAMPEONATO ESTÁ CONTAMINADO, sem CREDIBILIDADE , e mais, virou uma PALHAÇADA , uma ZORRA TOTAL !
    PARABÉNS A AQUELES QUE APENAS VISLUMBRAM PATROCINIO E AUDIÊNCIA !
    E a IMPRENSA ESPORTIVA, está engessada,porque se falar a verdade aqui, vão viver de que, transmitir o ENGARRAFAMENTO DE TRÂNSITO ??
    ELES TEM QUE ANUNCIAR , ou engolir o SAPO, que é tudo TEORIAS DA CONSPIRAÇÃO, senão, também tem que mudar de profissão !
    TÁ TUDO DOMINADO !

  9. Paulo disse:

    PAREM COM A CHORADEIRA. A ARBITRAGEM ERRA PARA OS DOIS LADOS. no primeiro tempo para o lado que o Corinthians defende. No segundo tempo para o lado que ele ataca !

  10. Carioca disse:

    porque quando paulista fala de futebol só fala de juiz?

  11. Altair Fantin disse:

    Gosto dos seus comentários.
    Mas em 2008 vc não estava tão bravo com a arbitragem
    .será que é por vc ser SPFC?

  12. Sergio Rosa disse:

    Vitor, quando você não consegue segurar o lado torcedor do SPFC você põe em xeque toda sua competência quanto ao comentarista. É notória sua necessidade de atacar o Corinthians e de defender atitudes esdrúxulas de jogadores, esquemas táticos mirabolantes e patéticos, comportamentos completamente condenáveis de dirigentes tricolores. Isso faz mal a você, a sua condição de comentarista e causa estranheza. Digo que a única ressalva que tenho no programa CARTÃO VERDE é quando você pede a palavra para atacar e duvidar da condição de líder, momentâneo, do Corinthians.
    Polêmica barata é com Milton Neves, Neto & Cia. Disso o futebol já está saturado. Sai dessa.

  13. JC disse:

    Birner.
    Até gostava dos seus comentários.
    Mas, aflorou o clubismo e se tornou um anti ferrenho. Como clubismo está marcado a ferro e fogo no genoma, uso um direito que tenho: não lerei mais seus posts.

  14. Birner, foi prazer lhe conhecer pessoalmente na quadra da Vai-Vai…sou um grande fã como ve e escreve o futebol compartilho tbm. Sou corinthiano de alma e coração. Concordo em parte com algumas opiniões expressas no blog. Fala-se muito em mudar o futebol, mas enquanto houver interesses ACIMA, nada mudará principalmente na CBF e comissão de árbitros, clubes…e por aí vai.Não acho que haja favorecimento para o Timão, não gostando dele está assim imagine se o presidente da CBF gostasse, já seria campeão antecipado?!. Que culpa tem o Corinthians, os erros acontecem contra e favor para todos os times, mera coincidência, e se fosse outro clube, pegariam soaria tanta assim como complô. Outros esportes usam a tecnologia para minimizar os erros, principalmente humanos, pq não o futebol? abrc

  15. Nelson Rodrigues disse:

    Fato, o Corinthians só é grande no estado de São Paulo e no sul de Minas, já andei por todo o Brasil e conheci até torcedores do América-RJ e Bangu-RJ, mas nenhum corintiano. Mesmo assim a grande mídia quer fazer do Corinthians um novo Flamengo, nem que seja na base de títulos conquistados no apito amigo, sem um pouco de fanatismo não se fazem milagres.

  16. pierluigi disse:

    Pela segunda vez vejo o Corínthians ser citado neste blog como beneficiário de erros de arbitragens em quantidade, que isso altera o destino do campeonato, etc…
    Curioso que sou, fui aos posts das datas em que o São Paulo teve uma sequência muito maior de benefícios em 2008, todos nas últimas rodadas. Vitória, Botafogo, Fluminense, Vasco e Goiás foram prejudicados e a grita geral foi enorme.
    Estranhamente, não houve nenhum comentário parecido com os atuais, da parte do blogueiro, nesse sentido.
    Ao contrário, só se vê defesas do jornalista são-paulino ao seu time, justificando com erros prejudiciais ao seu clube contra Grêmio e Inter (nos posts atuais não menciona os prejudiciais ao Corínthians contra Santos e Coritiba, p. ex).
    É facil de constatar. Só precisa de um pouco de paciência e …bingo! Lá estão as provas cabais da parcialidade do autor,que ainda se indigna quando se alude a isso. Cara, como você é cabotino!

    • Sergio Rosa disse:

      Concordo plenamente com seu relato. Caso tenha como me ajudar na forma da pesquisa, te agradeço muitíssimo. Sobretudo o número de pênaltis e falta que foram marcadas nos chamados anos dourados sãopaulinos. É vergonhoso e ninguém questionou.

  17. vi o jogo dos Atléticos em minas o lateral Marcos Rocha do galo fez uma falta no atacante do furacão e recebeu o amarelo e no lance idêntico o mesmo lateral recebeu a falta idêntica o juiz não marcou nada e ainda assim expulsou o jogador do galo o que aconteceu no itaquerão não precisa dizer mais nada,voltando algumas rodadas atrás no jogo entre corinthians e Atlético MG no itaquerão o time minas deu o maior sufoco no corinthians perdeu é verdade mas pode-se observar que treinador e jogadores do time de minas saíram dando risadas pois jogando daquele jeito não tinha pareo para eles tanto é que o proprio tite disse isso durante a semana daí se percebe que a quadrilha de 2005 voltou a atuar novamente,pena que o ministro dos esportes é como presidente da ONU não apita em nada pois esse era o momento certo pra tirar de vez aquela bandidagen que estão na C.B.F há muitos anos.

  18. Jadir disse:

    Árbitro da partida entre Atlético e Avaí, no Independência, nunca apitou jogos da Série A, mais uma vergonha, ou sera mais uma maracutaia.
    Pior que sportv agora esta proibido de comentar erros de arbitragem sera porque!

  19. ajsgomes disse:

    Olá Birne, na maioria da vezes gosto de seus comentários. mas nesse penso que você vai no mesmo caminho dos outros. um jogo nunca deve ser visto isoladamente. vamos pensar na dimensão do “erro”. num jogo há vários erros que modificam a partida. nesse jogo por exemplo forma vários. se Malcon e Danilo não errassem o alvo na conclusão o placar seria outro. o mesmo acontece se o menino do fluminense também tivesse feito o gol na cara do Cassio. no jogo do Atletico o time mineiro perdeu uma série de gols que teria mudado o jogo. o do arbitro é mais um desses erros, ou seja, erros que mudam o jogo. assim, não penso que deva colocar o resultado na conta do juiz ou bandeirinha apenas.

  20. BRUNO disse:

    está claro a intenção da CBF/ em prejudicar o ATLÉTICO DE MINAS E BENEFICIAR O corinthians, SE FOR campeão, NÃO HAVERÁ MÉRITOS, SERA O SÍMBOLO DA CORRUPÇÃO NO FUTEBOL.

  21. Marcel disse:

    O Corinthians foi prejudicado no clássico! Contra o Palmeiras teve penalty não marcado e gol irregular do Palmeiras. Gol irregular do Corinthians. então dá pra dizer que o jogo deveria ser 3×2 para o Corinthians. Parece absurdo ler um comentário desses de um corintiano, não é? E é mesmo! Puta choradeira ridícula!! Agora, se fosse o contrário, seria exatamente o que todos estariam dizendo com a maior naturalidade do mundo!!! Torcedor e imprensa em geral!! Erro grotesco pra mim foi contra o São Paulo. Sport foi acerto. Avai lance dificil, mesma linha e bandeira mal colocada. Esse erro com o Fluminense era fácil mas foi uma questão de interpretação do bandeira… E não ia mudar a história do jogo!! O Fluminense já estava no maior lucro de virar o jogo perdendo só de 1×0! O erros a favor do Timão parecem únicos pq só eles repercutem!! E evidente!! Um lance como o do Avai com o São Paulo ou Santos passa totalmente desapercebido!!!

  22. William Coimbra disse:

    Birner, gostaria de um post sobre seu posicionamento do plano diretor para tirar o SPFC da falta de profissionalização.

  23. cap28 disse:

    Mas é evidente que os ” equívocos e erros ” são intencionais pois sempre beneficiam um mesmo clube o ” curintia de Itaquera ” que direta ou indiretamente esta sendo beneficiado. A verdade é que estamos assistindo um Campeonato viciado e que como disse Levir Culpi, esta manchado. Ja vimos isto em outros anos e o curintia de Itaquera acabou campeão. Os clubes precisam se unir e reagir a esta pouca vergonha, afinal não somos em nossa totalidade os idiotas que eles supõe. O SÃO PAULO F.C. já foi prejudicado por todos os árbitros desta tal de cbf dirigida por gente suspeita que sequer pode viajar para fora do país. Porque será que sistematicamente o SÃO PAULO F.C. é prejudicado? Porque é o maior ganhador do futebol brasileiro e agora determinaram que não podemos ganhar mais até que algum outro clube chegue perto de nossas conquistas? Estão acabando com a paixão do brasileiro com esta manipulação de resultados. querem acabar com isto de vez, façam uso da tecnologia e tirem o poder destes pilantras que sopram apitos por ai. Forma de acabar com a sacanagem tem! o que falta é vergonha na cara dos tais velhinhos da fifa e dos pilantras que estão se locupletando por aqui. Façam uma pesquisa junto ao público e aos clubes sobre a utilização da tecnologia para tirar ” in loco ” as dúvidas e assim teriamos resultados justos. Provavelmente alguns clubes não ganhariam mais nada.

  24. Filsen Carvalho disse:

    O clube brasileiro mais beneficiado por erros de arbitragens no Brasil é o Corinthians, vários erros a favor já provocaram a derrota de vários clubes no campeonato paulista e no brasileiro.

  25. Oscar disse:

    O árbitro é vítima desse chororo insano de torcedor infeliz.Conselho:converta-se ao corinthianismo e conheça a alegria do futebol.

  26. ROBERTO disse:

    Caros amigos torcedores sempre ouve erro na arbitragem Brasileira.
    Nen a Imprensa de Radio e TV consegue se entender se foi um erro ou não.
    Caros amigos a verdade é que a Midia quer ser mais importante que o Futebol.
    Caros amigos porque a Rede Globo mais CBF coloca os jogos as 22:00h.
    Imprensa do Brasil convoca o Godoy para falar quem é o chefe da arbitragem.

  27. guido disse:

    Birner, somos todos vitimas da teimosia da FIFA. Clubes e jogadores são prejudicados ,árbitros tem sua idoneidade questionada, torcedores passam a não amar o esporte achando que não passa de “luta livre”. E a solução é simples:
    1)profissionalização dos árbitros
    2)treinamentos e reciclagem dos mesmos
    3)uso de tecnologia em lances cruciais (2 por jogo por equipe)
    4)todo pênalti e gol ser avaliado por tecnologia.
    5)punição severa a jogadores que fazem simulações.
    Mas como fazer isto ? campanha séria dos meios esportivos(jornalistas como você ) com boicote a uma rodada , duas rodadas e assim por diante até que os clubes pressionem a CBF e esta solicite um teste destas regras a FIFA.
    Que tal ?

  28. Rafael disse:

    O problema é que existem erros e ERROS!!!

    Os erros como o gol anulado do Cícero, gol impedido do R Oliveira contra Sport, pênalti não marcado para o SPFC contra Corinthians, pênalti no R Oliveira contra Chapecoense, entre outros, são erros muito absurdos, coisas grotescas, que colocam sim em questão se foi apenas uma falha ou se tem algo a mais que não sabemos.
    Impedimentos por centímetros, esses sim não podem ser criticados.

  29. José Olímpio de Medeiros Pinto Junior disse:

    Boa tarde, Birner.

    Estou aguardando suas considerações sobre as arbitragens dos jogos entre Sport X Santos e Flamengo X Fluminense. Ou você só escreve quando o Corinthians é “beneficiado”?

  30. Glauber Gomes disse:

    Birner, Cadê seu texto do jogão de ontem(09/09/2015), Corinthians e Grêmio. Do jeito que você gosta, com muita tática, jogo de xadrez.

  31. Mancha Negra disse:

    Desculpe entrar com outro assunto, caro Birner:
    Alguns motivos do péssimo jogo do SP contra o Santos e sugestões:
    1º Defesa frágil e mal treinada
    2º Um zagueiro fraco e outro inexperiente. Jamais poderiam ter deixado o RO arrancar na frente e fazer o gol. Havia três são-paulinos na área olhando pra bola e o RO, também, só que foi de encontro à bola e desviou do goleiro, enquanto os zagueiros ficaram trocando figurinhas. Lamentável!
    3º Reinaldo, Centurión e Wilder NÃO TÊM A MÍNIMA CONDIÇÃO de jogar em qualquer time grande de SP.
    4º Hudson é apenas regular e não pode ser titular, e se tiver que jogar tem que ficar lá atrás como volante de contenção, porque não sabe dar assistência. Para sua posição o titular tem que ser o Rodrigo Caio.
    5º Thiago Mendes tem o perfil ideal para ser o segundo volante e deve ser o titular. Deve treinar muito para chegar como elemento surpresa como Elias do COR. Ele chuta muito bem de fora da área, mas Osório não sabe posicioná-lo.
    6º Já falei um milhão de vezes que Michel é cego com o pé direito e não produz nada pela direita; os comentaristas desportivos ficam quietos porque querem que o SP se ferre. Osório é teimoso e vai custar a sua cabeça. Pela direita o Carlinhos, embora canhoto, tem MUITO MELHOR aproveitamento do que Michel. Osório fez uma grande descoberta, e acho que ele deve ser mantido lá. Agora que temos Rogério este deve cair pela esquerda (mostrou que é bom nisso) ou ir pelo centro, e trocar estas posições com o Pato, ora um, ora outro.
    7º Michel volta para a lateral esquerda, porque não haverá espaço pra ele no ataque.
    8º Nada de rodízio daqui pra frente.
    Com esse time titular a gente garante a Libertadores:
    RC, Lucão, Luiz Eduardo, Michel (lateral) e Bruno, Rodrigo Caio, Thiago Mendes, Ganso, Rogério (pela esquerda ou centro), Pato (pela esquerda ou centro), Carlinhos (pela direita). Reservas imediatos: Renan, Lyanco, Edson Silva, Hudson, Wesley, Fabiano e Auro.

  32. Alexandre disse:

    Vitor tenho percebido que suas publicações estão diminuindo.

    Não desista.

    Continue com o blog.

    Você é um dos poucos jornalistas no mundo do futebol que tenta algo diferente, que posta coisas diferentes.

    A sua saída do blog, caso se concretize, será uma perda para o jornalismo moderno.

  33. Luiz Kirsch disse:

    Volte !
    Chatimá Tová

  34. Luiz Kirsch disse:

    Volte
    ChatimA tova

  35. bataton disse:

    Ferias de novo? Cadê vc?

Deixe uma resposta para Luiz Kirsch Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>